Smartwatches

Por Milena Garcia, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O Apple Watch detectou uma doença cardíaca congênita em um americano de apenas 22 anos. A história compartilhada no fórum online Reddit conta que o relógio da Apple identificou possíveis batimentos irregulares e o jovem decidiu fazer um eletrocardiograma pelo aparelho. O resultado confirmou um quadro de fibrilação atrial e o usuário se encaminhou até um cardiologista. De acordo com ele, não teria como saber do problema de saúde se não fosse notificado pelo dispositivo.

O recurso de eletrocardiograma chegou nesta quarta-feira (15) aos usuários brasileiros por meio do novo watchOS 6.2.8. Agora, donos do Apple Watch 4 e Apple Watch 5 podem realizar o procedimento em território nacional para identificar possíveis batimentos cardíacos atípicos.

Alerta de fibrilação arterial recebido por usuário do Apple Watch — Foto: Reprodução/Reddit @Merrick63

A identificação da fibrilação atrial (AFib) é um dos principais usos do recurso de notificação de ritmo cardíaco irregular. A doença é o tipo mais comum de arritmia cardíaca e, quando não tratada, pode levar ao derrame. “A fibrilação atrial foi diagnosticada pelo relógio por meio das variações na frequência cardíaca e eu o validei [o diagnóstico] pelo eletrocardiograma”, afirmou o jovem.

Já o eletrocardiograma (ECG) é um teste realizado para medir o ritmo cardíaco e a atividade elétrica de uma pessoa. Antes restrito apenas aos hospitais, o exame também passou a integrar a lista de funções desde o Apple Watch 4. Os dispositivos conseguem realizar o diagnóstico do usuário em apenas 30 segundos.

Jovem compartilha avaliação do Apple Watch que indica batimentos irregulares — Foto: Reprodução/Reddit @Merrick63

Uma situação parecida aconteceu com um brasileiro no início deste ano. Jorge Freire foi alertado pelo relógio de que sua frequência cardíaca estava em 140 BPM (batimentos por minuto) por mais de 10 minutos. O publicitário buscou atendimento hospitalar e foi diagnosticado com taquicardia.

Aplicativo ECG no Apple Watch já esta disponível no Brasil — Foto: Reprodução/Willian Max

Apenas países selecionados contam com o recurso atualmente. O eletrocardiograma é considerado um instrumento médico e requer a permissão de entidades regulatórias locais. A Anvisa liberou a função em maio, mas ressaltou que o procedimento tem apenas caráter complementar e não substitui exames médicos.

Com informações de WCCFTech e Reddit

Quatro coisas que você nunca deve fazer com o seu iPhone

Quatro coisas que você nunca deve fazer com o seu iPhone

Mais do TechTudo