Celulares

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


A Xiaomi deve cancelar o grande evento de lançamento do celular Mi 10, marcado para 11 de fevereiro na China, em virtude do surto de coronavírus. A gigante da tecnologia estuda trocar a celebração por uma transmissão ao vivo para apresentar a nova linha premium. De acordo com o site PlayfulDroid, a empresa estaria preocupada em reunir um grande número de profissionais do mundo todo em um mesmo ambiente, o que seria arriscado neste tipo de emergência de saúde pública.

A expectativa é que o lançamento online seja feito em 13 de fevereiro, dois dias depois da data original.

Xiaomi Mi 10 Pro deve vir com Snapdragon 865, conjunto quádruplo e carregador 65W — Foto: Reprodução/Android Central Xiaomi Mi 10 Pro deve vir com Snapdragon 865, conjunto quádruplo e carregador 65W — Foto: Reprodução/Android Central

Xiaomi Mi 10 Pro deve vir com Snapdragon 865, conjunto quádruplo e carregador 65W — Foto: Reprodução/Android Central

A medida deve afetar não só o lançamento da linha que contempla o Mi 10 e o Mi 10 Pro, mas também o anúncio do Black Shark 3, o novo celular gamer da Xiaomi que pode ser apresentado em uma data próxima.

O Xiaomi Mi 10 já nasce como um concorrente para o esperado Galaxy S20, que deve ser lançado em 11 de fevereiro, dois dias antes do celular chinês, no evento Galaxy Unpacked. O TechTudo fará a cobertura do lançamento da empresa sul-coreana ao vivo diretamente de San Francisco, nos Estados Unidos.

Segundo os principais rumores, o Xiaomi Mi 10 Pro deve vir com câmera principal de 108 megapixels, novo processador Snapdragon 865 e 12 GB de memória RAM. Configuração esta que o coloca entre os mais poderosos smartphones do mundo. O telefone também deverá ter recarga rápida e poderá vir com um carregador de 65W na caixa.

Com informações de PlayfulDroid, TechRadar e NotebookCheck

Xiaomi Mi 9 chega ao Brasil; veja preço e ficha técnica

Xiaomi Mi 9 chega ao Brasil; veja preço e ficha técnica

Mais do TechTudo