Notebooks

Por Victor Toledo, para o TechTudo


O MacBook Pro de 13 polegadas ganhou uma nova atualização na última segunda-feira (04). O computador da Apple abandonou o teclado borboleta e agora traz o Magic Keyboard, já presente no MacBook Pro de 16" lançado anteriormente. O notebook top de linha da maçã também vem com processadores Intel de 10ª geração, substituindo os chips de oitava, além de trazer o dobro de armazenamento em SSD. Confira a seguir o comparativo entre as versões de 2019 e 2020 do modelo e saiba o que mudou com a atualização.

Novo MacBook Pro de 13 polegadas não possui diferenças no design — Foto: Divulgação/Apple

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Design

O design não sofreu mudanças significativas para o lançamento deste ano. O dispositivo chega ao mercado com visual moderno e refinado, já tradicional dos notebooks da marca, ficando disponível nas opções nas cores prata e cinza-espacial. Entretanto, de acordo com a Apple, o dispositivo é mais robusto que a versão anterior, pesando 1,4 kg contra os 1,37 kg do modelo de 2019.

Entretanto, a principal novidade é em relação ao teclado. Com a atualização do MacBook Pro de 13 polegadas, após diversos problemas relatados por usuários, a Apple abandonou de vez o padrão borboleta e adicionou o sistema de tesoura em seu novo notebook, com o Magic Keyboard. O teclado segue o design usado na versão de 16 polegadas do computador, com direito a botões direcionais de tamanho tradicional, além da presença de tecla ESC. Além disso, recursos como a Touch Bar e o Touch ID foram mantidos.

Um ponto negativo é a pouca oferta de interfaces, algo padrão em computadores da Apple. Seguindo o modelo anterior, a maçã vende notebooks com apenas duas ou quatro portas USB-C, de acordo com a escolha do usuário. Entradas tradicionais, como USB 3.0, leitor de cartões SD e até mesmo HDMI, não estão disponíveis. Para usar os recursos, ainda é necessário ter um adaptador.

Apple abandona teclado borboleta após diversos problemas — Foto: Divulgação/Apple

Tela

Sobre a tela, já faz algum tempo que a Apple não altera o display de seus notebooks. O novo MacBook conta com tela Retina de 13,3 polegadas e resolução de 2560 x 1600 pixels. Além disso, a tecnologia True Tone continua presente. O recurso tem como objetivo melhorar a qualidade de exibição da tela por meio de um conjunto de configurações, otimizando níveis de contraste, brilho e precisão de cor. O processo é feito de forma automática, e leva em conta as leituras dos sensores de luz do computador.

Desempenho

Além do novo teclado, outra novidade é a promessa de maior desempenho nos modelos, graças aos chips Intel de décima geração. Com opções de Core i5 e Core i7, os componentes podem chegar a velocidades de até 4,5 GHz com Turbo Boost. No site oficial da marca, o usuário tem ainda a opção de escolher um computador com CPU de oitava geração – justamente a versão mais barata.

Além disso, os novos notebooks agora podem ser equipados com até 32 GB de memória RAM DDR4, modelo de placa muito mais veloz que as antigas DDR3. Outra novidade é a possibilidade de instalar até 4 TB de armazenamento em SSD, o que não era possível na versão de 2019.

Nova GPU garante até 80% mais desempenho do que o modelo anterior — Foto: Divulgação/Apple

Já em relação à placa de vídeo, o modelo segue com uma GPU integrada ao processador. A diferença é que a nova Intel Iris Plus Graphics que vem junto aos chips de 10ª geração promete até 80% mais performance em relação à versão anterior. Com isso, segundo a fabricante, é possível utilizar as portas USB-C (Thunderbolt) para plugar outros monitores com até 6K de resolução. Essa opção ajuda na produtividade de usuários que trabalham com edição de vídeo ou precisa gerenciar aplicativos pesados, onde a renderização 3D é utilizada.

Bateria

Outro quesito que não deve apresentar mudanças durante o uso é na autonomia de bateria. De acordo com a Apple, o MacBook Pro 13" segue com autonomia para até 10 horas de uso com uma única carga. Entretanto, vale lembrar que essa duração é bem variável com o tipo de uso de cada usuário e pela potência gráfica exigida durante a execução de jogos e programas mais pesados.

Antes de decidir, veja algumas dicas para escolher o notebook ideal:

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Preços

Com o aumento da potência do dispositivo e com a chegada de novidades como o Magic Keyboard, por exemplo, o preço do MacBook Pro de 13 polegadas também aumentou. Agora, o modelo mais em conta listado no site oficial da Apple é equipado com Intel Core i5 de oitava geração, possui 256 GB de armazenamento SSD e tem preço base de R$ 14.229. A nível de comparação, o MacBook Pro 2019 mais básico foi lançado pela Apple no Brasil pelo valor oficial de R$ 11.999.

Os preços aumentam significativamente de acordo com as opções de configuração escolhidas por cada usuário. De acordo com o site oficial da Apple, os valores são os seguintes:

  • Intel Core i5 (oitava geração) e armazenamento de 256 GB: R$ 14.229;
  • Intel Core i5 (oitava geração) e armazenamento de 512 GB: R$ 16.229;
  • Intel Core i5 (décima geração) e armazenamento de 512 GB: R$ 21.799;
  • Intel Core i5 (décima geração) e armazenamento de 1 TB: R$ 23.799.

MacBook Pro 13" 2019 vs. MacBook Pro 13" 2020

Especificações MacBook Pro 2019 MacBook Pro 2020
Preço de lançamento a partir de R$ 11.999 a partir de R$ 14.299
Tela 13,3" 13,3"
Resolução 2560 x 1600 pixels 2560 x 1600 pixels
Processador Core i5 ou i7 (8ª geração) Core i5 ou i7 (8ª geração) ou Core i5 ou i7 (10ª geração)
Memória RAM de 8 GB até 16 GB (DDR3) de 8 GB até 32 GB (DDRX4)
Armazenamento SSD de 128 GB até 2 TB SSD de 256 GB até 4 TB
Placa de vídeo Intel Iris Plus Graphics 655 Intel Iris Plus Graphics
Portas e interfaces 2x ou 4x USB-C (Thunderbolt) e fone de ouvido 2x ou 4x USB-C (Thunderbolt), fone de ouvido e USB 3.1
Bateria até 10 horas até 10 horas
Dimensões 30,41 x 22,24 x 1,49 cm 30,41 x 21,24 x 1,56 cm
Peso 1,37 kg 1,4 kg

Qual comprar: Macbook Air ou MacBook Pro? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo