Celulares

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo


Uma brecha que permite o acesso a todas as informações do celular afeta smartphones LG há sete anos. A falha foi descoberta em março pelo engenheiro de software Max Thomas e segundo ele, a vulnerabilidade está no componente do gerenciador de inicialização. Para corrigir a falha, a fabricante sul-coreana lançou uma atualização de segurança em maio de 2020.

Apesar de significar uma situação de risco, a brecha só pode ser explorada por invasores que tiverem acesso físico ao telefone.

Brecha afeta celulares da LG há sete anos — Foto: Reprodução/TechTudo

Para que o sistema operacional e o firmware operem de maneira segura ao iniciar o smartphone, é necessário executar o primeiro trecho do gerenciador de inicialização. No entanto, foi encontrado uma brecha que explora justamente esta parte.

O bug nesta configuração afeta todos os celulares LG com chips QSEE, da Qualcomm, e todos os aparelhos a partir da versão 7.2 do Android. Estas definições são utilizadas desde os celulares da série LG Nexus 5.

Brecha afeta celulares LG desde Android 7.2 — Foto: Reprodução/Forbes

A brecha na segurança permite aos hackers mal intencionados usarem um código personalizado para funcionar junto dos gráficos do bootloader – sistema básico inicializado sempre que o smartphone é ligado. Ao executar o código próprio, o invasor tem o controle do gerenciador de inicialização, e consequentemente, do dispositivo.

A vulnerabilidade classificada como ataque de inicialização só pode acontecer por meio do acesso físico ao smartphone. No entanto, caso o telefone seja roubado, por exemplo, os aparelhos vulneráveis permitirão o cesso às informações presentes no celular.

Para solucionar a falha na segurança, a LG disponibilizou em maio uma atualização para os smartphones afetados. Recentemente a Samsung foi notificada pelo Google de uma brecha que colocava em risco os celulares lançados pela gigante sul-coreana desde 2014. Em ambos os casos, a recomendação das fabricantes é manter os telefones atualizados.

Com informações de ZD Net

Mais do TechTudo