Celulares

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo


O Redmi Note 9S foi apresentado pela Xiaomi no Brasil em abril pelo preço sugerido de R$ 2.799 e atualmente é vendido por R$ 2.999. O valor foi considerado alto para os padrões da empresa, que era conhecida pelo custo-benefício. O celular chinês rivaliza com Galaxy A51, smartphone anunciado pela Samsung em janeiro por R$ 2.199, mas que já pode ser encontrado no varejo por cifras na faixa de R$ 1.700. Ambos os telefones são intermediários e contam com design parecido. Os aparelhos também compartilham câmera quádrupla com lente macro, processador octa-core de 2,3 GHz e sistema Android 10. Confira as diferenças e semelhanças na ficha técnica.

Galaxy A51: conheça o novo celular da Samsung

Galaxy A51: conheça o novo celular da Samsung

Tela e Design

Os dois celulares possuem design frontal praticamente idêntico. Ambos dispensam o notch e apresentam um furo que abriga a câmera de selfie centralizada dentro da tela. No entanto, o Redmi Note 9S tem um display maior que o concorrente. Ele vem com painel LCD de 6,67 polegadas e resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels). Já o A51 possui a mesma resolução, mas vem com display Super AMOLED de 6,5 polegadas.

Galaxy A51 apresenta câmera dentro da tela — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

As diferenças aparecem na traseira, principalmente na posição do conjunto fotográfico. Nos dois casos, elas ficam agrupadas em um retângulo, mas no A51 fica na parte superior esquerda enquanto no Redmi fica no centro. Em relação ao acabamento, o Redmi Note 9S chega nas cores azul, cinza e branco. Já o telefone sul-coreano está disponível em azul, preto e branco.

Câmera

Ambos os celulares possuem câmera quádrupla com câmera principal de 48 MP e uma lente macro com 5 MP. O Redmi Note 9S ainda vem com uma lente ultra wide de 8 MP e sensor 3D de 2 MP.

Já o Galaxy A51 vem com uma ultra angular de 12 MP e um sensor de profundidade com 5 MP.

Xiaomi Redmi Note 9S possui câmera quádrupla com sensor macro — Foto: Reprodução/Xiaomi Today

Para as selfies, o A51 vem com sensor de 32 MP, enquanto o Redmi conta com câmera frontal de 16 MP. Os dois também apresentam Modo Retrato, recurso que desfoca o fundo da imagem.

Desempenho e armazenamento

Os dois smartphones apresentam processador octa-core de até 2,3 GHz. A diferença aparece no modelo utilizado pelas fabricantes. O Galaxy A51 conta com o Exynos 9611, chip de fabricação própria, enquanto o Redmi Note 9S traz o Snapdragon 720G, processador da Qualcomm focado em games.

Galaxy A51 vem com processador octa core de 2.3 GHz — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O celular da Samsung vem apenas com uma combinação de hardware, 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento, porém o telefone Xiaomi apresenta duas versões. É possível adquiri-lo com memória RAM de 4 GB ou 6 GB acompanhando de armazenamento interno de 64 GB ou 128 GB. Ambos têm entrada para cartão de memória microSD de até 512 GB.

Bateria

O Redmi 9S apresenta bateria maior que o componente presente no Galaxy A51. O celular da Xiaomi conta com 5.020 mAh, contra 4.000 mAh do concorrente. A gigante chinesa promete que o telefone pode ficar até dois dias longe das tomadas. Ambos contam com a função de recarga rápida.

Redmi Note 9S conta com bateria de 5.020 mAh — Foto: Divulgação/Xiaomi

Android e recursos adicionais

O Android 10 está presente nos dois celulares. Isto significa que os usuários poderão selecionar o Modo Escuro em ambos os smartphones. Além disso, eles contam com Bluetooth 5.0 e apresentam conectividade USB-C.

O Redmi Note 9S ainda vem com rádio FM e possui resistência a respingos. Ele também apresenta biometria por impressão digital na lateral do telefone, enquanto no A51 a tecnologia é integrada à própria tela.

Galaxy A51 traz leitor de digitais sob a tela — Foto: Divulgação/Samsung

O smartphone Samsung ainda possui TV Digital, que permite ao usuário assistir à programação sem consumir dados da franquia de internet.

Preço

A Samsung lançou o A51 em janeiro por R$ 2.199, mas o celular já pode ser encontrado por cerca de R$ 1.700 no varejo online a depender da oferta do dia. Já o Redmi Note 9S foi anunciado oficialmente no Brasil pelo preço sugerido de R$ 2.799 mas atualmente é vendido por R$ 2.999.

Vale lembrar que a Xiaomi se tornou o principal alvo de contrabandistas, que vendem aparelhos da marca em sites de compra e venda. São equipamentos sem nota fiscal, sem garantia e sem a certeza de que funcionam no 4G de 700 MHz. Por isso mesmo são mais baratos. Os produtos oficiais são fruto de uma parceria da Xiaomi com a DL Eletrônicos.

Galaxy A51 está custando R$ 1.639 no varejo online — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Relembre o lançamento do Redmi Note 8 e Redmi Note 8 Pro

Xiaomi Redmi Note 8 e Note 8 Pro: saiba mais sobre os celulares

Xiaomi Redmi Note 8 e Note 8 Pro: saiba mais sobre os celulares

Ficha técnica: Galaxy A51 vs Redmi Note 9S

Especificações Galaxy A51 Redmi Note 9S
Lançamento janeiro de 2020 abril de 2020
Preço de lançamento R$ 2.199 R$ 2.799
Preço atual R$ 1.700 R$ 2.999
Tela 6,5 polegadas 6,67 polegadas
Resolução de tela Full HD+ (2400 x 1080 pixels) Full HD+ (2400 x 1080 pixels)
Processador Exynos 9611 (octa-core de até 2,3 GHz) Snapdragon 720G (octa-core de até 2,3 GHz)
Memória RAM 4 GB 4 GB ou 6GB
Armazenamento 128 GB 64 GB ou 128 GB
Cartão de memória Sim, microSD de até 512 GB Sim, microSD de até 512 GB
Câmera traseira quádrupla, 48, 12, 5 e 5 MP quádrupla, 48, 8, 5 e 2 MP
Câmera frontal 32 megapixels 16 megapixels
Bateria 4.000 mAh 5.020 mAh
Sistema operacional Android 10 Android 10
Dimensões e peso 158,5 x 73,6 x 7,9 mm; 172 g 165,7 x 76,6 x 8,8 mm; 209 g
Cores disponíveis azul, preto e branco cinza, azul e branco

Com informações da Samsung e Xiaomi

Mais do TechTudo