Jogos de tiro

Por Tainah Tavares*, de Los Angeles


Valorant é o novo jogo FPS da Riot Games. A desenvolvedora do League of Legends (LoL) anunciou o shooter nesta segunda-feira (2). O título tem lançamento marcado para o inverno de 2020, sem data definida, para download grátis no PC e promete rodar até em computadores mais básicos. Até então conhecido como “Project A”, o game foi anunciado no aniversário de 10 anos de lançamento do LoL. Agora, além de ganhar um nome oficial, Valorant teve mais detalhes divulgados.

O TechTudo foi até a sede da Riot, em Los Angeles, EUA, testar uma demo do novo fps e conversar com o time que criou Valorant. O teste vai ao ar no site em breve. Conheça, a seguir, um pouco mais sobre o jogo que é um dos mais aguardados do ano.

Valorant é o nome do primeiro FPS da Riot Games — Foto: Divulgação/Riot Games

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Conheça Valorant

Valorant é um fps 5v5 tático que mistura elementos de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) com Overwatch. O título conta com um elenco de personagens com habilidades específicas e mapas onde o objetivo é ativar um bomba ou defender um território.

Os times começam a partida como ataque ou defesa, e trocam de lado na décima segunda rodada. Vence a equipe que fizer 13 pontos primeiro, e os jogos têm até 24 rounds. O game tem uma economia parecida com a do CS:GO e disponibiliza diversos armamentos para compra no início de cada rodada. Os personagens têm habilidades específicas que também podem ser liberadas na loja.

Habilidades dos personagens de Valorant podem ser compradas no início de cada round — Foto: Divulgação/Riot Games

Enredo e personagens

O jogo sai do universo do LoL e vai para uma realidade futurista do planeta Terra. Valorant é uma organização que reúne seres humanos com poderes especiais, com histórias diversas e de diferentes países, como EUA, Reino Unido, China, Marrocos, Coréia e Rússia. A equipe trabalha para defender o mundo de uma ameaça existencial maior. Segundo a desenvolvedora, as tramas dos operadores serão reveladas aos poucos em atualizações, algo parecido com o que é feito no LoL.

Cada um dos operadores tem habilidades específicas que vão determinar o seu papel no time: coletar informações dos inimigos, fortalecer locais do mapa ou controlar regiões, por exemplo. Na demo testada pelo TechTudo, o jogo contava com oito personagens, quatro mulheres e quatro homens, e dois mapas. A Riot informou que a versão lançada, no entanto, terá mais cenários e heróis.

Mapas de Valorant foram desenvolvidos por Salvatore Garozzo, criador da Cache, do CS:GO — Foto: Divulgação/Riot Games

Servidores e ferramenta anti-cheat

A Riot Games prometeu que o jogo já será lançado com diversos servidores gratuitos pelo mundo inteiro. Em conversa com o TechTudo, os desenvolvedores do game revelaram que o Brasil terá um servidor exclusivo que ficará localizado em São Paulo, assim como acontece com o do LoL.

O programa anti-fraude também estará ativo a partir do primeiro dia de atividade do jogo. O sistema busca prever cheats e hacks que já existem em outros jogos do gênero fps, como wallhack, por exemplo. O sistema será parecido com o do LoL e promete monitorar os jogadores em tempo real e, caso um trapaceiro seja detectado, a partida será interrompida e os infratores serão punidos.

*A jornalista viajou a convite da Riot Games

Mais do TechTudo