Celulares

Por Milena Garcia, para o TechTudo


A Xiaomi anunciou o Redmi Note 9 no Brasil em junho pelo preço sugerido de R$ 2.699. O valor foi considerado alto para o padrão da empresa chinesa, que era conhecida pelo custo-benefício. Já o Galaxy A21S (Samsung) foi lançado no mesmo mês por R$ 1.999, mas já pode ser encontrado no varejo online por preços que partem de R$ 1.799. Clientes vão querer comparar os dois telefones nos próximos meses, pois ambos contam com alta capacidade de bateria e câmera quádrupla. Confira a seguir as semelhanças e diferenças de ficha técnica.

Redmi Note 9 chega pelo preço sugerido de R$ 2.699 — Foto: Divulgação/Xiaomi

Tela e design

O Redmi Note 9 sai de fábrica com tela Full HD+ (2340 x 1080 pixels) de 6,53 polegadas e painel IPS. O celular também recebe certificação para HDR 10. Já o Galaxy A21S apresenta display com bordas mínimas de resolução HD+ (1600 x 720 pixels), 6,5 polegadas e painel LCD.

As opções de acabamento oferecidas pela Xiaomi são cinza, verde e branco. Já a Samsung disponibilizou o smartphone em preto, azul e branco.

Galaxy A21s chega ao Brasil nas cores preto, azul e branco — Foto: Divulgação/Samsung

O design dos celulares apresenta diversos pontos em comum, entre eles o furo discreto no canto superior da tela para abrigar a câmera de selfies. Na traseira, as câmeras do Galaxy A21S são dispostas à esquerda, repetindo a estética da linha Galaxy S20. Já o conjunto fotográfico do Redmi Note 9 foi alocado no centro do telefone.

Câmera

Ambos os celulares entregam câmera quádrupla. Em ambos os casos, a câmera principal é de 48 MP, característica vista em smartphones mais caros e avançados. Além disso, os smartphones contam com lente ultra wide de 8 MP e macro de 2 MP.

Redmi Note 9 conta câmera quádrupla — Foto: Divulgação/Xiaomi

A diferença se dá apenas no último sensor, que no Redmi Note 9 é uma câmera teleobjetiva e no Galaxy A21S, um sensor de profundidade – ambos de 2 MP. Quanto à câmera frontal, os telefones também não diferem, trazendo sensor de 13 MP para selfies.

O aparelho da Samsung ainda preserva a resolução máxima das imagens fotografadas. Ou seja, ao capturar uma foto com o sensor de 48 MP, o resultado do arquivo final terá também 48 MP.

Desempenho e armazenamento

O Redmi Note 9 está disponível em duas combinações diferentes de memória RAM e armazenamento. A primeira com 3 GB + 64 GB e a segunda com 4 GB + 128 GB. O celular da Xiaomi conta com processador MediaTek Helio G85. De acordo com a fabricante, o dispositivo octa-core de até 2 GHz é capaz de oferecer rendimento até 21% melhor do que o chip do Redmi Note 8, o Snapdragon 665, da Qualcomm.

Enquanto isso, o Galaxy A21S traz opções de 4 GB de memória RAM e armazenamento de 64 GB. O processador presente no smartphone também é octa-core de até 2 GHz de velocidade. Ambos os telefones também garantem suporte para microSD de até 512 GB.

Lembre o lançamento do Redmi Note 8 e Redmi Note 8 Pro

Bateria

Os dois smartphones oferecem capacidade avançada aos consumidores que têm como foco a duração da bateria. Enquanto o telefone da Samsung dá um salto em relação aos antecessores e traz capacidade de 5.000 mAh, o Xiaomi vai um pouco além e conta com 5.020 mAh. De acordo com a gigante chinesa, o celular é capaz de suportar até 16 horas de autonomia com uso.

Galaxy A21s conta com bateria de 5.000 mAh — Foto: Divulgação/Samsung

Outro ponto em comum entre os aparelhos é a compatibilidade com a recarga rápida. São 18 W para o Redmi Note 9 e 15 W no Galaxy A21S.

Versão do Android

O sistema operacional presente nos dois celulares é o Android 10, porém cada um sai de fábrica com uma interface diferente. O Redmi Note 9 conta com a MIUI 11, que foi personalizada e otimizada pela própria Xiaomi.

Android 10: cinco coisas que você precisa saber sobre a atualização

Android 10: cinco coisas que você precisa saber sobre a atualização

Já o Galaxy A21S vem como a interface One UI 2.0, também presente nos lançamentos recentes da mesma fabricante.

Recursos adicionais

Uma função que chama a atenção no Redmi Note 9 é o scanner de documentos, que permite digitalizar páginas sem a interferências de sombras. Outra característica do aparelho são as entradas independentes para dual SIM e cartão de memória.

Em comum, os aparelhos contam com tecnologia de reconhecimento facial e leitor de impressão digital alocado na traseira. Ambos oferecem suporte para Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 802.11 b/g/n/. Nenhum dos produtos chega ao Brasil com tecnologia NFC.

Galaxy A21S conta com câmera quádrupla e sensor de digitais na traseira — Foto: Divulgação/Samsung

Preço

Os preços anunciados pela Xiaomi são de R$ 2.699 (3 GB + 64 GB) e R$ 2.999 (4 GB + 128 GB). Já o Galaxy A21S chega às lojas por cerca de R$ 1.000 reais de diferença. O preço sugerido do produto é de R$ 1.999. No entanto, o smartphone sul-coreano já é visto em lojas online por cerca de R$ 1.799.

As duas fabricante foram alvo de críticas devido ao grande salto nos preços em relação às versões anteriores das mesmas linhas. A justificativa da Samsung foi a tecnologia avançada presente no aparelho, como pontuou o gerente de produto Renato Citrini. Já no caso da Xiaomi, a percepção de queda em custo-benefício é pelo alto índice de smartphones da empresa contrabandeados e vendidos ilegalmente.

Ficha técnica: Redmi Note 9 e Galaxy A21S

Especificações Redmi Note 9 Galaxy A21S
Lançamento abril de 2020 maio de 2020
Preço a partir de R$ 2.699 R$ 1.999
Tela 6,53 polegadas 6,5 polegadas
Resolução da tela Full HD+ (2340 x 1080 pixels) HD+ (1600 x 720 pixels)
Processador MediaTek Helio G85 (octa-core de até 2,0 GHz) octa-core de até 2,0 GHz
Memória RAM 3 e 4 GB 4 GB
Armazenamento 64 e 128 GB 64 GB
Cartão de memória sim, microSD de até 512 GB sim, microSD de até 512 GB
Câmera traseira quádrupla, 48, 8, 2 e 2 megapixels quádrupla, 48, 8, 2 e 2 megapixels
Câmera frontal 13 megapixels 13 megapixels
Bateria 5.020 mAh 5.000 mAh
Sistema operacional Android 10 (MIUI 11) Android 10 (One UI 2.0)
Dimensões e peso 16,23 x 7,72 x 0,88cm; 199g 16,37 x 7,53 x 0,89cm; 192g
Cores cinza, verde e branco preto, azul e branco

Com informações da Xiaomi, Samsung e GSM Arena

Quer saber tudo sobre celulares, aplicativos e jogos? Inscreva-se no nosso canal do YouTube e ative as notificações!

Mais do TechTudo