Telefonia

Por Wallace Nascimento, para o TechTudo


A Xiaomi já iniciou investimentos na futura tecnologia 6G. A informação foi dada pelo CEO da empresa, Lei Jun. De acordo com pesquisas prévias oriundas da China, a nova rede promete ser cerca de 8 mil vezes mais rápida que a atual conexão 5G – que ainda está atrasada em diversos países do mundo, inclusive no Brasil. O diretor não deu detalhes sobre a operação da gigante chinesa no desenvolvimento do 6G.

Jun também declarou que a companhia focará na produção de celulares com suporte à internet de quinta geração.

6G deve atingir velocidades de até 8.000 Gb/s — Foto: Reprodução/GizChina

Apesar de não existirem perspectivas concretas sobre a performance do novo padrão, especialistas estimam que as velocidades devem atingir em média 8.000 Gb/s (Gigabits por segundo). Como a conexão poderá alcançar frequências bem altas – na casa do terahertz (THz) –, os esforços iniciais envolvem o desafio de proporcionar baixo consumo de energia e encontrar soluções de engenharia para providenciar cobertura de uma conexão desta magnitude.

Além da China, o Japão também entrou na corrida pelo 6G. Além da velocidade alta, o governo japonês e empresas de tecnologias envolvidas acreditam que a sexta geração de internet irá revolucionar a forma como lidamos com a tecnologia.

Transmissões de dados em grande escala, conexões mais estáveis e equipamentos mais sofisticados estão entre as futuras possibilidades. Segundo estimativas, a conexão 6G só deve ser implementada oficialmente a partir de 2030.

Japoneses esperam desenvolver a internet 6G até 2030 — Foto: Reprodução/GizChina

Vale lembrar que a Huawei também deu os primeiros passos rumo à tecnologia. Em 2019, a fabricante iniciou um projeto em laboratórios de Ottawa, no Canadá, com intuito de investigar a implementação do futuro padrão de rede de dados.

Empresas conhecidas do público brasileiro também participam de pesquisas envolvendo a tecnologia, como as sul-coreanas Samsung e LG. Já a Nokia (a original, com sede na Finlândia) firmou uma parceria com a sueca Ericsson e a SK Telecom, da Coréia do Sul, para trabalharem juntas no processo de estudos.

📺 Saiba curiosidades da Xiaomi abaixo:

Xiaomi: saiba o verdadeiro significado da logo e mais 4 curiosidades

Xiaomi: saiba o verdadeiro significado da logo e mais 4 curiosidades

Enquanto as companhias internacionais já estudam a sexta geração, a conexão à internet 5G ainda não está disponível no território nacional. Espera-se que a implementação da tecnologia chegue ao Brasil apenas em 2021.

Com informações de TechRadar, Android Authority e GizChina

Mais do TechTudo