E-commerce

Por Guilherme Ramos, para o TechTudo


A DealExtreme é uma empresa chinesa de comércio online que atrai brasileiros por conta dos preços baixos e frete grátis. Embora os prazos de entrega sejam longos, a loja se destaca por entregar seus produtos em todos os cantos do globo. Em seu catálogo é possível encontrar uma variedade de itens, desde brinquedos até eletrônicos, geralmente com valores mais em conta, se comparados a outros sites de importação.

Apesar das vantagens, muitas pessoas ainda têm receio em comprar produtos da China, com medo de não receberem o que foi pedido. A seguir, conheça mais detalhes do site Dx.com e descubra se o e-commerce é confiável e se os produtos valem a pena.

Página inicial do site da DealExtreme — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

Quer comprar celular, TV e outros eletrônicos com desconto? Aproveite as ofertas da Semana do Consumidor no Compare TechTudo

O que é o DealExtreme?

Semelhante ao conterrâneo AliExpress, o DealExtreme tem como sua especialidade a venda de gadgets, com produtos à venda por US$ 1 ou US$ 2, geralmente até R$ 5, na cotação atual da moeda americana. Além disso, eletrônicos como baterias, cabos, celulares, videogames e até acessórios para carros podem ser encontrados na loja chinesa. O site conta com várias categorias na página inicial, com itens de vestuário até ferramentas, disponíveis para o usuário.

Além do site na web, o DealExtreme também possui aplicativo para smartphones. O app está disponível para celulares Android e iPhone (iOS) e oferece descontos, novas ofertas e diversas informações de busca de produtos para o usuário. É possível comprar em ambas as plataformas, também via PayPal ou cartões de crédito internacionais.

O Dx.com também conta com aplicativo para celulares — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

Preços e pagamento

A compra destes produtos é feita via PayPal ou, caso não seja cadastrado na plataforma, com cartões de crédito. Isso permite que qualquer pessoa com cartão de crédito internacional possa concluir uma transação no site. Além do Dx.com, a empresa também oferece o VolumeRate.com, site para compras em grandes quantidades. Os preços também são menores e a plataforma ainda conta com outras formas de pagamento, mas não possui frete grátis.

Veja também: WhatsApp Web: tudo sobre a versão para PC do mensageiro

WhatsApp Web: tudo sobre a versão para PC do mensageiro

WhatsApp Web: tudo sobre a versão para PC do mensageiro

Em relação aos valores, o DealExtreme tem opções mais baratas do que alguns outros exportadores online. Entretanto, o site vende seus produtos em dólares americanos, o que pode não ser tão vantajoso após a conversão para o real brasileiro. Ainda assim, é possível conseguir um desconto em determinados itens. Um controle de PlayStation 4, no Dx.com, custa cerca de US$ 23, aproximadamente R$ 107; enquanto isso, na Amazon, por exemplo, o mesmo produto é encontrado de R$ 200 a R$ 250. Quando comparamos o celular Xiaomi Redmi Note 8, por exemplo, a conversão não deixa o produto mais barato - pode, inclusive, fazer com que fique mais caro que a versão da Amazon.

Comparação de preços de um dos celulares mais buscados nas plataformas, o Xiaomi Redmi Note 8 — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

Um detalhe que deve ser considerado nesse tipo de transação é a taxa cambial dos cartões de crédito. É valido o preço do dólar quando a fatura for fechada, ou seja, se a moeda americana estiver mais barata, a pessoa recebe a diferença, mas, caso tenha aumentado, esse valor será cobrado na fatura do mês seguinte. Outro ponto importante, que interfere diretamente nos preços, é a taxa alfandegária. Quando o produto chega ao Brasil, ele é inspecionado pela Receita Federal e, caso o remetente seja uma pessoa jurídica, como é o caso do DealExtreme, a compra é taxada em 60% do valor. Dessa maneira, se o produto foi US$ 10, o consumidor deverá pagar US$ 6 de taxas - e, no fim, a compra acaba saindo por US$ 16.

Página de compra do DealExtreme, onde é finalizado o pedido e escolhida a forma de pagamento — Foto: Reprodução/Felipe Levra

Dx.com é confiável?

Ainda assim, o que impede possíveis compradores é a confiabilidade do site. Há o questionamento sobre a entrega do produto, se chegará em bom estado, se o cliente terá um reembolso, caso algo ocorra, entre outras indagações. Ao acessar a página do Reclame Aqui da empresa, o usuário pode encontrar diversos tipos de problemas, respostas e soluções dadas pelo DealExtreme. De modo geral, os consumidores não recomendam a loja, que tem nota 3.4/10 no site de reclamações. Os índices de reputação também não são animadores: por mais que tenha 100% de reclamações respondidas, o Dx.com só resolveu 28% dos problemas e apenas 9% dos usuários voltaria a comprar na plataforma.

Página do DealExtreme no Reclame Aqui — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

Comentários no Reclame Aqui mostram que alguns usuários não receberam seus produtos e, além disso, não foram reembolsados. Os valores do produto foram cobrados, mas, mesmo depois de muitos meses, sem recebimento da compra. Ainda assim, existem relatos de consumidores satisfeitos e que receberam seus produtos normalmente, mesmo com o grande tempo de espera, usual em importações chinesas.

Problemas para instalar o Chrome? Veja como resolver no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo