Campeonatos

Por Julio Puiati , para o TechTudo


A FURIA Esports é a grande campeã da DreamHack Masters Spring 2020 North America de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Começando a série com um mapa de vantagem por ter alcançado a melhor campanha dos playoffs, os brasileiros jogaram bonito e derrotaram a Team Liquid por 3-0 no agregado, parciais 16-12 (Mirage) e 16-5 (Vertigo). O jogo foi transmitido ao vivo pela Twitch neste domingo (14). Veja, a seguir, o resumo do confronto.

FURIA é campeã da DreamHack Masters Spring 2020 NA — Foto: Divulgação/FURIA

Os Panteras começaram a MD5 na Mirage, mapa de escolha dos norte-americanos. O quinteto realizou um half CT firme, vencendo nove rounds em sequência e frustrando quase todas as investidas inimigas. A Liquid ainda conseguiu um sopro de vida ao faturar quatro pontos antes de ir para o intervalo, diminuindo a desvantagem para 5-10.

Na troca de lados, a FURIA chegou a perder duelos preciosos, mas tratou logo de frear a reação dos adversários. A vitória foi selada por 16-12 com grandes atuações de Andrei ''ArT'', autor de 22 eliminações, e Kaike ''KSCERATO'', líder de kills da partida (23). O rifler ainda contribuiu com um lindo clutch 1v2 no bombsite A.

Panteras venceram a série por 3-0 — Foto: Divulgação/Igor Bezborodov/Starladder

O jogo que selou o título foi realizado na Vertigo, mapa selecionado pelos brasileiros. Letal nas entry kills, o elenco treinado por Nicholas ''guerri'' deu um show de Counter-Strike e finalizou o primeiro tempo com o confortável placar de 12-3. Henrique ''HEN1'' foi o grande destaque da campanha com 14 abates.

Aí foi só administrar a vantagem no half CT. Os Panteras perderam o round pistol, mas não tardaram a se recuperar. Com ArT mais uma vez brilhante, o time do Brasil sacramentou o título por 16-5. O AWPer foi responsável por 22 eliminações e quatro assistências.

Equipe treinada por guerri jogou bonito e atropelou a Liquid — Foto: Divulgação/DreamHack

A DreamHack Masters Spring 2020 foi disputada de forma remota devido à pandemia do novo coronavírus. A competição contou com duas divisões: uma europeia e outra norte-americana. Cada torneio reuniu oito equipes e distribuiu premiação total de US$ 100 mil (R$ 571 mil em conversão direta). No Velho Continente, quem se sagrou campeã foi a alemã BIG.

Mais do TechTudo