Robótica

Por Yuri Hildebrand, do Home Office


A Samsung tem em seu portfólio no Brasil o robô-aspirador Powerbot VR7200 como opção de casa conectada para ajudar na limpeza. Com preços a partir de R$ 5.211 no mercado brasileiro, o produto funciona via Wi-Fi e traz recursos interessantes, como integração com os assistentes de voz Alexa e Google Assistente. Além disso, o aparelho conta com sensores que ajudam a desviar de objetos e design que permite alcançar áreas de difícil acesso.

Mas é importante ressaltar que o robô funciona sozinho apenas até certo ponto, já que é necessário recorrer aos comandos manuais em alguns momentos para garantir que o acessório vá a outros cômodos. O TechTudo testou o Powerbot VR7200 e conta a seguir os principais erros e acertos do robô-aspirador da Samsung.

Powerbot VR7200 é opção de robô-aspirador inteligente da Samsung no Brasil; veja erros e acertos — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Acertou!

Recursos inteligentes

O Powerbot se destaca principalmente pela boa oferta de recursos inteligentes. Com a proposta de funcionar praticamente sozinho, o robô da Samsung conta com sensores que detectam objetos espalhados pelo chão e reconhece quando está de frente para uma parede ou móvel. Além disso, o modelo consegue diferenciar tipos de piso, aumentando ou diminuindo a potência de sucção para otimizar a limpeza. A resposta a possíveis problemas também é um ponto interessante, já que o modelo pode ser configurado em diferentes idiomas para avisar se há algo emperrado e o que pode ser feito para resolver a situação

Mas o que mais chama atenção e facilita seu uso no dia a dia é a integração com os serviços de casa conectada como os de Google e Amazon, permitindo comandos de voz por meio de suas respectivas assistentes. Para utilizar, é necessário ter o aplicativo SmartThings no celular Android ou iPhone (iOS) e, depois, ativar a skill ou habilitar a função nos app Alexa e Google Home, respectivamente.

Dessa forma, o usuário consegue agendar uma limpeza, criar rotinas para relacionar o funcionamento do produto ao de outros dispositivos de casa conectada, entre outros exemplos. O recurso é ainda mais interessante para quem tem uma caixa de som inteligente como as Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini, entre outras, já que o controle remoto pode ficar de lado, assim como o próprio smartphone. Para começar a limpar um cômodo, basta chamar o assistente e pedir para iniciar o robô.

Controle do Powerbot VR7200, robô aspirador de pó da Samsung; usuário também pode controlar pelo celular ou via comandos de voz — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Visual elegante e design prático

Diferente de outros produtos do tipo à venda no Brasil, o robô-aspirador da Samsung não é totalmente arredondado: sua parte frontal é reta, o que permite a limpeza de quinas com maior facilidade. Essa praticidade não deixa de lado o visual, com corpo praticamente todo em preto e detalhe em prata ou dourado na parte traseira. O próprio recipiente onde fica a poeira após a limpeza dá algum charme ao produto, além de facilitar a manutenção do aparelho.

O Powerbot também se destaca pelo bom funcionamento de seu sistema de sucção, com uma escova larga que traz tecnologia para evitar problemas com cabelos e pelos de pets, por exemplo. Durante nossos testes, foram poucas as vezes em que alguma sujeira ficou emperrada no robô, e apenas resíduos maiores atrapalharam o processo. Lavar essa escova também é bem fácil, já que a mesma tem acesso fácil e conta com material que não absorve tanta água.

Outro ponto importante do design é a pouca altura do produto, com 97 mm. Isso permite ao robô entrar embaixo de alguns móveis e alcançar áreas difíceis de acessar com um aspirador vertical ou vassoura. Além disso, o modelo tem duas rodas com tração que permitem passar com facilidade por pequenos desníveis, descendo ou levantando o corpo do Powerbot, caso necessário.

Powerbot VR7200, da Samsung, tem design prático, mas não deixa a estética de lado — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Limpeza rápida no dia a dia

Fácil de ligar e programar, o robô-aspirador da Samsung é um ótimo ajudante para o dia a dia. Nos testes do TechTudo, o modelo foi importante para manter o ambiente limpo, removendo sujeiras simples como poeira, pelos de animais, entre outros resíduos menores pelo chão da casa. Uma vantagem interessante é poder fazer outras atividades pela casa, "dobrando" o trabalho, de certa forma. Para agilizar uma limpeza antes de receber visitas ou simplesmente para melhorar o aspecto do ambiente, o robô é uma ótima alternativa.

Além disso, não é necessário direcionar o Powerbot para cada uma de suas funções. Basta escolher um modo de limpeza, a potência de sucção e deixá-lo trabalhar, sobretudo se o foco for um único cômodo. Em caso de bateria baixa, o modelo volta sozinho para sua estação de carga, e basta chamá-lo de volta por meio do assistente de voz após alguns minutos.

Agendar seu funcionamento também é interessante para manter a casa arrumada sem ter muito trabalho. É possível programar o robô para ligar pouco antes de chegar do trabalho, garantindo um ambiente limpo assim que entrar. Ou, se preferir, o usuário também pode criar uma rotina que integre o funcionamento do Powerbot a um comando de voz específico, assim como a sensores e outros dispositivos IoT.

Conhece os recursos inteligentes integrados à Alexa? Saiba mais sobre a assistente da Amazon:

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Errou…

Voltado para casas maiores

Se sua casa tem um bom espaço disponível e móveis bem distribuídos, o Powerbot VR7200 não deve ter muitos problemas para circular. Mas, para apartamentos pequenos com cerca de 50 m², por exemplo, o modelo pode não ser ideal. Durante nossos testes, o robô-aspirador da Samsung teve dificuldades em reconhecer os diferentes cômodos e mapear a limpeza. Muitas vezes, ao funcionar de forma programada, o aparelho ficou em um único cômodo. Nesses casos, foi necessário usar o produto como uma espécie de carrinho de controle remoto, recorrendo aos botões direcionais do acessório para levá-lo até outro lugares da casa.

Mesmo com as portas abertas e sem objetos pelo chão à sua frente, o movimento do Powerbot muitas vezes o levou de volta ao local que havia acabado de limpar, repetindo o processo até ficar sem bateria. Vale ressaltar que o usuário pode configurar o robô para não passar pelo mesmo lugar mais vezes, mas, ainda assim o aparelho entendeu que já havia acabado a limpeza, retornando para a base. Portanto, em casas de corredores estreitos e cômodos mais apertados, sem muito espaço entre os móveis, o robô da Samsung deve ter maior dificuldade para funcionar.

Samsung lança Powerbot VR7200, robô aspirador de pó que mapeia o ambiente — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Não faz faxina

A proposta do Powerbot é facilitar seu dia a dia, o que de fato acontece. Apesar disso, na hora de fazer uma faxina mais pesada, o modelo não dá conta do recado. Em primeiro lugar, o robô não é ágil, ou seja, vai demorar algum tempo para passar em toda a superfície de um cômodo para aspirar pelos e poeira com qualidade. Outro problema é que o aparelho precisa ter espaço para funcionar, e mover os móveis para limpar melhor com o próprio aparelho é bastante difícil.

Há uma botão de limpeza localizada, que direciona o Powerbot com um ponto vermelho no chão e ajuda a sugar grandes volumes de poeira. O recurso aumenta a potência e reforça a sucção na região selecionada. Mas, sendo um objeto a mais no cômodo durante uma faxina mais pesada, o robô acabou atrapalhando, e foi mais interessante utilizar um aspirador vertical.

Conclusão

Com preço relativamente alto no mercado brasileiro, a partir de R$ 5.211 o Powerbot VR7200 pode não ser a opção ideal para quem quer comprar seu primeiro robô-aspirador. Apesar disso, os recursos inteligentes são bastante práticos no dia a dia e prometem manter sua casa limpa sem muito trabalho. Não dá para substituir uma boa faxina pelo trabalho do aparelho, mas o mesmo funciona como um "quebra-galho" para evitar o acúmulo de sujeira e é um reforço interessante para quem tem um pet em casa, por exemplo.

A marca iRobot possui opções de robô-aspirador que concorrem diretamente com o modelo da Samsung — Foto: Divulgação

Levando em conta as funcionalidades do produto, os robôs da iRobot aparecem como os principais rivais do Powerbot no Brasil. Com recursos mais simples, é possível encontrar aparelhos da marca por a partir de R$ 4.999 atualmente, valor bastante próximo ao aparelho da Samsung. Portanto, para quem busca um robô-aspirador premium e mora em uma casa com bom espaço para que o mesmo funcione de maneira ideal, vale a pena considerar o modelo.

Mais do TechTudo