Segurança

Por Thiago Siqueira, para o TechTudo


As senhas que vêm de fábrica em aparelhos eletrônicos são as mais utilizadas por hackers durante ataques. De acordo com uma pesquisa da F-Secure, divulgada na última semana, a combinação "admin", que vem como padrão de login e senha em diversos dispositivos, é a primeira escolha dos criminosos para tentar o acesso. Na lista também estão "12345" e "password", que ainda são muito utilizadas pelos usuários, e "taZz@2349585" e "1001chin", que são senhas de fábrica de alguns roteadores.

Somente no segundo semestre de 2019, a empresa de segurança digital registrou 2,8 bilhões de ataques em seus honeypots (ferramentas que detectam ataques cibernéticos) em todo o mundo. Segundo o relatório, a maior quantidade de ataques foi causada por hackers nos Estados Unidos, China e Rússia, embora não haja como garantir essa informação, já que os atacantes utilizam proxy para camuflar a localização. Já entre os países de destino com maior número de ações sofridas incluem Ucrânia, China e Áustria.

Conheça as 10 senhas mais inseguras da internet de acordo com a F-Secure — Foto: TheDigitalWay/Pixabay

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A maioria dos ataques aos honeypots da F-Secure foram de bots e malwares cujo objetivo é infectar os aparelhos. Esses dispositivos podem ser tanto computadores e notebooks, como aparelhos para casa conectada, como caixas de som smarts. Após, encontrar uma máquina vulnerável, o criminoso precisa obter a senha para concluir a invasão. Como muitas pessoas não trocam as senhas padrões de seus aparelhos ou optam por combinações fáceis, esses passwords acabam sendo os mais utilizados por hackers em uma tentativa de golpe. Veja, a seguir, as senhas mais utilizadas pelos criminosos em tentativas de ataques.

  1. admin
  2. vizxv
  3. default
  4. 1001chin
  5. sh
  6. taZz@23495859
  7. 12345
  8. password
  9. ttnet
  10. root

Para proteger seus dispositivos, certifique-se de criar uma senha forte e única para cada aparelho. Além disso, também é importante trocá-las com frequência. O FBI recomenda, inclusive, usar frases-chave, com mais de 15 caracteres, que levam mais tempo para serem quebradas por hackers. Para quem esquece as senhas, a dica é usar gerenciadores que permitem inserir todas as combinações em um ambiente criptografado.

Via F-Secure

Mais do TechTudo