Por Pedro Cardoso, Para o TechTudo


A Receita Federal do Rio de Janeiro abriu um novo leilão de produtos apreendidos no Aeroporto do Galeão, na capital do estado. São apenas dois lotes disponíveis para pessoas físicas, ambos contendo pelo menos um iPhone por a partir de R$ 500 cada. Uma das opções oferece ainda um MacBook Air de 13 polegadas, sendo uma boa oportunidade de pagar bem abaixo do preço de mercado pelos produtos da Apple.

Leilão da Receita no Rio de Janeiro tem lote para pessoas físicas com MacBook Air de 13 polegadas — Foto: Reprodução/Receita Federal

Vale ressaltar que os eletrônicos não possuem garantia e a Receita Federal não garante o funcionamento dos mesmos. Quem comprar os produtos deve quitar o valor integral em até um dia útil, com a opção de pagar 20% em um primeiro momento e 80% em até oito dias úteis.

Para retirar o produto, vale ressaltar que não há opção de entrega, sendo necessário retirá-los no depósito indicado. Além disso, os valores apresentados não são definitivos, e apenas uma referência inicial, já que podem aumentar conforme o avanço do pregão.

Atualmente, iPhone 8 custa a partir de R$ 2.417 no mercado brasileiro — Foto: techtudo

Entre os 30 lotes oferecidos, apenas o 28 e o 29 são abertos para pessoas físicas. O primeiro deles contém um MacBook Air de 13 polegadas, um iPhone 8 de 64 GB e um aparelho de Blu-ray da Sony. Já o outro conjunto traz um iPhone X de 64 GB, kit de maquiagem para olhos e uma mesa de som da Yamaha.

Ambos têm preço inicial de R$ 500, número bem abaixo dos valores de mercado dos produtos. O iPhone 8 de 64 GB, por exemplo, pode ser encontrado no e-commerce por a partir de R$ 2.417, enquanto o iPhone X com a mesma quantidade de armazenamento aparece a, pelo menos, R$ 4.022. O ultraportátil da maçã, por sua vez, aparece a preços que começam em R$ 4.799.

Pessoas jurídicas possuem mais opções no leilão, com lotes variados. O lote 26, por exemplo, traz 40 lentes fotográficas da Canon, enquanto o 19 traz diversas capas para celulares e tablets, além de leitor de cartão de memória e outros produtos de informática. Diferentemente do que é destinado para pessoas física, esses lotes podem ser revendidos posteriormente.

O iPhone X já tem algum tempo de mercado, mas ainda aparece acima do iPhone XR. Veja o comparativo entre os dois:

iPhone XR ou iPhone X? Dicas para escolher entre celulares da Apple

iPhone XR ou iPhone X? Dicas para escolher entre celulares da Apple

Como funciona?

O processo de leilão da Receita Federal acontece em três etapas. A primeira começa nesta segunda-feira (23) e acaba no próximo dia 1º de abril, quando o órgão receberá propostas de lances para todos os lotes listados. Depois desse período, somente as ofertas até 10% abaixo do maior valor sugerido poderão participar do pregão, previsto para acontecer no dia 2 de abril, às 10h30 da manhã.

No dia, todos os participantes terão a oportunidade de oferecer somas maiores e arrematar o lote de vez. Todo o processo acontece online, e não deve ser afetado pela quarentena em combate à pandemia do novo coronavírus.

Podem participar do leilão da Receita Federal qualquer pessoa física ou jurídica, desde que tenham o e-CAC, que é um certificado eletrônico emitido pelo próprio órgão governamental. Para conseguir, é preciso ter um CPF ou CNPJ válido.

Qual comprar: Macbook Air ou MacBook Pro? Saiba no Fórum do TechTudo

Quer saber tudo sobre o universo de celulares, jogos, aplicativos e demais eletrônicos? É só dar uma olhada no nosso canal no YouTube:

Mais do TechTudo