Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A conquista da ESL One: Cologne 2016, torneio Major de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), pela SK Gaming completa quatro anos neste mês, julho de 2020. A competição ocorreu entre os dias 5 e 10 de julho de 2016, quando os jogadores brasileiros da SK foram coroados com o bicampeonato mundial na Alemanha, colocando o Brasil de vez como grande potência no cenário de CS:GO. A seguir, veja alguns alguns detalhes sobre a conquista histórica de Major, a campanha do time e a importância do título para o Brasil e os jogadores que vestiam a camisa da SK Gaming.

A SK Gaming fez história em 2016 com o bicampeonato mundial de CS:GO — Foto: Divulgação/ESL

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

ESL One: Cologne

Conhecida como "Catedral do Counter-Strike", a ESL One: Cologne é um dos torneios mais tradicionais no cenário competitivo de CS:GO. Ela acontece na cidade de Colônia, na Alemanha, desde o ano de 2014. O evento foi considerado "Major" até o ano de 2016, mas perdeu esse status nos anos seguintes. Vale lembrar que um torneio Major é tido como a competição mais importante de CS:GO, sendo equivalente a uma espécie de mundial da categoria e o principal objetivo dos grandes times. A primeira campeã foi a Ninjas in Pyjamas, em 2014. Já em 2015, foi a vez da Fnatic, outra equipe da Suécia, ficar com a taça.

A line up brasileira da SK Gaming viria a conquistar a competição nas duas edições seguintes, em 2016 e 2017, com a segunda sendo a primeira edição na qual a competição perdeu o status de Major. A Natus Vincere e a Team Liquid venceram respectivamente em 2018 e 2019. Com esses resultados, Brasil e Suécia seguem como os países mais vitoriosos no torneio, com dois títulos cada. Lembrando que a ESL One Cologne 2020 vai acontecer mais tarde, a partir do dia 23 de agosto, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A Lanxess Arena é o palco onde acontece a ESL One: Cologne — Foto: Reprodução/PCWorld

Line up brasileira

Na campanha da ESL One: Cologne 2016, a SK Gaming era formada pelos brasileiros Gabriel "FalleN" Toledo, Fernando "fer" Alvarenga, Epitácio "TACO" de Melo, Marcelo "coldzera" David, Lincoln "fnx" Lau e o treinador Wilton "zews" Prado. Os jogadores vestiam a camisa da organização norte-americana Luminosity Gaming até o dia 1° de julho de 2016, quando foi confirmada a ida de todos para a SK Gaming, equipe alemã já consagrada no mundo dos esportes eletrônicos. O Major ESL One: Cologne 2016, iniciado no dia 5 de julho de 2016, foi a primeira competição disputada por eles pela nova organização.

Nessa época, os brasileiros viviam o melhor momento da carreira deles no CS:GO. No dia 4 de março de 2016, eles já haviam conquistado, ainda como Luminosity, a MLG Major Championship: Columbus 2016, sua primeira conquista de nível mundial no cenário. Além disso, antes de partir para a SK Gaming, FalleN e companhia ainda levantaram as taças da DreamHack Open Austin 2016 e da ESL Pro League Season 3 - Finals, confirmando a excelente fase vivida por eles.

Line-up brasileira da SK Gaming em 2016 — Foto: Divulgação/ESL

Trajetória na ESL One: Cologne 2016

A conquista da ESL One: Cologne 2016 veio com poucos sustos para os brasileiros. Na fase de grupos, uma campanha tranquila com vitórias para cima da G2 Esports e da FaZe Clan, garantindo a ida para os playoffs facilmente. Um detalhe interessante é que ambos os confrontos foram realizados no mapa Cobblestone, que não está presente no competitivo atualmente. Já nos playoffs, a SK Gaming estreou contra a FlipSid3 Tactics, equipe que contava com o famoso AWPer Yehor "markeloff" Markelov, e venceu em uma série melhor de três partidas (MD3) por 2-0

Nas semifinais, os brasileiros venceram de virada a Virtus.Pro por 2-1 na série mais difícil enfrentada por eles no torneio. Por fim, uma vitória sem maiores sustos por 2-0 contra a Team Liquid, parciais de 16-7 na Train, e 16-6 na Cobblestone, conquistando a taça e o bicampeonato mundial de CS:GO. Destaque para coldzera, que repetiu o mesmo feito na MLG Columbus 2016 e teve sua atuação individual recompensada com a medalha de MVP da competição

Brasileiros levantam a taça de campeão mundial na Alemanha — Foto: Divulgação/ESL

Mais do TechTudo