Notebooks

Por Victor Toledo, para o TechTudo


Chromebooks são nada menos que notebooks baratos e simples, voltados basicamente para navegação online. Modelos como Chromebook Acer N7 e Samsung Chromebook Plus aparecem no Brasil por preços que começam em R$ 1.197, e trazem recursos como ChromeOS, apps semelhantes aos disponíveis em celulares e tablets com Android e prometem facilidade de uso. Portanto, é importante ressaltar que produtos do tipo são feitos em parceria com o Google e trazem o sistema próprio da empresa, sendo uma alternativa a nomes famosos como Windows, macOS e Linux.

Apesar disso, o hardware não costuma ser dos melhores, contando com limitações que vão desde armazenamento baixo até processadores de entrada do mercado. Confira a seguir pontos positivos e negativos de ter um Chromebook e saiba se pode ser uma opção interessante para você.

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Pontos positivos

1. Preço baixo

Um dos pontos que mais chama a atenção do consumidor na hora de optar por um Chromebook é seu preço mais baixo. Em comparação com notebooks tradicionais, o dispositivo é mais acessível e pode ser interessante para quem busca um computador básico para usar no dia a dia. No Brasil, é possível encontrar produtos do tipo por valores que partem dos R$ 1.197, segundo o Compare TechTudo. Enquanto isso, um laptop de entrada e com mesma proposta de uso pode custar ainda mais, principalmente com a subida de preços de eletrônicos nos últimos meses.

Chromebooks possuem sistema operacional produzido pela Google — Foto: Divulgação/Samsung

2. Facilidade no uso

Por possuir o ChromeOS como sistema operacional, os Chromebooks também chamam atenção pela facilidade ao utilizar seus recursos. Com uma interface simples para quem deseja o básico em um dispositivo, os aparelhos são voltados para acessar serviços do Google e para navegar na internet, via Chrome. Nos Chromebooks, é possível acessar o YouTube, armazenar arquivos no Google Drive, além de criar planilhas, apresentações e documentos, por exemplo.

Diferente do Windows 10, com uma série de recursos extras que aumentam a imersão dos usuários, o ChromeOS é simples e tem uso é bastante intuitivo. Além disso, sua inicialização promete ser mais rápida, sobretudo por ter um sistema operacional mais leve do que o mais famoso da Microsoft.

3. Leve e portátil

Outro ponto positivo dos Chromebooks é seu aspecto compacto e portátil. Muito em virtude de seu display, menor do que o de um notebook tradicional. Dispositivos desse tipo pesam cerca de 1 kg e podem ser transportados para diversos lugares sem problemas de peso excessivo.

Além disso, por possuirem peças internas de menor potência e mais limitadas, o aparelho também é bem fino e pode passar despercebido em mochilas e malas. Portanto, os Chromebooks se tornam uma boa opção para estudantes, que ficam o dia inteiro com a mochila nas costas e precisam de algo mais leve.

Esses dispositivos são compactos e facilitam no transporte — Foto: Divulgação/Acer

Pontos negativos

1. Sistema operacional diferente

Em contrapartida de possuir um sistema operacional mais leve, simples e minimalista, o ChromeOS pode ser um problema a quem for muito apegado aos mais tradicionais Windows, macOS e Linux. O principal exemplo disso é a falta do pacote Office, que pode decepcionar alguns usuários acostumados com esse serviço no dia a dia. Por se tratar de um sistema operacional do Google, os Chromebooks são voltados para o uso dos serviços Google Suite, como Google Docs e Google Sheets.

Outro aspecto negativo que esse sistema operacional apresenta é a incompatibilidade com outros aplicativos comuns nos notebooks tradicionais. O pacote Adobe, por exemplo, com Photoshop, Illustrator e Premiere, são substituídos por apps similares e não oferecem todos os recursos para uma edição de qualidade.

2. Hardware muito básico ou defasado

Um dos principais pontos negativos de um Chromebook são as especificações técnicas limitadas. Por se tratar de um dispositivo simples e voltado para acessar a Internet, esses aparelhos não possuem um HD convencional, ou seja, sua capacidade de armazenamento interno fica bastante limitada. Além disso, pelo ChromeOS ser um sistema operacional que não exige tanto, grande parte dos Chromebooks são equipados com a linha de processadores Intel Celeron, uma das mais básicas da fabricante.

Outro aspecto que pode decepcionar é na quantidade de memória RAM disponível nesses dispositivos. Os Chromebooks mais em conta do mercado possuem apenas 2 GB de memória, sendo que algumas opções até oferecem 4 GB, porém, a um preço maior.

Acer Chromebook 13 tem formato de notebook convencional, mas a tela também possui formato 3:2 — Foto: Luciana Maline/TechTudo

3. Necessidade de conexão com a internet

Por fim, a necessidade de ter uma conexão com a internet é outro ponto negativo. Os Chromebooks foram especialmente desenvolvidos para uso online, seja para ler e editar documentos e planilhas, realizar pesquisas pelo Chrome ou enviar e-mails. Além disso, alguns aplicativos existentes no Chrome OS exigem esse tipo de conexão quando inicializados, tornado o dispositivo inutilizável em alguns momentos.

Principais modelos à venda no Brasil

Existem diversos modelos de Chromebook à venda no Brasil atualmente. Um dos top de linha é o Chromebook Spin, da Acer. O modelo se difere dos demais em razão de possuir um processador Core i5 8250U, da Intel, memória RAM de 8 GB e armazenamento de 64 GB, ficando no mesmo nível de alguns notebooks intermediários do mercado. Além disso, suas dobradiças permitem transformar o dispositivo em um tablet, já que o mesmo conta com tela sensível ao toque. De acordo com o Compare TechTudo, o Chromebook Spin está à venda por a partir de R$ 4.699.

Acer Chromebook Spin 13 é um dispositivo que se transforma em um tablet — Foto: Divulgação/ Acer

Um modelo mais simples da fabricante é o Chromebook Acer N7. Disponível no mercado brasileiro por a partir de R$ 1.696, o computador se aproxima mais da realidade dos Chromebooks. O dispositivo conta com processador Intel Celeron N3060, 4 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno.

Além dos modelos da Acer, a Samsung também conta com alguns dispositivos à venda no país. Segundo o comparador de preços do TechTudo, o modelo mais barato disponível no Brasil é o Samsung Chromebook, vendido com processador Intel Celeron N3060, tela de 11,6 polegadas, memória RAM de 2 GB e 16 GB de armazenamento. Esse dispositivo pode ser adquirido por a partir de R$ 1.197.

Chromebook é bom? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo