Transporte

Por Beatriz Cardoso, do home office


O Uber removeu nesta quinta-feira (19) a modalidade de corrida Uber Juntos do aplicativo para celulares Android e iPhone (iOS) por tempo indeterminado, como medida de prevenção ao novo coronavírus. A opção Juntos oferece viagens compartilhadas com desconhecidos por preços menores que o normal, o que pode proporcionar maiores chances de contágio da Covid-19, doença causada pelo Sars-CoV-2.

Em nota, o Uber informou que busca desacelerar o avanço do novo coronavírus e está trabalhando com autoridades para isso (confira a nota na íntegra ao final da matéria). O Uber Juntos está banido temporariamente no Canadá, Paris, Londres e Estados Unidos desde terça-feira (17). A rival americana Lyft também seguiu a mesma medida nos territórios onde atua.

Uber remove opção de corridas compartilhadas para frear Covid-19 — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo Uber remove opção de corridas compartilhadas para frear Covid-19 — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Uber remove opção de corridas compartilhadas para frear Covid-19 — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A opção Uber Juntos não aparecerá mais para usuários brasileiros, ao pedirem uma corrida pelo aplicativo de mobilidade a partir da tarde de quinta-feira (19). Portanto, as modalidades de viagens disponíveis agora são UberX (para viagens econômicas), Comfort (para experiência premium que permite escolher a temperatura do ar-condicionado, por exemplo) e Black (para passeios em carros de luxo).

Essas opções oferecem apenas viagens particulares, o que os diferencia do Uber Juntos, que permitia estranhos compartilharem corridas com destinos próximos por valores abaixo da média do aplicativo. Assim, a medida visa a prevenir casos de contágio por passeios coletivos em veículos cadastrados no Uber.

Motoristas do serviço foram orientados pela empresa com dicas de higienização de carros e com apoio de recursos para se proteger do novo coronavírus. Entregadores e motoristas que contraírem a Covid-19 ou ficarem de quarentena por solicitação de instituições de saúde também receberão auxílio financeiro por 14 dias, período em que a conta do usuário ficará suspensa no aplicativo.

A empresa também lembra que é possível especificar, na hora de fazer pedidos no Uber Eats, que o entregador deixe a entrega na porta. O rival de delivery Rappi adicionou a opção "entrega sem contato" ao aplicativo na última segunda-feira (16), para minimizar os riscos de propagação do novo coronavírus. O iFood também incluiu "entregar sem contato físico" ao aplicativo.

Posicionamento do Uber

"Nosso foco é ajudar a desacelerar a disseminação do coronavírus em nossas cidades. Com isso em mente, estamos suspendendo a categoria de viagens compartilhadas Uber Juntos no Brasil. Permanecemos em contato próximo com as autoridades e continuaremos a trabalhar com elas para apoiar os esforços contra a epidemia."

Uber: saiba a diferença entre UberBlack, X e Juntos

Uber: saiba a diferença entre UberBlack, X e Juntos

Mais do TechTudo