Por Dell Expert Network


O home office chegou de imediato, e chegou para ficar. Na medida em que as semanas de pandemia passam, empresas e funcionários se adaptam cada vez mais à rotina do trabalho em casa. E é importante se ajustar a essa nova realidade.

Estudo conduzido pela Fundação Getulio Vargas mostra que o home office no Brasil terá um salto de 30% após a pandemia. Já a pesquisa Remote Work from Home Cybersecurity Report, realizada pela Cybersecurity Insiders, aponta que, depois da crise da Covid-19, 84% das companhias americanas pretendem ampliar a capacidade de trabalho em home office.

“O trabalho em casa vai se manter, de forma híbrida, mesclando momentos presenciais com uma parte significativa da rotina acontecendo a partir do home office”, afirma o consultor Thiago Coutinho, CEO da Voitto Escola de Gestão. Para garantir a produtividade no próprio lar, o especialista aponta três desafios que precisam ser superados. “O primeiro é manter o foco, conciliar o trabalho com os hábitos e as rotinas da casa”, afirma.

Veja dicas para manter a produtividade mesmo trabalhando em casa — Foto: Divulgação/Dell

O segundo desafio é evitar a sobrecarga, estabelecer um dia a dia, com horários para começar e terminar o dia de trabalho, e deixar isso claro para as demais pessoas que vivem na mesma casa. O terceiro é garantir que as rotinas profissionais e pessoais estejam integradas às demandas da equipe. “É preciso que todos sigam práticas e protocolos comuns para que o trabalho siga um fluxo”, recomenda Coutinho.

Entretanto, é preciso ter em mente que a rotina de trabalho a distância na quarentena tem peculiaridades bem diferentes do home office tradicional. Isso porque o cenário atual exige que os profissionais ajustem suas rotinas de trabalho com vários desafios, que incluem desde questões emocionais – por conta das incertezas com relação ao futuro causadas pela Covid-19 – até a falta de recursos adequados (internet de alta velocidade, cadeira ergonômica, ambiente silencioso, etc.) e as tarefas de casa, como cuidar dos filhos, fazer a comida, limpar a casa, etc.

A consultora Ell Branco lembra que, durante o período de isolamento social, as pessoas estão submetidas a novas demandas, que envolvem, no mesmo espaço físico, tarefas domésticas, familiares e profissionais. “Sem organização, as pessoas podem perder o equilíbrio”, diz ela. “Para dar conta de tudo, seguindo a importância e a urgência de cada tarefa, é muito útil fazer lista, determinar o que deve ser realizado primeiro, o que pode ficar para depois e o que pode ser delegado para outras pessoas.” Ela afirma que garantir um tempo para si em algum momento do dia ajuda a manter a saúde.

Diego Puerta, vice-presidente para consumidor final e pequenas empresas da Dell Technologies Brasil, reforça a importância de os líderes atuarem ainda mais próximos das suas equipes durante esse momento de pandemia global. “Mais do que nunca, a gestão adequada de pessoas tende a ser decisiva para garantir bons resultados. Os gestores precisam entender as demandas e ajustar a rotina de trabalho e processos a essa nova realidade. Além disso, ao estabelecerem um fluxo de comunicação constante, as pessoas se sentirão parte do todo e corresponsáveis pelos resultados, o que é essencial para se manter motivadas e produtivas”, completa.

Coutinho recomenda que, para garantir produtividade com qualidade de vida, é fundamental criar uma estação de trabalho. “O ambiente precisa ser bem iluminado, organizado, confortável, livre de distrações. E é fundamental investir na infraestrutura, seja de conectividade de internet, seja de equipamentos, como notebooks com um mínimo de qualidade e fones de ouvido apropriados.”

Ferramentas adequadas

Para que os colaboradores mantenham sua produtividade, é importante ainda reavaliar toda a infraestrutura de trabalho – equipamentos (notebooks, teclados, mouses, fones de ouvido, monitores, etc.), ferramentas, dados e aplicações disponíveis – para garantir a melhor experiência possível dentro do modo de trabalho remoto.

“Os times de TI devem analisar as reais necessidades de seus profissionais e suas condições de trabalho nesse momento para oferecer os recursos primordiais para cada um. A segunda tela, por exemplo, pode aumentar em até 18% a produtividade dos colaboradores, por isso entendemos que é muito importante manter esses recursos mesmo no ambiente de home office”, afirma Diego Puerta.

Quando se trata de equipamentos, a Dell Technologies oferece um amplo portfólio com opções especiais para o home office, que vai desde notebooks e computadores, incluindo modelos all-in-one, até kits que proporcionam condições de trabalho ainda melhores, com teclado, mouse sem fio e dock stations. Todos os produtos contam com serviços de assistência para assegurar o atendimento rápido em caso de imprevistos.

Esse portfólio garante que os profissionais contem com telas de tamanho e resoluções adequadas para exercer suas atividades, além do poder de processamento e sistemas de armazenamento apropriado, seja o tradicional HD ou SSD, que oferece mais velocidade nesse quesito. Quem lida com softwares e arquivos mais pesados precisa de ainda mais atenção a essas especificações.

Equipamentos sem fio e com bateria que duram até três anos, como mouses e teclados, além de manterem o ambiente mais organizado, também proporcionam agilidade e melhor experiência no escritório em casa. Além disso, eles ajudam a manter os periféricos, monitores e doca em um único local, com menos cabos e muito mais espaço. Com menos fios na mesa, a experiência do escritório em casa se torna mais produtiva e confortável.

Para garantir o bom desempenho nas reuniões, também é indicado contar com boas placas de som e vídeo, além de câmeras, fones e microfones com qualidade de áudio e recursos que minimizam os ruídos. Nobreaks, que mantêm o funcionamento dos aparelhos em caso de queda de luz, e bons roteadores, que garantem uma conexão de internet estável, são grandes diferenciais na rotina de trabalho. Os headsets, em especial, são cruciais para o conforto, porque asseguram a compreensão das mensagens com qualidade de áudio e cancelamento de ruídos.

“Além da atenção com a infraestrutura do trabalho, um dos grandes desafios para as empresas é como garantir toda essa produtividade dos colaboradores, que precisam ter acesso remoto a dados e arquivos da companhia, mas sem aumentar riscos. Para isso, é fundamental a definição clara dos perfis de profissionais e a adequação das políticas de segurança, conectando pessoas, processos e tecnologias”, afirma Diego Puerta.

Ele destaca uma dica essencial para as organizações: reavaliar a segurança como um todo, da infraestrutura às aplicações. “Torna-se necessário certificar que as políticas estão realmente assegurando a proteção e a disponibilidade dos dados e recursos de TI nesse novo cenário. O que inclui a gestão de senhas e regras para classificação de dados”, explica.

Para manter a conectividade de forma segura, os equipamentos precisam de antivírus atualizados e ativados para evitar qualquer ataque cibernético, como os equipamentos da Dell, por exemplo, que contam com soluções McAfee. Além disso, é muito importante que os colaboradores tenham acesso a ambientes de VPN protegidos, para garantir que o acesso e o compartilhamento de arquivos confidenciais e conteúdos estratégicos da companhia trafeguem em segurança. Por fim, é preciso pensar que, no futuro, pode-se precisar transportar todos esses equipamentos, o que requer alguns cuidados. O uso de mochilas ou capas adequadas pode garantir não somente a segurança dos hardwares, mas também o conforto dos usuários.

Empresa pioneira

Com mais de 20 anos no Brasil, a Dell Technologies foi uma das primeiras empresas no país a adotar políticas estruturadas de home office para seus funcionários, ao implementar, em 2011, o programa Connected Workplace (ambiente de trabalho conectado), que tem o objetivo de oferecer opções flexíveis para seus colaboradores. Hoje, cerca de 65% da força de trabalho da companhia é elegível ao programa, com algum tipo de flexibilidade de horário e de local.

Além disso, nesse momento de pandemia, a Dell Technologies transferiu 3 mil colaboradores de todos os sites do Brasil para o modelo de trabalho remoto em apenas 2,5 dias, com políticas que incluem boas práticas e ferramentas de colaboração e produtividade para garantir que os profissionais sigam trabalhando de casa. Foram fornecidos notebooks e periféricos – monitor, headset, teclado e mouse — e reembolso de alimentação e internet para cada colaborador. Os funcionários também receberam treinamentos em sessões virtuais e os benefícios de um programa de assistência psicológica, jurídica e financeira aos colaboradores e seus dependentes.

Dell Expert Network

Essa nova realidade atinge ainda pequenas e médias empresas, que encaram, neste momento, o desafio de ganhar produtividade e ajustar o trabalho para a fase de isolamento social. Nesse contexto, se você é um profissional de TI, fazer parte do Dell Expert Network pode ajudá-lo a encontrar as soluções ideais para aumentar ainda mais a produtividade das empresas que são suas clientes.

O Dell Expert Network é um programa de relacionamento que oferece atendimento dedicado de um gerente da Dell para ajudar no desenho de projetos de TI, além de um mundo de vantagens para você. Ligue 0800 701 1293 ou acesse: https://www.programaexpertnetwork.com.br/

Dell Expert Network
Mais do TechTudo