Jogos de estratégia

Por Gustavo Lima de Almeida, para o TechTudo


League of Legends (LoL) recebe a atualização 10.6 nesta quarta-feira (18). Os patch notes trazem buffs e nerfs de campeões, e novas skins. Além disso, a Riot Games incluiu no update um pequeno rework de Wukong e mudanças significativas no feitiço Teleporte, que possivelmente irão alterar o metagame e estratégias dos jogadores do topo. Confira, a seguir, os destaques do patch 10.6. LoL, disponível para download grátis em PCs Windows e Mac.

Vários campeões da rota do meio foram fortalecidos, incluindo Anivia — Foto: Reprodução/Riot Games

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Buffs

Os maiores buffs deste patch foram com o intuito de trazer de volta ao meta alguns campeões desfavoráveis no momento, especialmente para a rota do meio. Twisted Fate, Veigar e Xerath receberam pequenos aumentos de dano em algumas habilidades, enquanto Ryze recebeu maior regeneração de mana por nível. Anivia também teve uma alteração em seu ultimate, que a permite continuar aplicando a Tempestade Glacial, mesmo se afetada por algum controle de grupo.

Outras mudanças ocorreram para alguns caçadores. Kindred teve seu dano escalonável aumentado, de 2.26 para 2.5 por nível, além de mais cura para seu W, de 28+4 por nível para 46+3 e um aumento significativo de cura para seu ultimate, indo para 250/325/400. Hecarim agora irá aumentar a duração do amedrontar que seu ultimate causa, dependendo da distância percorrida, podendo afetar seus inimigos por dois segundos. Fechando os caçadores fortalecidos, Kayn agora tem maior alcance para coletar os orbes de sua passiva e fazer sua transformação mais cedo no jogo.

Tentando diversificar mais o leque de caçadores, Brand, Zyra, Morgana, Shen, Teemo e Yorick receberam melhorias especificamente contra monstros. Na rota inferior, Draven ganhou mais velocidade de movimento com seu W, e Morgana ganhou maior defesa no seu E. Enquanto isso, Soraka fecha a lista, tendo a cura e velocidade de movimento proveniente de seu Q aumentadas. Na rota do topo, apenas Urgot recebeu melhorias, aumentando a duração de lentidão de seu Q para 1.25 segundos e o atordoar de seu E para um segundo.

Nerfs

Os nerfs deste patch não foram muitos. Os alvos foram os campeões mais recentes da rota inferior, Senna e Aphelios. Senna receberá 0.75 de dano de ataque pelas sombras que coleta, além de uma mudança significativa em quanto ela pode puxar almas de seus oponentes, tendo agora um tempo de recarga de 6/5/4 nos níveis 1/6/11. Já Aphelios teve enfraquecimentos em três armas: Severum (roubo de vida diminuído para 3-20%), Infernum (dano nas tropas reduzido para 30%) e o Mini Chakram (dano diminuído para 24-164%).

Shaco foi o único caçador enfraquecido neste patch, tendo o dano do ataque de seu clone diminuído para 60%. Outro nerf para a selva não atingiu um campeão específico, mas sim a técnica de afunilamento de recursos. Agora, os caçadores com o item da selva ganharão 50% menos experiência de tropas das rotas. Para a rota do topo houve enfraquecimento do Garen (Resistência mágica por nível diminuída para 0,75% e escalonamento de crítico no E enfraquecido para 33%) e Darius (Dano bônus do W para 40-60% e custo de mana do E e W aumentados). Ambos estavam muito dominantes e a mudança deve balanceá-los um pouco.

Quer começar a jogar League of Legends? Veja dicas para iniciantes:

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Teleporte e rework do Wukong

Apesar de apenas dois top laners terem sido enfraquecidos, uma mudança crucial será implementada no feitiço Teleporte. Agora, utilizar o efeito garante 30-45% de velocidade de movimento baseado no nível por três segundos ao chegar no destino. Entretanto, o feitiço terá um tempo de recarga de 420 segundos (sete minutos), diminuindo 10 segundos por nível até 240 segundos (quatro minutos). Esta mudança promete ter um impacto grande no metagame.

O grande destaque deste patch é o mini rework de Wukong, que está sendo planejado há bastante tempo pela Riot Games. Serão pequenas mudanças implementadas no servidor principal para testar a efetividade do campeão, incluindo alterações enormes no seu W e ultimate. Além de seu W deixar um clone parado por três segundos e entrar em invisibilidade, Wukong também executa um dash para a direção do mouse, dando mais mobilidade para o jogador. Em seu ultimate, Wukong causará menos dano, mas irá atacar mais vezes em seu Ciclone, além de cada ataque ativar efeitos como Conquistador.

As primeiras mudanças de Wukong começarão a aparecer no jogo — Foto: Reprodução/Riot Games

Skins

  • Taric Riftquest;
  • Talon Riftquest;
  • Twitch Riftquest;
  • Malphite Estrela Negra;
  • Mordekaiser Estrela Negra;
  • Xerath Estrela Negra;
  • Lux Cósmica;
  • Lux Cosmo Negro.

Mais do TechTudo