Por GoDaddy


Para garantir o sucesso de um site, funcionalidade é tudo. O tempo de carregamento, o uso de textos claros e legíveis, o funcionamento sem erros de programação... Enfim, a experiência do usuário é considerada prioridade máxima para o Google. A fim de reforçar essa tendência, recentemente a empresa americana lançou uma mais uma versão do Google Lighthouse (https://developers.google.com/web/tools/lighthouse/), um serviço criado em 2018 para avaliar a performance de aplicativos, e que agora também serve para medir o desempenho de sites.

“O Lighthouse escaneia e testa página por página do site, considerando as melhores práticas do ponto de vista do usuário”, explica Luiz D'Elboux, diretor de marketing da GoDaddy e especialista em estratégias de marketing digital e construção de marcas.

Aprenda a melhorar a performance de seu site com GoDaddy — Foto: Getty Images

Em outras palavras, o serviço verifica as velocidades de carregamento, acessibilidade e a otimização geral do mecanismo de pesquisa (SEO) da página que verifica, considerando condições difíceis de acesso, conexões de internet lentas que visam simular situações recorrentes na vida real. O resultado da análise é exposto num relatório que apresenta sugestões para aprimorar o site.

Todo site corporativo precisa ter aspecto profissional, é claro, mas o foco na funcionalidade aumentou ao longo dos últimos anos, diz D'Elboux, na medida em que a maior parte dos acessos começou a acontecer a partir de smartphones. “No celular, os acessos são mais frequentes, mas a experiência visual é reduzida e a experiência do usuário é mais focada na acessibilidade ao conteúdo”, explica.

“Um site que não condiz com essa nova realidade, que aposta, por exemplo, em muitos elementos gráficos, não vai aparecer na busca porque o usuário vai ter dificuldade para navegar”, diz D’Elboux. Por isso, é recomendável, para quem já tem site, submeter ao Google Lighthouse em busca de uma avaliação. Para quem ainda não desenvolveu a própria página, é possível criar um site do zero, já considerando os critérios que fazem sucesso com a indexação do Google.

Existem diferentes criadores de páginas. Para avaliar o desempenho de seu próprio serviço, chamado Sites + Marketing, a GoDaddy resolveu criar três sites fictícios, típicos de pequenas empresas, em quatro diferentes plataformas. Submeteu ao Google Lighthouse e comparou o desempenho.

Desempenho superior

A performance das páginas é medida segundo cinco métricas: desempenho (a velocidade com que o site é carregado), acessibilidade (ou seja, as condições de leitura dos textos), melhores práticas (considerando vulnerabilidades de segurança), SEO (a capacidade de detectar a página em ferramentas de pesquisa) e, por fim, o Aplicativo Web Progressivo (que testa o desempenho em dispositivos móveis).

Na métrica desempenho (velocidade do site), os sites criados na GoDaddy foram bastante superiores aos equivalentes dos concorrentes, superior aos demais no Aplicativo Web Progressivo e só um pouco inferior quanto à acessibilidade. Nos demais critérios, os resultados foram semelhantes. “As notas melhores no critério desempenho são um indicador do sucesso do nosso criador de sites”, afirma D'Elboux.

De fato, segundo o Google, quando o tempo de carregamento da página varia de um segundo a três segundos, a probabilidade de um usuário abandonar o site aumenta em 32%. “Esse é o resultado de um grande investimento que a GoDaddy vem fazendo em ferramentas de criação de site, aliadas a funcionalidades importantes para o pequeno negócio”, diz o diretor de marketing da GoDaddy.

Da performance à divulgação

Uma das funcionalidades mais importantes para os usuários que se utilizam do e-commerce é a possibilidade de criar e-mails marketing a partir de templates prontos, desenhados para diferentes objetivos, desde newsletter até vendas promocionais. A ferramenta também permite captar os contatos do site e utilizar esses dados para alimentar a base de disparos de e-mail marketing.

Outro diferencial fornecido pela empresa é o GoDaddy Insights, um produto que permite comparar todas as páginas criadas utilizando a plataforma da empresa. “Um algoritmo de inteligência artificial que escaneia todos os sites e identifica os critérios em comum àqueles que têm maior sucesso”, diz Luiz D'Elboux. E assim, utilizando esse serviço (teste aqui), um restaurante, por exemplo, descobre que seu desempenho pode ser melhorado caso ele invista em fotos melhores de seus pratos.

Uma terceira ferramenta estratégica é voltada para o desempenho em SEO. A sigla, que significa “Search Engine Optimization”, ou “otimização para mecanismos de busca”, é bastante conhecida por quem precisa criar seu site. Mas não é fácil colocar esse conceito em prática. Por isso, a GoDaddy desenvolveu uma ferramenta que ajuda, com perguntas simples, a encontras as melhores palavra-chave para cada área do site. E tudo isso de forma intuitiva, sem exigir conhecimentos técnicos.

SERVIÇO

Para mais informações: https://bit.ly/2K72SJ4; (11) 3958-5687.

GoDaddy
Mais do TechTudo