Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


O Hack for Brazil | Covid-19, hackathon online dedicado à busca de soluções para minimizar os impactos do novo coronavírus na sociedade, acontece entre os dias 23 e 27 de março. Totalmente gratuitas, as inscrições são abertas a profissionais com interesse na causa e podem ser feitas até as 18h desta terça-feira (24). A iniciativa já tem 1.600 participantes confirmados.

Organizado pela aceleradora de startups GROW+ em parceria com mais de 40 empresas e instituições brasileiras, o evento foca em problemas definidos por especialistas em saúde. A expectativa é que a maratona de inovação receba entre 200 e 300 ideias que resultem em 20 soluções para ajudar o país a emergir da crise do novo coronavírus. Podem participar profissionais de TI, desenvolvedores, designers, médicos, pesquisadores e demais profissionais que lidam com a saúde.

Hackathon online busca combater os impactos do COVID-19 no Brasil — Foto: Divulgação/GROW+

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Os grupos vão trabalhar para entender a realidade que envolve cada uma das personas escolhidas (assintomáticos, idosos, pessoas em quarentena, empresas etc) e buscar ideias para resolver os problemas que elas enfrentam.

Veja também: Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

O hackathon será dividido em três fases. Na primeira etapa, os inscritos vão propor, a partir de dinâmicas de grupo, mais de 500 soluções para pacientes, órgãos governamentais, empresas e hospitais impactados pela pandemia da COVID-19. Na segunda fase, as 20 melhores ideias serão selecionadas por uma banca e conectadas a startups para receberem, na fase três, investimentos de até R$ 100 mil vindos de gestores de fundos e editais governamentais criados para combater os impactos do vírus.

As inscrições estão abertas até as 18h desta terça-feira (24) e podem ser feitas a partir do endereço covid19.rocket.chat. É preciso conectar o perfil do LinkedIn para concluir o cadastro.

Coronavírus: como limpar o celular? Descubra no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo