Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Os jogadores profissionais de Fortnite Nate "Kreo" Kou, Logan "Bucke" Eschenburg, "Keys" e "Slackes" foram banidos por 60 dias de todas as competições do Battle Royale. A suspensão foi anunciada pela Epic Games no domingo (22), quando aconteciam as finais da primeira semana do torneio de duplas da Fortnite Champion Series (FNCS) 2, na América do Norte. Os quatro players, que jogavam em duplas, foram acusados de cooperarem entre si, evitando trocar disparos e protegendo uns aos outros.

Segundo as regras da desenvolvedora, os jogadores são proibidos de cooperarem com seus adversários, ação considerada uma trapaça. Por conta da suspensão, o quarteto perderá o restante da segunda temporada da FNCS e provavelmente o início da seguinte. Os quatro jogadores alegam que o banimento foi equivocado e ainda buscam resolver a situação com a Epic.

Quatro jogadores foram banidos por 60 dias após alegações de trapaças durante a Fortnite Champion Series (FNCS) — Foto: Divulgação/Epic Games Quatro jogadores foram banidos por 60 dias após alegações de trapaças durante a Fortnite Champion Series (FNCS) — Foto: Divulgação/Epic Games

Quatro jogadores foram banidos por 60 dias após alegações de trapaças durante a Fortnite Champion Series (FNCS) — Foto: Divulgação/Epic Games

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O caso de trapaça dividiu opiniões na comunidade de Fortnite. De um lado, há jogadores que discordam da suspensão sofrida pelo quarteto. Cody "Clix" Conrad, por exemplo, afirmou no Twitter que a Epic Games não deveria ter tomado a atitude de forma tão rápida, criticou o fato de que os jogadores não tiveram a oportunidade de se defender das acusações e ainda lembrou que a suspensão pode ser um marco negativo em suas carreiras.

Quer começar a jogar Fortnite? Veja dicas:

Como jogar Fortnite: 5 dicas para mandar bem no Battle Royale

Como jogar Fortnite: 5 dicas para mandar bem no Battle Royale

Já do outro lado, há quem concorde com a decisão tomada pela Epic Games. Tim "Bizzle" Miller, outro pro player de Fortnite, declarou que não há o que discutir, visto que os vídeos que circulando nas redes sociais mostram claramente que os quatro jogadores trapacearam. Ele também lembrou que ambas as duplas tinham um bom nível de jogo e que poderiam ter alcançado excelentes colocações sem ter trapaceado.

Não é a primeira vez que esse tipo de trapaça ocorre no competitivo de Fortnite. Durante as qualificatórias da Fortnite World Cup 2019, diversos jogadores, que deveriam ser adversários no mapa, foram flagrados trabalhando juntos em busca de uma vaga na competição. Um dos casos mais famosos foi o dos jogadores Damion “XXiF” e "Ronaldo". Ambos foram pegos trapaceando nas qualificatórias solo, mas, com o término da suspensão, conseguiram conquistar uma vaga na categoria duo da Copa do Mundo 2019.

Via Dexerto

Como deixar seu PC melhor para rodar Fortnite e CS:GO? Veja dicas no Fórum TechTudo

Quer saber tudo sobre o universo de celulares, jogos, aplicativos e demais eletrônicos? É só dar uma olhada no nosso canal no YouTube:

Mais do TechTudo