Sistemas operacionais

Por Marcela Franco, para o TechTudo


A Apple liberou nesta quarta-feira (20) o iOS 13.5, quinta grande atualização do sistema operacional do iPhone apresentado na WWDC 2019 e lançado em setembro de 2019, após quase um mês de ter disponibilizado a versão 13.4 do iOS e do iPadOS. O novo update traz recursos voltados à pandemia da Covid-19, como a API de notificações de exposição ao novo coronavírus desenvolvida pela Apple e pelo Google, além de aprimoramentos do Face ID na identificação de rostos com máscaras.

Fora os recursos que buscam minimizar a disseminação da Covid-19, a nova versão ainda conta com uma ferramenta para que o usuário controle o destaque automático dos blocos de vídeo nas chamadas em grupo do FaceTime, além de correções de bugs.

iOS 13.5 chega com recuso voltado para diminuir a propagação do novo coronavírus — Foto: Divulgação/Apple

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

API de notificações de exposição à Covid-19

A API de notificações de exposição à Covid-19 é uma tecnologia de rastreamento de combate ao novo coronavírus criada pela Apple e pelo Google, e que foi anunciada pela dupla em abril. O recurso foi desenvolvido com orientação e colaboração de governos e autoridades de saúde pública. A API funciona somente quando um usuário ativa a ferramenta e tem um aplicativo de uma autoridade de saúde pública instalado no celular.

Dessa forma, o smartphone envia, com o consentimento do usuário, um alerta via Bluetooth. A API de notificação de exposição baixará uma lista das chaves dos beacons (classe de dispositivos Bluetooth de baixa energia) de pessoas que testaram positivo para a Covid-19. A tecnologia irá notificar o usuário, caso ele tenha entrado em contato com uma pessoa possivelmente contaminada.

Agências de saúde pública em todo o mundo podem começar a implementar em seus aplicativos a nova ferramenta. Em comunicado ao portal 9to5Mac, o Google a Apple afirmaram que o recurso busca oferecer notificações rápidas aos usuários expostos ao vírus. Segundo o site MacRumors, a Apple declarou que pelo menos 22 países solicitaram acesso ao recurso. A API também passou a ser disponibilizada nesta quarta-feira (20) para celulares Android.

API de notificações de exposição é novidade do iOS 13.5 — Foto: Divulgação/Apple

Melhorias no Face ID

Com o iOS 13.5, passou a ser mais fácil desbloquear o iPhone pelo Face ID enquanto o usuário utiliza uma máscara de proteção. Além disso, em versões anteriores, usuários com o desbloqueio facial ativado precisavam esperar alguns segundos para que o dispositivo permitisse inserir o código e liberar o celular. Na nova atualização, a opção de digitar a senha aparece imediatamente após o usuário deslizar para cima a parte inferior da tela de bloqueio.

Outras mudanças

A nova versão permite que o usuário controle o destaque automático nas chamadas de grupo do FaceTime, para que os blocos de vídeo não mudem de tamanho quando um participante interagir. A atualização ainda corrige um problema que exibia uma tela preta ao tentar reproduzir streaming de vídeo de alguns sites.

No iOS 13.5, usuário pode controlar o destaque dos blocos de vídeo nas chamadas em grupo do FaceTime — Foto: Divulgação/Apple

Além disso, nos Estados Unidos, o iOS 13.5 ganhou a opção de compartilhar automaticamente informações médicas essenciais do usuário com os serviços de emergência ao realizar uma chamada de emergência.

Como atualizar o iOS no iPhone e iPad

Como atualizar o iOS no iPhone e iPad

Como baixar o iOS 13.5 no iPhone

Para baixar o iOS 13.5 no iPhone, vá em "Ajustes" e toque em "Geral". Depois, selecione "Atualização de Software" e toque em "Baixar". O download será iniciado de forma automática. Vale destacar que, como se trata de uma grande atualização, o processo pode levar algum tempo, dependendo da conexão com a Internet. É recomendado estar com a bateria carregada e utilizar uma rede Wi-Fi.

iOS realmente vale a pena ou é status? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo