Telefonia

Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Samsung estabeleceu um novo recorde mundial de velocidade na rede 5G com transferências de até 8,5 Gb/s (Gigabits por segundo). A marca supera a Huawei e a Ericsson, que lideravam a disputa anteriormente com 2,92 Gb/s e 4,3 Gb/s, respectivamente. O teste de laboratório responsável pelo registro utilizou a faixa de 800 MHz do espectro de ondas milimétricas (mmWave).

O sinal foi combinado com a tecnologia MU-MIMO, que otimiza a transmissão de pacotes de dados e marca presença no Galaxy S20. No entanto, ainda não há previsão para que esse patamar de rapidez na conexão seja disponibilizado no mercado.

Samsung Galaxy S20, S20 Plus e S20 Ultra; conheça a ficha técnica

Samsung Galaxy S20, S20 Plus e S20 Ultra; conheça a ficha técnica

O padrão mmWave trabalha com transmissão de dados com ondas de alta frequência, ideal para garantir velocidade elevada em distâncias curtas entre o emissor e o receptor. O teste serve para demonstrar os possíveis limites da rede de quinta geração nessas condições. Na prática, o 5G é ofertado em diferentes faixas de frequência, cada uma com diferentes condições de alcance e capacidade de transmissão.

Os testes em laboratório são realizados em condições controladas. A Samsung obteve a velocidade de 8,5 Gb/s em uma sala sem interferências e com dois celulares separados poucos metros de distância entre si e do retransmissor que fez o papel de torre celular. Ainda não se sabe quando o mesmo resultado poderá ser obtido em condições reais de uso.

Velocidade recorde foi alcançada em teste de laboratório — Foto: Divulgação/Samsung

A empresa trabalha para preparar produtos para a rede mmWave da Coreia do Sul, que já conta com 4,6 milhões de usuários de 5G. O padrão é visto como vantajoso para atividades como aplicativos de realidade virtual e aumentada, plataformas de ensino e streaming de conteúdo em 8K.

Ainda não há previsão chegada do 5G ao Brasil. O leilão das faixas de 700 MHz; 2,3 GHz; 3,5 GHz e 26 GHz teve edital publicado e submetido à consulta pública, e é aguardado para novembro de 2020. Mas, a implantação ainda depende de investimento em infraestrutura. A expectativa é que a rede de quinta geração entre em operação apenas em 2021.

Com informações da Samsung

Mais do TechTudo