Internet

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


O Google está homenageando com um Doodle o aniversário de nascimento da botânica e exploradora Jeanne Baret. A francesa nasceu no dia 27 de julho de 1740 e foi a primeira mulher a fazer parte de uma expedição que navegou o mundo, em 1766, quando coletou mais de 6 mil espécies de plantas. Ao passar pelo Brasil, ela teria batizado as flores que hoje são chamadas de “bougainvilles”.

O Doodle de Jeanne Baret pode ser visualizado nas versões do buscador para computador e celular. A ilustração mostra a exploradora a bordo de um navio, rodeada de bougainvilles. As letras “o” da palavra Google são formadas por dois mapas náuticos. O Doodle está sendo exibido no Brasil, França, Canadá, vários países da América do Sul, Europa, África e Ásia, além da Austrália e Nova Zelândia.

Doodle do Google homenageia Jeanne Baret, primeira mulher a navegar o mundo — Foto: Reprodução/Google

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Nascida há 280 anos na região na cidade de Autun, na região da Borgonha, na França, Jeanne Baret teve uma educação rural e passou a se especializar na descoberta e identificação de plantas. Em 1760, tornou-se assistente do famoso botânico Philibert Commerson. Na época, as leis francesas não permitiam a presença de mulheres em expedições da marinha, então, Jeanne se disfarçou de homem para acompanhar Commerson em uma expedição a bordo do navio Étoile, que partiu em 1765.

A história dos Doodles do Google

A história dos Doodles do Google

Na viagem, a dupla coletou mais de 6 mil espécies de plantas, incluindo a flor “bugainville”, durante passagem pelo Brasil. Depois de três anos de expedição, Jeanne foi descoberta e deixada pela tripulação no Taiti. Durante anos, ela permaneceu no país e também nas Ilhas Maurício, até voltar à França, onde foi reconhecida como a primeira mulher a circunavegar o mundo.

Jeanne faleceu em 5 de agosto de 1807, aos 67 anos. Em 2012, 205 anos depois, recebeu uma honraria botânica que colocou seu nome em uma planta então recém-descoberta, a Solanum baretiae, considerada uma espécie próxima de vegetais comuns, como tomate, berinjela e batata.

Esboços do Doodle de Jeanne Baret, feitos pela designer Sophie Diao — Foto: Reprodução/Google

Para criar o Doodle, a ilustradora Sophie Diao abordou o perfil explorador de Jeanne Baret. “Comecei reunindo referências que poderiam ser inspiradoras - mapas náuticos da década de 1760, amostras botânicas, ilustrações feitas anteriormente por Jeanne Baret. Eu queria que o Doodle combinasse seu lado botânico com seu lado aventureiro. Ser a primeira mulher a circunavegar o globo não é pouca coisa”.

Durante a confecção da imagem, a doodler quis utilizar os bougainvilles como peça obrigatória da ilustração. “Jeanne Baret tirou uma amostra dessa videira em flor quando viajava pelo Brasil. Eu sempre amei esta planta e definitivamente queria incluí-la”.

Qual é o melhor Doodle do Google? Descubra no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo