Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A KaBuM! e-Sports é campeã da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2020. O título foi confirmado após vitória contra o Flamengo eSports na grande final ocorrida na tarde deste sábado (9). Em uma série melhor de cinco partidas (Md5) bastante controlada, a KaBuM! mostrou a mesma postura que vinha apresentando em sua campanha de recuperação do CBLoL, foi superior à equipe rubro-negra e venceu por três a zero, garantindo seu quarto título da competição e a premiação de R$ 70 mil. A seguir, você confere mais detalhes da série que decidiu a taça dessa etapa do CBLoL.

Após campanha de recuperação, KaBuM! e-Sports conquista o título do CBLoL — Foto: Divulgação/Riot Games

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Já na primeira partida, a KaBuM! mostrou a que veio. Logo no começo, o atirador Igor "DudsTheBoy" Lima (Senna) e o suporte Denilson "Ceos" Oliveira (Maokai) conseguiram dois abates para cima da rota inferior adversária, dando o espaço para eles adquirirem ainda mais vantagem. Isso ajudou, em especial, o Maokai de Ceos a ficar mais forte e ajudar ainda mais na linha de frente da KaBuM, que tinha uma composição composta por três tanks e muitas opções de iniciação.

Os Ninjas ainda contaram com a excelente atuação de Arthur "Tutsz" Machado (Azir), que se movimentou muito bem pelo mapa para ajudar seus companheiros a garantir abates, objetivos e a vitória tranquila aos 31 minutos de jogo.

Tutsz foi o MVP na primeira vitória da KaBuM! e-Sports na série — Foto: Divulgação/Riot Games

A KaBuM! decidiu por uma composição de poke na segunda partida, com campeões como Jayce, Nidalee, e Varus, e novamente conseguiu fazer sua estratégia funcionar. Pressionado em todas as rotas, o Flamengo se viu com poucas opções. Filipe "Ranger" Brombilla (Graves) precisou ajudar Jeong "WooFe" Woo-cheol (Ornn) na rota superior por conta de uma match-up ruim que ele enfrentava. O caçador até conseguiu ajudar em abates nos jogadores Lee "Parang" Sang-won (Jayce) e Na "Wiz" Yoo-joon (Nidalee), mas a KaBuM! era superior na coleta de recursos, como o próprio farm e os objetivos em geral, e não teve dificuldades em lidar com essas perdas.

O Flamengo não conseguiu enfrentar o poke contínuo da KaBuM, perdeu Dragões, o Barão Na'Shor e lutas importantes. No final, em mais um confronto muito controlado, a KaBuM aproveitou de um Flamengo perdido no mapa, soube utilizar bem de sua vantagem e derrubou o nexus em apenas 27 minutos de partida.

Por fim, a partida mais equilibrada da série. Ranger voltou a apostar no Graves, mas, dessa vez, conseguiu fazer o campeão funcionar e colocou o Flamengo no caminho das conquistas de objetivos, como o primeiro Dragão e o Arauto. A pressão executada na rota inferior também deu esperanças para os rubro-negros se recuperarem na série. A KaBuM! ainda deu uma bela resposta em uma tentativa de dive do Flamengo na rota superior, mas acabou sendo surpreendida minutos depois pela Xayah de Luis Felipe "Absolut" Carvalho, que desequilibrou uma luta nas proximidades do covil do dragão, ocasionando em um ace e no objetivo para a equipe rubro-negra.

Embora parecesse que o Flamengo tinha o controle no confronto, a KaBuM! não se abalou e continuou a arriscar em chamadas em dragões e em lutas de equipes, tendo sucesso dessa vez. A composição de muito suporte, com Karma nas mãos de Tutsz e Yuumi nas mãos de Ceos, passou a funcionar e deu espaço e segurança para Wiz (Trundle), DudsTheBoy (Miss Fortune) e Parang (Jayce) conseguirem causar o dano necessário para dizimar a equipe do Flamengo e buscar o Barão Na'Shor. Após conquistar esse objetivo, bastou pressionar ainda mais o Flamengo, derrubar suas estruturas e destruir o nexus para conquistar o título do CBLoL.

KaBuM! e-Sports tem bela atuação na final e se sagra campeã do CBLoL — Foto: Divulgação/Riot Games

Quais os 10 melhores jogos na sua opinião? Comente no Fórum TechTudo.

CBLoL: conheça os times que foram campeões até hoje

CBLoL: conheça os times que foram campeões até hoje

Mais do TechTudo