Celulares

Por Marina Borges, para o TechTudo

Xiaomi supera Huawei e vira terceira maior empresa de celulares do mundo Xiaomi supera Huawei e vira terceira maior empresa de celulares do mundo
Divulgação/Xiaomi

No duelo das fabricantes chinesas, a Xiaomi superou a Huawei em vendas de celulares no mês de fevereiro, segundo relatório da consultoria Strategy Analytics. Agora, a marca ocupa a terceira colocação do ranking, atrás da líder Samsung e da segunda colocada Apple. Já a Huawei aparece em quarto lugar. De acordo com o estudo, a diferença de vendas entre as gigantes do continente asiático foi de apenas 500 mil unidades de smartphones. Esta é a primeira vez que a Xiaomi ultrapassa a concorrente.

Relatório da Strategy Analytics aponta número de vendas de smartphones das seis primeiras marcas do ranking  — Foto: Reprodução/ Relatório Strategy Analytics Relatório da Strategy Analytics aponta número de vendas de smartphones das seis primeiras marcas do ranking  — Foto: Reprodução/ Relatório Strategy Analytics

Relatório da Strategy Analytics aponta número de vendas de smartphones das seis primeiras marcas do ranking — Foto: Reprodução/ Relatório Strategy Analytics

Primeira colocada, a Samsung vendeu 18,2 milhões de unidades no período. Em seguida veio a Apple com 10,2 milhões de celulares vendidos. Já a Xiaomi comercializou 6 milhões e a Huawei 5,5 milhões de unidades. Além destas quatro fabricantes, a Oppo e a Vivo (não confundir com a operadora de mesmo nome), respectivamente, compõem o top 6 de vendas no mês de fevereiro.

O relatório ainda aponta a queda de 38% das remessas mundiais de smartphones, o que corresponde ao total de 62 milhões de unidades. Além disso, a venda caiu em 39%, representando 65 milhões de dispositivos a menos sendo comercializados em fevereiro de 2020.

Por esses fatores, a Huawei ficou atrás da Xiaomi no ranking pela primeira vez. Outro impacto que afetou a marca foi o atraso no inventário 4G, fazendo com que as remessas e as vendas despencassem em 69% e 64%, respectivamente.

Samsung Galaxy S20, S20 Plus e S20 Ultra; conheça a ficha técnica

Samsung Galaxy S20, S20 Plus e S20 Ultra; conheça a ficha técnica

Aliado a essas adversidades, o bloqueio imposto à Huawei pelo governo dos Estados Unidos pode afetar drasticamente as vendas de celulares da fabricante chinesa. A medida foi tomada pelo governo Donald Trump como parte de novas regras relacionadas à proteção de redes e infraestruturas essenciais do país. A empresa é acusada de espionagem por autoridades americanas.

Com isso, a Huawei fica impedida de realizar negócios em território norte-americano sem autorização governamental. A expectativa é de que os smartphones da marca venham com Android, que é de código aberto, mas sem aplicativos famosos do Google, como YouTube e Google Maps. Isso pode vir a ocorrer porque as sanções do governo de Trump impedem que o Google licencie os serviços da empresa.

Com informações de Gizmochina

Quer saber tudo sobre o universo de celulares, jogos, aplicativos e demais eletrônicos? É só dar uma olhada no nosso canal no YouTube:

Mais do TechTudo