Carros Inteligentes

Por BMW


Foi em maio de 1975 que a produção do BMW Série 3 começou na Alemanha. Era o início uma das mais impressionantes e bem sucedidas trajetórias de um automóvel em toda a história, que se transformou em um dos maiores ícones da indústria automobilística mundial e segue firme e forte até hoje. Já se vão sete gerações - a mais recente lançada no final de 2018 - do carro mais vendido da história da BMW.

Tamanha longevidade só é possível pela alta capacidade de se reinventar, antecipando-se às necessidades e desejos do consumidor. E exatamente no mês em que o sedã completa 45 anos, uma feliz coincidência: chega ao Brasil o BMW 330e M Sport, sua versão híbrida plug-in (cujas baterias podem ser recarregadas na tomada), que é a síntese dessa capacidade de reinvenção, trazendo o que há de mais avançado em tecnologia embarcada em um automóvel.

BMW 330e — Foto: Divulgação/BMW

Puro prazer ao dirigir

Ao longo destas quatro décadas e meia, o BMW Série 3 evoluiu a passos largos sob todos os aspectos, isso é cristalino. No entanto, certas coisas permaneceram inalteradas, felizmente. O caráter esportivo é um exemplo disso, canalizado por meio de uma conexão visceral entre homem e máquina, além do prazer ao dirigir. Com o 330e M Sport não é diferente - ele apenas acrescenta a mais avançada tecnologia híbrida a esta tradicional receita.

O sistema híbrido do 330e M Sport, como o nome diz, combina dois motores: um a combustão (2.0 quatro cilindros, com 184 cavalos e 300 Nm de torque) e outro elétrico (com potência equivalente a 113 cv e 256 Nm), que combinados entregam 292 cavalos de potência e 420 Nm de torque. Controlados pelo sistema de gerenciamento eletrônico, eles podem funcionar em conjunto ou individualmente.

Híbrido plug-in, o BMW 330e pode ser recarregado diretamente na tomada e tem 66 km de autonomia no modo elétrico — Foto: Divulgação/BMW

Dessa forma, o BMW 330e M Sport consegue reunir o melhor de dois mundos, integrando a maior autonomia do motor a combustão para longas viagens com a sustentabilidade do motor elétrico – além do alto desempenho oferecido pelo trabalho conjunto dos dois.

O avançado gerenciamento eletrônico ainda permite ao motorista selecionar o modo no qual deseja andar. O modo hybrid combina o uso dos dois, de forma conjunta ou alternada, para oferecer o melhor balanço entre eficiência energética e desempenho. Por exemplo, o motor elétrico, aproveitando o seu maior torque, é responsável por tirar o veículo da inércia para, depois, o motor a combustão entrar em ação, quando a demanda por velocidade aumenta.

O motorista também pode optar pelo modo electric, que impulsiona o veículo sem acionar o motor a combustão, levando-o a até 140 km/h de velocidade máxima e com uma autonomia de até 66 quilômetros. É mais do que suficiente para cobrir distância média de deslocamento diário nos grandes centros urbano, sem queimar uma gota de gasolina e sem emissão de poluentes.

Já a função Sport coloca os dois motores em modo máximo de desempenho, levando o 330e M Sport a acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,9 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h. Existe ainda a função chamada battery control, que pode ser ativada nos modos hybrid ou sport. Ela mantém ou mesmo recarrega a bateria para um nível definido pelo cliente – nesse caso, o motor a combustão também faz as vezes de gerador.

O fato de ser um híbrido plug-in é outra vantagem do 330e M Sport. Isso significa que ele pode ser recarregado na tomada, por meio do wallbox, carregador rápido para instalação doméstica que acompanha o veículo de forma gratuita, ou nos mais de 180 pontos de recarga mntidos pelo Grupo BMW no Brasil. Dessa forma, a maior parte dos deslocamentos diários urbanos pode ser feito exclusivamente no modo elétrico, sem emissão de poluentes.

Inteligência artificial Quando falamos que o BMW 330e Sport traz o que há de mais avançado em um automóvel, isso não se refere apenas ao seu trem de força híbrido. O sedã é um verdadeiro estado-da-arte da tecnologia, trazendo inúmeros avanços, seja em conectividade, auxílio ao motorista, sistemas de condução semi-autônoma e segurança.

“Olá, BMW”. Com esse comando de voz, você inicia a interação com o Assistente Pessoal Inteligente BMW, que permite executar inúmeras funções, como alterar a temperatura do ar-condicionado ou trocar a estação de rádio. Dá ainda para fazer perguntas sobre a manutenção do veículo - do tipo “Quanto falta para a próxima revisão” ou “Como está o nível de óleo?”

E aquele motorista mais apaixonado, que dá um apelido carinhoso e único para o seu BMW, pode programar o comando de voz com o nome que desejar para ativar o sistema. Testado com o português do Brasil, suas funções são constantemente expandidas, com updates que podem feitos por meio do programa de atualizações remotas, sem a necessidade de ir até uma concessionária.

E não é que até os faróis do BMW 330e M Sport são inteligentes? Graças à tecnologia BMW Laserlight, que gera um potente feixe com alcance de até 530 metros, a iluminação é voltada para onde mais interessa. O direcionamento do feixe varia de acordo com a velocidade - quanto mais rápido, mais distante - e o ângulo de esterçamento do volante, acompanhando o movimento do veículo nas curvas.

O Série 3 é o modelo mais vendido de toda a história da BMW e, agora, acaba de ganhar sua versão eletrificada, o 330e — Foto: Divulgação/BMW

Assistentes de condução

E se vimos que o BMW 330e M Sport não abre mão da esportividade e do prazer ao dirigir, por outro lado ele é recheado de tecnologias de última geração para poupar o motorista nas situações não tão agradáveis. Por exemplo, quantas pessoas você conhece que curtem fazer baliza? Pois o sistema Parking Assistant manobra o carro sozinho, com grande precisão, graças a seu sistema de sensores e câmeras. Há ainda a função Reversing Assist, extremamente útil para quando é preciso entrar com o carro em uma via estreita: ele refaz, de marcha a ré, os últimos 50 metros percorridos.

Já sistema Driving Assistant Professional reúne diversas funções que garantem mais conforto e segurança em meio ao trânsito pesado ou na estrada, em longas viagens. Por meio de sinais visuais e sonoros, o motorista é alertado sobre situações críticas, como tráfego cruzado (ao deixar uma vaga de estacionamento perpendicular, por exemplo), riscos de colisão traseira, mudança involuntária de faixa de rolamento, aproximação frontal em velocidade incompatível e presença de veículo em ponto cego.

O sedã conta também com o sistema de piloto automático adaptativo, que de acordo com a distância para o carro da frente e a velocidade pré-estabelecida pelo motorista, acelera e freia o veículo sozinho . Há ainda o assistente de manutenção de faixa, que corrige a trajetória do veículo para que ele permaneça dentro da faixa de rolamento, e o evasion aid, que desvia o veículo automaticamente para evitar uma colisão iminente.

O 330e pode rodar só com eletricidade e zero emissões, mas não abre mão da esportividade: 0 a 100 km/h em 5,9 segundos — Foto: Divulgação/BMW

Beleza interior

O BMW 330e M Sport incorpora o conceito BMW Live Cockpit, que conta com o painel de instrumentos digital, de 12,3 polegadas, e o display central de 10,25 polegadas, sensível ao toque. Além das duas telas coloridas de alta definição, o motorista ainda visualiza as informações essenciais para a condução por meio do Head Up display, que as projeta em seu campo de visão, em altíssima qualidade e em cores. Dessa forma, ele não precisa desviar o foco de atenção da via à frente.

Além dos comandos de voz e da tela central sensível ao toque, citados anteriormente, o motorista tem múltiplas opções para acessar as funções dos sistemas de navegação, entretenimento, climatização e configuração do veículo. O BMW 330e ainda conta com atalhos no volante multifuncional e o botão seletor iDrive, com touchpad que faz o reconhecimento de sinais e letras.

O sistema de áudio Harman Kardon de alta fidelidade é uma atração à parte. Equipado com amplificador digital e 16 alto falantes (dentre tweeters, alto falantes de médio porte, centro, graves centrais e subwoofers), ele oferece 464 W de potência de puro som de extrema qualidade.

Na cabine, destaque para as duas telas coloridas digitais de alta definição, no painel de instrumentos e no display central — Foto: Divulgação/BMW

Conectividade

Nesse ponto, o BMW 330e vai muito além de se conectar diretamente com os smartphones, por meio do Apple Carplay. O BMW ConnectedDrive conta com o serviço de Chamada de Emergência Inteligente. Em caso de emergência, os ocupantes do veículo podem acionar o serviço de auxílio ao usuário ao toque de um botão, localizado no teto, próximo ao espelho retrovisor. E se houver uma colisão, o sistema é acionado automaticamente.

Por meio de aplicativo iOS, é possível acessar algumas funcionalidades do 330e remotamente. Já o serviço de Concierge oferece busca de pontos de interesse baseados na localização - restaurantes, atrações turísticas, caixas eletrônicos, etc - com envio de rotas diretamente para o GPS do veículo, além de serviços adicionais como: informações de voo, reservas de hotel, programação de cinema, trânsito em tempo real, previsão do tempo e alerta de manutenção do veículo.

BMW
Mais do TechTudo