Robótica

Por Victor Toledo, para o TechTudo


Robôs utilizados na China para combater o avanço do novo coronavírus já estão no Brasil. A solução chega ao país por meio da empresa brasileira Alabia, que estuda o uso da Inteligência Artificial em serviços voltados para a sociedade. Os modelos são capazes de interagir com pacientes suspeitos ou diagnosticados com a Covid-19, ajudando na entrega de remédios, alimentos, entre outras funções em hospitais.

Robôs fizeram sucesso em solo chinês e já estão disponíveis no Brasil — Foto: Divulgação/Alabia Robôs fizeram sucesso em solo chinês e já estão disponíveis no Brasil — Foto: Divulgação/Alabia

Robôs fizeram sucesso em solo chinês e já estão disponíveis no Brasil — Foto: Divulgação/Alabia

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A ideia é ajudar os profissionais da saúde, evitando o contato constante com pacientes infectados e facilitando o isolamento dos mesmos. Além disso, de acordo com a marca, a versão brasileira do robô consegue ser amigável com o usuário e apresenta uma interface humanizada.

A iniciativa fez sucesso ao aparecer nas redes sociais, à época em um hotel em Hangzhou, na China, que contava com mais de 200 pessoas isoladas. Em vídeo, a agência de notícias oficial do governo local divulgou imagens do robô entregando comida pelos corredores e cumprimentando os pacientes. No Brasil, ainda não há informações sobre como vai funcionar o serviço, tampouco se os órgãos de saúde vão optar pelo uso dos modelos da Alabia.

Robô chega ao Brasil com promessa de ajudar profissionais da saúde — Foto: Divulgação/Alabia Robô chega ao Brasil com promessa de ajudar profissionais da saúde — Foto: Divulgação/Alabia

Robô chega ao Brasil com promessa de ajudar profissionais da saúde — Foto: Divulgação/Alabia

Vale ressaltar que, com a pandemia, diversas tecnologias vêm sendo utilizadas para conter o avanço da doença. Em alguns países da Europa e da Ásia, por exemplo, governos utilizam drones para avisar à população para ficar em casa, enquanto até mesmo antenas 5G foram instaladas na China, a fim de aumentar a cobertura de internet para que pacientes realizassem consultas online.

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Quais são os robôs mais curiosos da atualidade? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo