Celulares

Por Giovana Guerra, para o TechTudo

Divulgação/Samsung

A Samsung anunciou nesta semana uma edição especial do Galaxy S20 voltada para militares. A nova versão do smartphone, chamada de Galaxy S20 Tactical Edition, promete trazer software personalizado e suporte a aplicativos táticos que, segundo a fabricante, vão permitir ao usuário navegar por grandes distâncias e terrenos complexos, mesmo quando houver perda de comunicação com unidades de comando.

Lançamento do Galaxy S20

Lançamento do Galaxy S20

Assim como o Galaxy S20 tradicional, a edição especial tem tela de 6,2 polegadas em AMOLED Dinâmico e taxa de atualização de 120 Hz, processador Snapdragon 865, 12 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento, suporte a 5G, câmera tripla na traseira, câmera de selfies de 10 MP e bateria de 4.000 mAh.

Contudo, o Galaxy S20 Tactical Edition acompanha uma capa super-resistente e tecnológica que pode ser presa ao peito do usuário. Com isso, é possível desbloqueá-lo de forma fácil, caso seja necessário.

O software também permite a abertura rápida dos aplicativos mais usados com um único toque.

Galaxy S20 Tactical Edition acompanha capa ultra resistente — Foto: Divulgação/Samsung

Dentre os recursos que diferem o Galaxy S20 TE da versão tradicional está o "modo visão noturna", que desliga o display quando o usuário está usando óculos de visão noturna, e o "modo furtivo", que desativa o LTE e silencia transmissões de rádio frequência. O aparelho conta ainda com suporte a aplicativos de missão, como ATAK, APASS, KILSWITCH e BATDOK.

O dispositivo tem suporte para Samsung DeX, permitindo transformar o smartphone em computador, e possui sensibilidade ao toque automático, que permite o uso com luvas.

O Galaxy S20 Tactical Edition tem suporte para aplicativos de missão — Foto: Divulgação/Samsung

Não há informações a respeito do preço, mas é certo que o aparelho não será comercializado ao público comum. Nesta nova edição, o celular premium da gigante sul-coreana foi adaptado para atender a necessidades específicas de membros do Governo Federal e do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Com informações de 9to5Google, GizmoChina e Android Police

Mais do TechTudo