Video game

Por Anna Kellen Bull, do home office


O PlayStation 5 (PS5) é oficial. A Sony acaba de anunciar, nesta quarta-feira (18), o novo console que chega sete anos após o lançamento do seu antecessor PlayStation 4 (PS4). A apresentação ocorreu durante uma transmissão online no PlayStation Blog, com comando de Mark Cerny, arquiteto-chefe responsável do aparelho. No streaming ao vivo, a marca divulgou especificações do concorrente do Xbox Series X, porém o preço e design continuaram um mistério. Sua ficha técnica chama a atenção pela CPU AMD Zen 2 com 3,5 GHz, 10,28 Teraflops e SSD superrápido que, de acordo com a fabricante, pode torná-lo o videogame "mais rápido do mundo".

Vale lembrar que o PS5 tem previsão de chegar ao mercado até o final de 2020, mas ainda sem data específica definida no Brasil. A expectativa é de que ele esteja disponível nas prateleiras em um período próximo ao Natal, para aproveitar as vendas festivas.

PS5 (Playstation 5) com novos jogos?O que esperar do console da Sony

PS5 (Playstation 5) com novos jogos?O que esperar do console da Sony

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A apresentação começou com foco nos desenvolvedores de jogos para PlayStation. De acordo com Mark Cerny, a ideia da empresa é que as produtoras fiquem confortáveis ​​com o hardware do PS5 e entendam o funcionamento básico da nova geração e, assim, consigam acessar facilmente o CPU, GPU e recursos de armazenamento (SSD) – antes de explorar as novidades do console.

A primeira especificação revelada é que o PlayStation 5 chega com um armazenamento SSD personalizado de 825 GB, com promessa de ser até 100 vezes mais rápido em relação ao HD de 500 GB do PS4. Sua CPU Zen 2, da AMD, oferece frequências de até 3,5 GHz. Já o processador gráfico de 10,28 Teraflops, em 2,23 GHz, indica uma capacidade de geração de poder visual menor do que o Xbox Series X, seu principal concorrente, que vem equipado com 12 TFLOPs.

Sony dá mais detalhes sobre o novo PlayStation 5 — Foto: Reprodução/YouTube/Sony

Apesar disso, segundo a Sony, uma GPU menor e mais efetiva pode significar uma GPU mais ágil. A expectativa é de que o núcleo gráfico do PS5 consiga oferecer um desempenho maior do que o esperado pelo número de Teraflops, que não engloba com precisão todos os recursos da GPU. A fabricante explica também que o novo console é capaz de processar as imagens de games com o mesmo nível de desempenho em qualquer lugar, independentemente da temperatura do ambiente, sem queda de taxas de quadros do jogo.

"O desempenho é notavelmente diferente, porque 'Teraflops' é definido como a capacidade computacional do vetor ALU. Essa é apenas uma parte da GPU. Existem muitas outras unidades – e esses outros recursos funcionam mais rapidamente quando a frequência da GPU é mais alta", afirma Cerny durante a apresentação. "Com frequência 33% mais alta, a rasterização é 33% mais rápida, o processamento do buffer de comando é muito mais rápido, os caches L1 e L2 têm largura de banda muito maior e assim por diante ", completa.

PS5 vem com SSD — Foto: Reprodução/YouTube

Além disso, a GPU da AMD conta com capacidade de rodar jogos de PS4, ou seja, há a tecnologia de retrocompatibilidade para jogar games da atual geração no próximo videogame. Outro destaque de hardware é o Tempest Engine, sistema de áudio 3D que promete fidelidade e qualidade de som com alto nível de detalhes.

Sobre o armazenamento, caso o SSD personalizado de 825 GB fique cheio, vale ressaltar que ele é expansível e compatível com versões anteriores do console. É possível, então, economizar espaço ao jogar seus games mais antigos a partir do armazenamento externo padrão. A fabricante ressalta que isso é mais lento do que inicializar pelo SSD interno, mas o objetivo é liberar memória para os games da próxima geração, que provavelmente são pesados.

Especificações do PS5:

  • CPU: x86-64-AMD Ryzen™ “Zen 2” / 8 Tópicos / 16 fundamentais / Frequência variável, até 3.5 GHz;
  • GPU: mecanismo de gráficos baseado em AMD Radeon™ RDNA 2 / Aceleração de traçado de raios / Frequência variável, até 2.23 GHz (10.3 TFLOPS);
  • Memória do Sistema: GDDR6 16 GB / Largura de banda de 448 GB/s;
  • SSD: 825 GB / Largura de banda de leitura de 5.5 GB/s (Raw);
  • Disco de Jogo PS5: ultra HD Blu-ray, até 100 GB/disco;
  • Saída de Vídeo: suporte a TVs de 120Hz 4K, TVs 8K, VRR (especificado pelo HDMI versão 2.1);
  • Áudio: Tempest 3D AudioTech.

Relembre rumores

Renderização do kit de desenvolvimento do PS5 — Foto: Reprodução/Lets Go Digital

Sem ser citado na apresentação, o design do PlayStation 5 permanece um mistério. Segundo rumores, o videogame chega com formato “V”, que é o algarismo romano para “cinco”, remetendo à edição do PlayStation. Os kits de desenvolvimento, que são enviados às produtoras para criarem jogos do PS5, já chegaram com característica parecida.

Em relação ao controle, uma suposta imagem vazada exibiu o novo joystick do videogame da Sony, que deve se chamar DualShock 5. Aparentemente, o modelo é bastante parecido com o DualShock 4 atual do PlayStation 4 (PS4). A única diferença visível está no painel de toque que fica no centro do controle.

O acessório é levemente inclinado e não tem a ponta arredondada no final – detalhe que está presente também em uma recente patente registrada pela Sony no Japão em novembro. A foto mostra ainda que os botões do joystick são lisos e não têm os tradicionais símbolos Quadrado, Cruz, Bola e Triângulo.

Via Eurogamer

Alguma previsão para o PS5 no Brasil? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo

Quer saber tudo sobre o universo de celulares, jogos, aplicativos e demais eletrônicos? É só dar uma olhada no nosso canal no YouTube:

.

Mais do TechTudo