Redes sociais

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


O mLabs é uma plataforma brasileira de gerenciamento de redes sociais bastante utilizada por profissionais de marketing digital, mas que também pode ser usada por qualquer pessoa em seu perfil pessoal. Entre as principais funções do serviço, se destacam o agendamento de posts em redes sociais que ainda não disponibilizam o recurso de forma nativa, como o Instagram e o Twitter, a criação de relatórios de desempenho e a possibilidade de responder a comentários e mensagens privadas em um único ambiente pelo computador. Confira, a seguir, detalhes de como funciona o mLabs e quais são os valores de cada plano.

mLabs gerencia diversas redes sociais em um único ambiente no computador — Foto: Divulgação/mLabs

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Veja também: Instagram Direct: como usar GIFs e stickers em conversas diretas

Instagram Direct: como usar GIFs e stickers em conversas diretas

Instagram Direct: como usar GIFs e stickers em conversas diretas

O que é o mLabs e como funciona?

O mLabs é um gerenciador de redes sociais pago criado no Brasil que permite comandar diferentes perfis em uma única plataforma online, tornando a organização das contas mais fácil. A ferramenta é muito utilizada por agências e profissionais de marketing no gerenciamento de contas de empresas, para facilitar a dinâmica de criação e publicação de posts, monitoramento de interação do público e análise de audiência das publicações.

Isso não significa que o mLabs só funcione para empresas. Qualquer pessoa pode contratar o serviço. Uma das vantagens para o usuário comum é a possibilidade de realizar processos indisponíveis nos apps para celular através do computador. O Instagram, por exemplo, ainda não permite publicar fotos pelo PC na versão Web. Para resolver esse problema, o mLabs pode ser uma ferramenta útil. Contudo, o serviço pode ser bem mais proveitoso para usuários que utilizam contas comerciais e utilizam as redes sociais com muita frequência e interação.

Quais redes sociais podem ser gerenciadas pela plataforma?

É possível gerenciar Instagram, incluindo Stories e IGTV, Facebook, WhatsApp, Twitter, LinkedIn, Pinterest, YouTube, além do Google Analytics e do Google Meu Negócio. Para gerenciar suas redes sociais, o usuário deverá criar um “Perfil” do mLabs. Cada perfil poderá administrar uma conta de cada rede social do usuário. Ou seja, com o mesmo perfil, é possível monitorar uma página no Facebook, uma do Instagram e um canal do YouTube simultaneamente, por exemplo. Caso queira acessar duas contas do Instagram ao mesmo tempo, deverá criar dois perfis no mLabs, e pagar pelos dois individualmente.

Dashboard do mLabs — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes

Quais funções o mLabs oferece?

Um dos recursos mais procurados pelos usuários do mLabs é o agendamento de posts, que permite programar uma imagem ou vídeo para que ela seja publicada automaticamente na rede social, na data e horário estipulados pelo usuário. Por não estar disponível de forma nativa na maioria das redes sociais, essa função é um dos grandes chamarizes do mLabs.

Para fazer um agendamento, o usuário deverá subir a imagem do post, acrescentar a legenda desejada, hashtags, stickers, localização, marcação de amigos, ou seja, todos os recursos disponíveis nas principais redes sociais. Posts variáveis, como Stories, IGTV e publicações em 360º do Facebook também podem ser agendadas pela plataforma.

Calendário de publicações do mLabs — Foto: Divulgação/mLabs

O calendário de posts também chama a atenção, especialmente para quem gerencia muitos perfis diferentes. Nele, é possível visualizar de forma clara quais publicações estão idealizadas e programadas para cada data, em um calendário mensal de fácil visualização e interpretação.

O mLabs também fornece relatórios detalhados de desempenho de cada perfil, exibindo dados como alcance, impressões, número de cliques e respostas, ações como avançar para o próximo post ou sair da publicação. Esse recurso é útil para empresas, pois também permite mostrar a relevância da sua marca em comparação a perfis concorrentes.

Outro recurso útil para agências de publicidade é o Workflow, ambiente que permite reunir várias pessoas envolvidas na criação de conteúdo para desenvolver, aprovar ou fazer alterações nas publicações, dividindo o fluxo de trabalho de forma organizada. É possível convidar pessoas ilimitadas para cada ambiente de trabalho na plataforma.

mLabs emite relatórios detalhado com desempenho dos perfis — Foto: Divulgação/mLabs

Quais são os planos, os valores e como funciona o pagamento?

Existem dois planos disponíveis no mLabs. O plano mais básico, chamado de “Agendamento de Posts”, permite, como diz o nome, agendar publicações nas redes sociais, criar um calendário de posts e dá acesso a múltiplos usuários. Este plano custa R$ 5,90/mês para cada “Perfil” do mLabs. Existem promoções que dão desconto no pagamento de três meses ou um ano completo de uma vez.

O plano “Completo” dá direito a todos os benefícios da versão básica, e acrescenta a possibilidade de responder comentários e Directs, emite relatórios de desempenho, monitoramento de concorrentes, acesso a uma plataforma de gestão de fluxo de trabalho e insights para otimização do serviço. Esse plano custa R$ 12,90 mensais por “Perfil” do mLabs, e também oferece desconto para o pagamento trimestral ou anual.

O pagamento é feito por meio de cartão de crédito, débito, PayPal, PagSeguro ou boleto bancário. Qualquer usuário pode testar os serviços de graça por sete dias.

Etus ou mLabs?

Um dos principais concorrentes do mLabs é o Etus, que funciona de forma bastante semelhante, oferecendo recursos de agendamento de posts e emissão de relatórios. Entre os diferenciais do Etus estão a possibilidade de fazer impulsionamento de posts para Instagram e Facebook, e um aplicativo para Android e iPhone (iOS) que permite gerenciar as redes pelo celular. O Etus custa um pouco mais caro que o mLabs, sendo R$ 9,90/mês no plano básico e R$ 18,90 na versão completa. Contudo, em se tratando das funcionalidades mais objetivas, as ferramentas se tornam equivalentes.

Problemas com o Direct do Instagram? Veja como resolver no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo