Smartwatches

Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Apple pode estar preparando novas funções de controle parental e monitoramento de sono para o Apple Watch. Segundo o portal especializado 9to5Mac, um código presente em uma versão de testes vazada do iOS 14, próxima versão do sistema do relógio, revela que os recursos estarão presentes no watchOS 7, que deverá marcar presença no sucessor do Apple Watch 5.

O controle de pais já existe no iPhone e permite que adultos definam limites de tempo para usar certas funcionalidades do aparelho. Já o monitor de sono é um recurso muito aguardado e que está presente até mesmo em pulseiras fitness mais simples, como a Xiaomi Mi Band 4, mas nunca chegou a ser disponibilizado nativamente para o relógio inteligente mais popular do mundo.

Sucessor do Apple Watch 5 poderá ganhar monitor de sono e controle parental — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Sucessor do Apple Watch 5 poderá ganhar monitor de sono e controle parental — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Sucessor do Apple Watch 5 poderá ganhar monitor de sono e controle parental — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

De acordo com a publicação, o novo watchOS permitirá gerenciar e criar diferentes perfis de uso para várias unidades do Apple Watch por meio de um único iPhone. Entre os controles estaria um filtro para definir as músicas disponíveis no relógio da criança, além de gerenciamento de contatos confiáveis para enviar alertas. Já com a suposta função “Hora da Escola” (“School Time”), um adulto poderá definir aplicativos proibidos em determinado horário do dia.

Alvo de especulações desde o mês passado em reportagem da Bloomberg, o monitoramento de sono dá sinais de vida no sistema da Apple. Com o recurso ativado, o Apple Watch seria capaz de gravar dados biométricos durante a noite para medir a qualidade do sono e exibir informações úteis como o tempo de sonos leve e profundo. Aplicativos poderiam usar as informações para dar sugestões de como dormir melhor ou despertar o usuário na fase mais branda do sono.

As funções se juntam à uma lista de novidades aguardadas para o Apple Watch 6. Ele deverá estrear pelo menos dois novos sensores: um taquímetro para medir velocidades com maior precisão e um detector de saturação de oxigênio no sangue. No software, o relógio também poderá permitir compartilhar de mostradores customizados via AirDrop.

Ainda não está claro se as melhorias de sistema serão reservadas apenas para a sexta geração do Apple Watch ou se parte delas também será liberada em forma de atualização para versões anteriores. Também não se sabe se os possíveis novos sensores estarão presentes em todas as edições do acessório. Caso a empresa siga o calendário de lançamentos de 2019, o Apple Watch 6 deverá ser apresentado apenas no segundo semestre.

Com informações de 9to5Mac, Bloomberg e Engadget

Testamos o Apple Watch, o relógio inteligente da companhia

Testamos o Apple Watch, o relógio inteligente da companhia

Mais do TechTudo