TV

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


A TV 4K Panasonic GZ1000 é o modelo top de linha da marca no Brasil. Com painel OLED e versões de 55 e 65 polegadas, o televisor da Panasonic tem taxa de atualização de 120 Hz, algo interessante para usuários gamer. Além disso, o modelo conta com sistema de som surround, que promete boa ambientação para assistir a filmes e séries, e conectividade Bluetooth, permitindo ligar uma caixa de som ou soundbar para aumentar a potência do áudio.

Pode ser difícil encontrar o aparelho, que é vendido no mercado nacional por R$ 4.699 (55 polegadas) e R$ 10.999 (65 polegadas), de acordo com a fabricante. Confira a seguir mais detalhes a respeito da TV OLED 4K Panasonic GZ1000B e saiba se ela é uma boa opção de compra para você.

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Ficha técnica

  • Tamanho de tela: 55" ou 65 polegadas
  • Resolução: 4K
  • Proporção: 16:9
  • Sistema Operacional: não informado
  • Frequência: 120 Hz
  • Potência de áudio: 50 Watts RMS
  • Conectividade: HDMI, USB, Wi-Fi e Bluetooth
  • Preço sugerido: R$ 10.999 (65")

Design e tela

TV 4K GZ1000 tem porta traseira para "guardar" conexões — Foto: Divulgação/Panasonic

A Panasonic OLED 4K GZ1000 tem um perfil fino, tela com bordas bem finas e uma base única larga, que deve dar suporte e estabilidade ao display. Seu painel ocupa quase toda a área útil do televisor, o que tende a proporcionar uma maior imersão ao assistir a filmes e séries.

Já a parte de trás do aparelho segue o mesmo visual sóbrio da frente. As conexões são escondidas, o que deve diminuir o acúmulo de poeira e proporcionar uma pegada premium ao modelo. Ainda assim a TV possui entradas USB, saída para vídeo composto, vídeo componente e para áudio digital óptico, além de 4 portas HDMI, tendo uma boa oferta para um modelo da categoria.

Qualidade de imagem

TV Panasonic GZ1000 tem 4K de resolução, HDR10+ e Dolby Vision — Foto: Divulgação/Panasonic

A ficha técnica do produto traz um sistema de iluminação patenteado que consegue ordenar, de forma individual, cada um dos 8 milhões de pixels disponíveis, segundo a marca. Dessa forma, a Panasonic promete um melhor contraste entre cores pretas e brancas, o que deve causar uma sensação de profundidade maior. A tela, por sua vez, tem proporção de 16:9, padrão atual e que acompanha as principais produções audiovisuais.

O usuário ainda pode escolher entre diferentes ajustes de imagem programados, incluindo modo normal, dinâmico, cinema e outros que devem melhorar a experiência para cada tipo de conteúdo. O contraste, por exemplo, é reforçado pela tecnologia HDR10+, uma atualização do HDR original que prometem uma melhor relação entre tons de preto e o restante da imagem exibida.

Sistema operacional

Apesar de não revelar especificamente qual o sistema operacional do seu televisor 4K, a Panasonic afirma que ele tem uma navegação rápida entre os serviços smart disponíveis. O modelo vem com alguns dos principais apps do mercado pré-instalados, como Netflix, YouTube e Amazon Prime Video. Além disso, o televisor é compatível com o Google Assistente, sendo possível controlar a reprodução por meio de comandos de voz. Dessa forma, o usuário consegue pedir para o assistente trocar de aplicativo, aumentar o volume ou até mudar o canal do aparelho.

TV OLED 4K GZ1000 tem apps de streaming e conexão Bluetooth — Foto: Divulgação/Panasonic

Áudio

Pela ficha técnica do televisor, é possível notar que ele sai de fábrica com tecnologia Dolby Atmos, o que pode simular a variação do som em diversas direções da sala. Essa característica deve melhorar a sensação de imersão, garantindo uma experiência de cinema. Além disso, os speakers do aparelho chamam atenção, chegando aos 50 Watts RMS, enquanto o padrão das TVs fica em torno de 20 Watts RMS. Dessa forma, o usuário pode utilizar a TV para conectar um celular ou tablet via Bluetooth para ouvir suas músicas com uma boa qualidade de som, por exemplo.

Recursos extras

Entre os recursos extras da Panasonic GZ1000, está o espelhamento do celular, que permite navegar por apps ou até assistir a conteúdos direto na tela grande. O modelo vem equipado com um processador HCX Pro, que permite controlar as funções inteligentes do modelo e foi projetado para melhorar aspectos como o brilho, a proporção de cores, entre outros exemplos. De acordo com o site oficial da marca, essas características tiveram o reforço de especialistas em cores de Hollywood.

Preço e concorrência

Opção de 55" está em falta no varejo — Foto: Divulgação/Panasonic

Atualmente, a TV OLED 4K Panasonic GZ1000 é difícil de achar no varejo nacional. De acordo com a fabricante, seu preço sugerido é de R$ 10.999 na versão de 65 polegadas, única à venda por meio do site oficial. Na loja parceira indicada pela Panasonic, o produto custa menos: R$ 10.579. Dessa forma, o televisor custa mais que seus rivais diretos, com tecnologia de tela superior ao LED tradicional, recursos smart e resolução 4K.

A OLED C9, da LG, por exemplo, está à venda por a partir de R$ 9.999 na opção de 65 polegadas, de acordo com o Compare TechTudo. Já a QLED Q80T, opção top de linha da Samsung na categoria, pode ser encontrada pela loja oficial da fabricante por R$ 6.964,15, disponível para comprar em um site parceiro. Ambas têm sistemas operacionais completos webOS e Tizen, respectivamente, além de trazer recursos de voz com ThinQ AI, da LG, e Bixby ou Alexa, na TV da Samsung. Vale ressaltar ainda que ambas podem ser encontradas com maior facilidade no mercado brasileiro.

Qual a melhor TV 4K? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo