Por Larissa Infante, para o TechTudo


A volta da Nokia ao mercado nacional com o lançamento do Nokia 2.3 marcou o mês de maio. Outro destaque foi o controverso filtro de celular da fabricante OnePlus, que permitia ver por trás de objetos e roupas e precisou ser desativado após reclamação dos usuários. A Claro também desagradou os clientes ao exibir uma frase misteriosa nos celulares dos assinantes sem explicações.

O mês ainda ficou marcado pelo boato de que a próxima linha de iPhones pode vir sem fones de ouvido na caixa e pelo protótipo de uma máscara da Xiaomi que se desinfeta sozinha. Já no quesito velocidade de smartphones, o Xiaomi Mi 10 Pro foi eleito o Android mais potente do mundo pela AnTuTu. Confira a seguir os principais destaques de maio.

1. Nokia volta ao Brasil com Nokia 2.3

A Nokia retornou ao mercado nacional com o Nokia 2.3, modelo básico com preço acessível para os padrões atuais. De acordo com o diretor de portfólio da marca, Juan Olano, os diferenciais do aparelho são o valor cobrado, o design europeu e o sistema sem interferências em excesso. Em parceria com a Multilaser, a fabricante finlandesa iniciou as vendas no início de maio e anunciou que os consumidores poderão adquirir unidades somente pelas lojas online nas cores verde, dourada e cinza.

Nokia 2.3 roda sistema Android 9 (Pie), antigo para os padrões atuais — Foto: Divulgação/Nokia

O smartphone conta com uma ficha técnica mais básica, com um processador MediaTek Helio A22, memória RAM de 2 GB e armazenamento de 32 GB. A câmera principal é de 13 MP (f/2.2) e frontal de 5 MP.

Já a bateria de 4.000 mAh promete autonomia de até dois dias de uso. O sistema operacional de fábrica é o Android 9 (Pie), mas a fabricante prometeu atualização para o Android 10 e assumiu também o compromisso de atualizar o telefone para o Android 11 até 2021.

Nokia 2.3: câmera com inteligência artificial recomenda melhor foto — Foto: Divulgação/Nokia

2. OnePlus desativa raio-x que permitia ver através das roupas

A fabricante chinesa OnePlus decidiu desativar um filtro de celular que permitia ver por trás de objetos e roupas, como um raio-x. A função, chamada de Photochrom, estava presente no celular OnePlus 8 Pro. De acordo com a companhia, o recurso tinha o objetivo de auxiliar os usuários a produzir imagens com efeitos curiosos. A OnePlus explicou que o sensor funciona para captura de luz infravermelha e que depende de fatores como iluminação e espessura do objeto fotografado.

O filtro foi criticado após especialistas descobrirem que a câmera do celular era capaz de revelar componentes internos de videogames, controles remotos e Apple TVs. A OnePlus pediu desculpas aos usuários e afirmou que desativaria o filtro, apresentando em breve uma solução alternativa para os usuários do OnePlus 8 Pro.

Filtro do OnePlus 8 Pro mostra componentes internos dos equipamentos — Foto: Reprodução/Gizmodo

3. Frase misteriosa da Claro incomoda clientes

Durante as duas primeiras semanas de maio, a Claro exibiu a frase “Deixe O Sol Entrar” na tela de milhões de celulares de maneira misteriosa. Os assinantes não tinham como desativar o alerta, já que a operadora mudou o nome da própria rede de telefonia das tecnologias 2G, 3G e 4G. A mudança incomodou os usuários, que passaram a reclamar nas redes sociais que a frase era longa demais e ocupava um espaço importante da tela.

A frase fazia parte de uma ação de publicidade diante do coronavírus cujo objetivo, de acordo com a Claro, era "convidar os clientes a terem uma atitude mais positiva e humana enquanto permanecerem em casa".

A operadora já desativou a frase e afirmou em nota que “a iniciativa já se encerrou seguindo o cronograma previsto”. No entanto, a prestadora de serviço não divulgou previamente aos clientes este calendário.

Claro exibe mensagem "ClaroDeixeOSolEntrar" — Foto: Pedro Vital/TechTudo

4. Xiaomi trabalha em máscara que se desinfeta sozinha

A Huami, empresa subsidiária da Xiaomi com foco em wearables, anunciou no início de maio que está desenvolvendo uma máscara N95 que pode ser usada sem interferir no reconhecimento facial de celulares. Apelidada de Project Aeri, a iniciativa tem o objetivo de não interferir nas expressões faciais e assim desbloquear o smartphone sem precisar retirar a proteção.

Apesar de ainda ser um protótipo sem previsão de chegada ao mercado, a empresa anunciou que o dispositivo deve ter um filtro N95 substituível. O fluxo de ar deverá ser fornecido por filtros substituíveis que ficarão ao lado de um ventilador na lateral, e quando não estiver em uso, a máscara deverá emitir uma luz ultravioleta para se auto-desinfetar. O dispositivo poderá ser carregado por uma porta USB-C e customizado pelo usuário.

Visor transparente da máscara permite o reconhecimento facial de celulares — Foto: Reprodução/XDA Developers

5. Xiaomi Mi 10 Pro é o celular mais potente do mundo

Outro destaque do mês foi o celular Mi 10 Pro da Xiaomi, que ficou em primeiro lugar no relatório de benchmark da AnTuTu dos celulares mais rápidos do mundo. O celular chinês foi considerado o Android mais poderoso da atualidade, superando o Galaxy S20 Ultra, da Samsung, que levou o quarto lugar. O Huawei Nova 7i assumiu como o melhor entre os modelos intermediários.

Outro ponto de destaque foi a predominância de celulares chineses na lista. Os três primeiros celulares do ranking – Mi 10 Pro, OnePlus 8 Pro e Mi 10 – usam o Snapdragon 865, processador mais avançado da Qualcomm. Além disso, o Xiaomi Mi 10 Pro também conta com memória RAM de 8 GB, armazenamento de 256 GB, Android 10 com interface MIUI 11, câmera de 108 MP e tela de 6,67 polegadas.

Xiaomi Mi 10 Pro é eleito o celular mais potente do mundo — Foto: Luciana Maline/TechTudo

6. iPhone 12 pode vir sem fones de ouvido

Outro rumor que tomou conta da internet em maio foi a notícia de que o iPhone 12 pode vir sem fones de ouvido dentro da caixa. Para o analista Ming-Chi Kuo, a estratégia da Apple é impulsionar a venda de AirPods, o que pode envolver até mesmo a oferta de combos do celular, AirPods e Apple Watches em um mesmo pacote com algum desconto.

Outro rumor diz ainda que a terceira geração de AirPods deve chegar em 2021 seguindo o design do recém-lançado Powerbeats, com cancelamento de ruídos e maior capacidade de bateria. A Apple disponibiliza fones de ouvido dentro caixa desde 2007 e, caso o rumor se concretize, essa pode ser a primeira vez que os clientes vão ter que adquirir fones separadamente. A empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

iPhone 12 pode vir sem fones de ouvido na caixa para impulsionar venda de AirPods — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Relembre o lançamento do iPhone 11

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

Mais do TechTudo