Celulares

Por Thássius Veloso, do home office

Divulgação/Nokia

A icônica marca finlandesa Nokia prepara o lançamento de mais dois celulares no mercado brasileiro: o Nokia C2 e o Nokia 5.3 já estão no sistema de homologação da Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel. A expectativa da empresa é começar a vendê-los nos próximos meses. Detalhes como preços são mantidos sob sigilo até o momento.

Caso os planos da empresa se concretizem, o ano de 2020 terminará com três smartphones da Nokia. O primeiro deles foi o Nokia 2.3 em março. O aparelho básico tem preço sugerido de R$ 899. Fontes do setor afirmam que as vendas vão bem, apesar do impacto causado pela pandemia.

Nokia C2, o basicão

Nokia C2 roda Android na versão Go, mais leve — Foto: Divulgação/Nokia

Lançamento de março no exterior, o Nokia C2 chama a atenção pela simplicidade. Tem tela IPS de 5,7 polegadas com resolução HD+, memória RAM de 1 GB e processador de 4 núcleos e velocidade de 1,4 GHz. O modelo roda Android 9 (Pie) na versão Go, mais leve para dar conta de especificações tão modestas.

O telefone tem câmera traseira de 5 MP com abertura de f/2.2 e foco automático. Já a câmera frontal tira selfies de 5 MP.

Nokia C2 tem preço equivalente a R$ 215 — Foto: Divulgação/Nokia

Seu armazenamento fica em 16 GB, ao menos no modelo vendido no exterior pelo equivalente a R$ 215. Por ora a fabricante não se pronunciou sobre valores e datas no Brasil. O TechTudo apurou que a empresa prepara o lançamento para meados de setembro.

Nokia 5.3, o diferentão

Nokia 5.3 — Foto: Divulgação/Nokia

A câmera diferentona do Nokia 5.3 não passa batida. Ela tem formato de anel, ao contrário da estrutura retangular que nos acostumamos a ver nos smartphones. A empresa finlandesa diz que tem “o sensor certo para cada momento”.

As apostas são numa câmera principal de 13 MP (f/1.3), sensor de profundidade de 2 MP, ultra wide de 5 MP e macro de 2 MP. Em outras palavras, o Nokia 5.3 tira foto muito de perto, muito de longe, normal e ainda aplica o popular efeito embaçado em retratos. Já as selfies ficam a cargo do sensor de 8 MP (f/2.0).

Nokia 5.3 tem tela em formato 21:9 — Foto: Divulgação/Nokia

A ficha técnica menciona tela de 6,55 polegadas, resolução HD+ e formato 21:9. O celular traz processador Snapdragon 665; memória RAM de 3 GB, 4 GB ou 6 GB, a depender do modelo; e armazenamento de 64 GB.

Ele roda Android 10 com promessa de dois anos de atualizações de sistema – ou seja, chegará ao Android 12.

Veja também: 5 curiosidades sobre o Android 10

O Nokia 5.3 com RAM de 4 GB é vendido no Reino Unido por cerca de 150 libras, o que dá quase R$ 1.000 pelo câmbio de hoje. Os funcionários se planejam para comercializá-lo em meados de outubro.

Os atuais celulares da Nokia no Brasil são importados. A empresa tem uma parceria com a Multilaser, responsável pela distribuição e assistência técnica dos equipamentos.

Mais do TechTudo