Fones de ouvido

Por Júlia V. Kurtz, para o TechTudo


Fones de ouvido com fio são os mais comuns no Brasil. É o que aponta uma pesquisa do IBOPE solicitada pela Philips a respeito dos hábitos do consumidor na hora de consumir áudio e vídeo. O levantamento, apresentado com exclusividade ao TechTudo, também revela que 80% dos usuários têm ate dois modelos em casa. Outro dado que chama atenção é o uso de fones Bluetooth, como os AirPods, da Apple, e o Galaxy Buds+, da Samsung, que é o tipo de acessório preferido do consumidor na hora de praticar exercícios físicos.

Fones de ouvido Bluetooth são preferidos para fazer exercícios — Foto: Divulgação/Blitzwolf

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O estudo foi realizado online com 700 usuários, sendo 67% da região sudeste, 10% do sul e 24% do nordeste. Entre os entrevistados, 55% eram solteiros, sendo a maioria mulheres (54%) e de classe C (69%). A média de idade, por sua vez, foi de 30 anos, sendo 29% da faixa entre 18 a 24 anos, 37% entre 25 a 34 anos e 34% entre 35 a 40 anos.

O levantamento mostra que o uso de cada tipo de fone também varia bastante. Os auriculares com fio, como o JBL T210, o Philips SHE4205 e os EarPods, por exemplo, estão mais relacionados com o uso do celular (79%), para assistir a vídeos no YouTube (78%) e também ouvir músicas durante viagens no transporte público (75%). Já produtos sem fio, caso dos earbuds, além dos exercícios físicos, atividade preferida por 68% dos usuários que tenham modelos do tipo, são mais utilizados para ouvir músicas via streaming (70%), também no smartphone (69%).

Tem fone de ouvido em casa? Veja dicas para conservar melhor o acessório:

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Já em relação a headphones on-ear e over-ear, os hábitos mudam um pouco. Com design mais robusto e, em muitos casos, com bloqueio físico de sons externos, modelos desse tipo são mais comuns em casa, no computador (67%), seja para assistir a vídeos (58%) ou para ouvir músicas (52%).

Entre as opções do tipo à venda no Brasil, vale destacar o JBL Tune 500BT, o Philips SHB3075BK e o Edifier W800BT entre boas opções de custo-benefício. Considerando acessórios top de linha, vale destacar o Beats Studio3 Wireless e o Sony WH-XB900N, ambos com cancelamento de ruído ativo e proposta de alta qualidade de som.

Modelo on-ear da Philips é uma das opções custo-benefício no mercado brasileiro — Foto: Divulgação/Philips

No ato da compra, o consumidor vê a qualidade do produto como fundamental na hora de escolher um novo modelo, algo apontado por 45% dos entrevistados. A imagem da marca, com 15% e o custo-benefício do fone, com 13%, também foram citados como fatores importantes ao comprar.

Levando em conta o consumo de mídia, o IBOPE revela que 96% dos usuários que têm fones de ouvido em casa acessam serviços de streaming de música, como Spotify (48%), YouTube Music (43%) e Deezer (22%). Além disso, 85% das pessoas consomem vídeos online, sobretudo em plataformas como YouTube (85%), Netflix (81%) e Amazon Prime Video (19%).

Qual é o melhor fone de ouvido por até R$ 100? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo