Por GoDaddy


Em tempos de comércio fechado, investir em um site de vendas próprio ajuda a aumentar a base de clientes, amplia a visibilidade da empresa, melhora o relacionamento com a comunidade, além de passar uma imagem mais profissional do seu negócio. Com o suporte da GoDaddy, é possível construir um site de vendas, de graça.

Como fazer um site para vendas em sete passos

Como fazer um site para vendas em sete passos

Afinal, o site próprio diferencia a empresa. “As redes sociais são eficazes para o dia a dia, mas é o site da empresa que conta sua história”, diz Beto Santos, country manager da GoDadddy, que tem mais de 19 milhões de clientes ativos no mundo. “Mesmo quando acabar a quarentena, muitas pessoas podem ficar reticentes a sair de casa”, comenta Luiz D'Elboux, diretor de marketing da GoDaddy e especialista em estratégias de marketing digital e construção de marcas. “Um site ajuda os clientes a localizar sua loja pelas buscas de internet.”

Confira as dicas da empresa para criar uma página eficiente e vendedora. Lembrando que o Criador de Sites da GoDaddy permite criar um site gratuitamente durante um mês. Além disso, para o período de quarentena, em que o site precisa ir ao ar com agilidade, os especialistas da GoDaddy estarão à disposição também por telefone (confira abaixo).

Aprenda a criar o seu site para vendas com a GoDaddy — Foto: Divulgação

1. Crie uma conta: é simples. Basta inserir um e-mail, um nome de usuário e uma senha (não requer dados de cartão de crédito).

2. Escolha o setor e o nome do seu site: escolha um setor (advocacia, restaurante, consultoria, blog) para configurar os recursos básicos e já ter imagens e um design adequado ao seu mercado de atuação e escolha um nome para o seu site.

3. Defina as informações básicas: selecione um tema pré-definido e customize imagens, fontes e cores – tenha em mente que o resultado final deve ser fácil de visualizar em todos os tamanhos de telas.

4. Defina o domínio: escolha o nome do domínio. Ou seja, o endereço que as pessoas vão digitar na barra do navegador para chegar ao site. Lembrando que é preciso pagar pelo domínio para um provedor de internet. Na sequência, conecte suas redes sociais ao site.

Adicione conteúdo para a página inicial: a homepage é tão importante quanto a fachada de uma loja física. Escolha com calma as imagens, que podem ser suas ou do banco de dados da GoDaddy. Pense nos textos e inclua seu logo.

5. Acrescente páginas: adicione informações em páginas adicionais – você pode incluir sua loja online, compartilhar vídeos, criar um blog ou abrir um espaço para contato. “Nosso serviço sugere temas que são baseados nas melhores práticas de design”, diz Luiz D'Elboux. “Para os nossos temas, tomamos o cuidado de lançar pílulas de conteúdo que informam o usuário, porém, sem sobrecarregar a página.”6

6. Publique: faça uma pré-visualização, tanto no computador quanto no smartphone. Releia todos os textos, mostre para amigos, familiares e clientes mais próximos. Depois, aperte em “publicar”. Pronto, seu site está no ar! Agora lembre de mostrá-lo para seus clientes e amigos – coletar dicas dos usuários é muito valioso! “O site que o empresário imagina nem sempre é o que funciona melhor na prática, por isso é essencial coletar o feedback”, afirma o diretor de marketing da GoDaddy. Faça ajustes diante das dicas que receber deles.

7. Cuide da performance: agora chegou o momento de fazer seu site circular entre os atuais e possíveis novos clientes. “O site não se vende sozinho. É importante divulgá-lo e atualizá-lo com frequência”, recomenda Beto Santos. Existem várias ferramentas para alcançar esse objetivo, desde divulgar o site nas redes sociais até enviar mensagens diretas para os clientes. “A partir do site, você pode fazer todo um trabalho de marketing, postar conteúdos no teu blog, fazer cadastros de pessoas e comunicações via e-mail marketing”, diz Luiz D'Elboux. “Quem utiliza a ferramenta de criação de site da GoDaddy conta com esses serviços”.

Em caso de dúvidas, lembre-se que a GoDaddy mantém mais de 100 tutoriais online, além de consultores disponíveis para tirar quaisquer dúvidas. “Um de nossos pilares é o atendimento”, explica Beto Santos. “Orientamos desde a criação do site até a continuidade, com os serviços de inteligência fornecidos pela GoDaddy Insight e com os pacotes de comunicação com o cliente, que incluem o gerenciamento de email marketing”.

Uma das ferramentas mais importantes que a GoDaddy ajuda a desenvolver é a escolha das palavras-chave corretas, a fim de que sua loja seja facilmente localizada no Google. “A ferramenta da GoDaddy é muito fácil de usar para quem não é leigo, é muito intuitiva”, afirma Luiz D'Elboux. “Você cadastra as palavras e seu produto aparece na busca genérica. Muitas pessoas não encontram você pela marca ou pelo nome da loja, mas pelo produto ou serviço”.

Com esse suporte, o empreendedor pode transformar a quarentena em um período de migração para o mundo digital. Funciona: quem se utiliza dos sites e das ferramentas de marketing da GoDaddy identifica um aumento médio de 18% na receita em um ano!

SERVIÇO: Mais informações: https://bit.ly/3eOFKgC; (11) 3958-5687.

GoDaddy
Mais do TechTudo