Robótica

Por Gabrielli Damazio, para o TechTudo — Rio de Janeiro


Arnold Schwarzenegger está processando a empresa russa Promobot por uso indevido de sua imagem em um robô que lembra seu personagem em "Exterminador do futuro". Com isso, o ator e ex-governador da Califórnia pede US$ 10 milhões, aproximadamente R$ 50 milhões na cotação atual. O Robo-C, modelo da fabricante que conta apenas com uma cabeça e um tablet na região do tórax, já foi exposto pela marca em alguns eventos – inclusive na CES 2020. O produto pode contar com o rosto de qualquer pessoa, e traz assistente de voz para ser uma espécie de atendente interativo no relacionamento com clientes.

Robo-C pode ter a aparência de qualquer humano; Arnold Schwarzenegger resolveu processar a marca por uso indevido de imagem — Foto: Divulgação/Promobot

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O modelo é o primeiro robô com aparência humana desenvolvido pela empresa. Segundo a Promobot, o Robo-C possui mais de 600 expressões faciais, e pode mover lábios, olhos e sobrancelhas. A máquina é capaz de se comunicar com pessoas e substituir funcionários em recepções ou locais com grande volume de atendimento ao público, como feiras, eventos e hotéis.

As feiras de tecnologia costumam apresentar produtos inovadores. Veja um deles:

Mala smart que segue o dono foi destaque na CES 2019

Mala smart que segue o dono foi destaque na CES 2019

O uso da imagem do ator no Robo-C já foi visto por milhares de pessoas em diferentes eventos voltados para tecnologia. Em 2019, o próprio Arnold Schwarzenegger foi convidado a posar ao lado do robô, mas recusou. Mesmo com o processo em andamento, a empresa continua usando a versão com o rosto do ator para promover o produto, como aconteceu na CES e em uma feira de brinquedos nos Estados Unidos, em fevereiro.

A empresa possui também um robô inspirado no Albert Einstein — Foto: Divulgação/Promobot

O processo por apropriação indevida do direito publicitário do ator inclui punições, honorários e o parte do lucro obtido com o Robo-C. Além dessa opção, a empresa conta ainda com versões que trazem as imagens de Albert Einstein e de Marilyn Monroe – vale lembrar, ambos já falecidos. Qualquer um pode comprar o produto, que custa pelo menos US$ 25 mil, aproximadamente R$ 125 mil na cotação atual, sem impostos.

Mais do TechTudo