Celulares

Por Wallace Ferreira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O Motorola Razr, primeiro celular dobrável da Motorola, deve ganhar um sucessor em breve. Os rumores surgiram após um anúncio do analista Evan Blass sobre um smartphone intitulado "Odyssey" que está em desenvolvimento. De acordo com as especulações, este seria um telefone premium para se juntar ao Motorola Edge e Edge Plus.

A principal diferença com a geração atual seria o hardware avançado, estratégia distinta da utilizada no sucessor do icônico V3. O Motorola Razr foi lançado no Brasil em fevereiro com preço sugerido de R$ 8.999.

Motorola Razr 2019: saiba tudo sobre o celular que resgata o Motorola V3

Motorola Razr 2019: saiba tudo sobre o celular que resgata o Motorola V3

A expectativa é que a nova edição seja uma concorrente direta ao Galaxy Fold, o primeiro celular dobrável do Brasil vendido pelo preço sugerido de R$ 12.999. Além de especificações poderosas, o modelo contaria com um sistema de dobradiça que se fecha horizontalmente, da mesma forma como no smartphone da Samsung.

Atualmente, o Motorola Razr compete com o Galaxy Z Flip, dobrável da Samsung que é vendido pelo mesmo preço. Ambos os celulares dobram em formato de concha, o famoso formato flip. Apesar disso, o smartphone da Motorola fica para trás quando o assunto é hardware – o que pode ter motivado a preparação de um concorrente avançado. A geração atual conta com o intermediário Snapdragon 710, enquanto o dobrável sul-coreano sai de fábrica com o Snapdragon 855.

📺Veja no vídeo abaixo o lançamento do Galaxy Z Flip:

Galaxy Z Flip: saiba tudo sobre o celular da Samsung

Galaxy Z Flip: saiba tudo sobre o celular da Samsung

A Motorola não confirmou que o celular em questão seja, de fato, um smartphone dobrável. Os rumores se iniciaram já que o Motorola Razr recebeu, antes do lançamento, o codinome 'Voyager'. O termo se refere a uma pessoa que faz uma longa jornada para uma terra estrangeira, o que teria uma relação direta com o significado de "Odyssey": uma longa e empolgante jornada.

Além da semelhança no nome dos projetos, analistas acreditam que este seja um celular dobrável pois a Motorola não deve investir nos próximos meses em um modelo premium "comum", ou seja, sem características inovadoras. Isso porque a estratégia da marca no segmento está voltada para o Motorola Edge e Edge Plus, que chegaram para rivalizar com a linha Galaxy S20 e iPhone 11.

Com informações de Phone Arena e Evan Blass

Mais do TechTudo