Redes sociais

Por Clara Fabro, para o TechTudo


Um golpe que circula no WhatsApp promete a distribuição de um Super Almanaque Turma da Mônica grátis, e fez cerca de 91 mil vítimas em menos de 24 horas. Descoberta nesta quarta-feira (24) pelo dfndr lab, laboratório de segurança digital da PSafe, a falsa promoção pode expor dados pessoais das vítimas e trazer prejuízos financeiros. O Instituto Maurício de Sousa confirmou pelas redes sociais que não tem relação com a postagem e alerta para que o conteúdo não seja compartilhado.

Segundo Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, "os golpistas se aproveitam do momento de quarentena para atrair vítimas", já que os cibercriminosos "sabem que os pais e as crianças estão em casa [durante esse período] e criam uma mecânica fácil para conseguir mais dados pessoais no golpe".

Turma da Mônica: Almanaque grátis é a promessa de novo golpe no WhatsApp — Foto: Rubens Achilles/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Super Almanaque Turma da Mônica grátis?

O golpe funciona por meio do padrão "cadastre e ganhe", forçando usuários a efetuar um cadastro e fornecer informações pessoais para ganhar o suposto Super Almanaque Turma da Mônica grátis. Emilio Simoni alerta que esse tipo de golpe é perigoso principalmente porque "os dados pessoais fornecidos na página falsa podem ser vendidos, ou até mesmo usados para assinar serviços pagos que trarão prejuízo financeiro à vítima".

Super Almanaque Turma da Mônica grátis: WhatsApp tem novo golpe — Foto: Divulgação/PSafe

O Instituto Maurício de Souza está distribuindo gratuitamente o Super Almanaque Turma da Mônica, Edição Estude em Casa em todo o Brasil!
Presenteie as crianças nessa quarentena!
Para ganhar, basta fazer o cadastro no site da promoção:
[link malicioso]

Além disso, para completar o cadastro na plataforma, a falsa promoção exige o compartilhamento do link malicioso no WhatsApp, atraindo mais vítimas e aumentando a proporção da falsa promoção. Golpes similares que se utilizam da mesma mecânica para enganar vítimas já haviam sido descobertos pelo dfndr lab este ano, usando o Auxílio Emergencial, o Dia dos Namorados, com promessa de perfumes de brinde, além do golpe de Páscoa que prometia chocolates grátis às vítimas.

Super Almanaque grátis: golpe promete livro Turma da Mônica grátis e engana usuários — Foto: Divulgação/PSafe

Como se proteger

Desconfie de links encaminhados no mensageiro, principalmente se o selo da mensagem indicar um alto número de encaminhamentos, mesmo que sejam enviados por pessoas conhecidas e de confiança. Também é recomendado fazer uma pesquisa rápida na Internet para confirmar a veracidade das informações e dos links recebidos pelo WhatsApp antes de fornecer informações pessoais ou efetuar cadastro em sites potencialmente fraudulentos.

Você também pode verificar se um link é falso pelo site do dfndr lab, já que verificação avisa em poucos segundos se o link do site em questão é potencialmente malicioso. O dfndr lab também indica a utilização de soluções de segurança no celular, capazes de detectar golpes de phishing em aplicativos de mensagem e redes sociais de maneira automática.

Como identificar golpes recebidos pelo celular

Como identificar golpes recebidos pelo celular

Promoção de perfume no WhatsApp é golpe? Veja no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo