Celulares

Por Vitor Grama, do home office

Divulgação/Asus

A Asus realizou nesta quarta-feira (22) o lançamento do celular gamer ROG Phone 3 com a promessa de ser o Android mais potente do mundo. O smartphone chega em três versões e preços sugeridos que variam de 799 euros a 1.099 euros (R$ 4.720 a R$ 6.495 em conversão direta). O telefone traz como destaque na ficha técnica a bateria de 6.000 mAh, processador Snapdragon 865 Plus (octa-core de até 3,1 GHz), memória RAM de até 16 GB e tela com taxa de atualização de 144 Hz.

A expectativa é que o aparelho apareça no topo do ranking de testes do AnTuTu Benchmark, que avalia a capacidade de hardware dos celulares. O antecessor ROG Phone 2 figurou no topo da lista como Android mais poderoso entre novembro e março, perdendo o posto nos meses seguintes para o Galaxy S20 Ultra (Samsung) e Xiaomi Mi 10 Pro. Não há previsão de chegada do dispositivo ao Brasil.

ROG Phone 3 chega com a promessa de ser o Android mais potente do mundo — Foto: Reprodução/Asus

A Asus apresentou diversas novidades para melhorar a experiência gamer do ROG Phone 3. O celular ganhou uma tela AMOLED de 6,59 polegadas e resolução Full HD+ (2340 x 1040 pixels) com taxa de atualização de 144 Hz para oferecer animações mais fluidas na hora da jogatina. A tecnologia supera os painéis de 120 Hz presentes na linha Galaxy S20 e no antecessor ROG Phone 2.

No entanto, o design não mudou tanto. O visual é bem parecido com o da geração anterior com a característica marca iluminada do Republic of Gamers na traseira e acabamento em preto.

A bateria também é outra especificação que chama a atenção. O componente apresenta 6.000 mAh e carregamento rápido de 30 W. A Asus promete que o smartphone é capaz de fornecer autonomia de 9h20 em jogos mais pesados como PUBG e 9h30 longe das tomadas no Call of Duty Mobile, superando rivais como o Galaxy S20 Ultra e OnePlus 8 Pro.

ROG Phone 3 conta com bateria de 6.000 mAh que promete longas horas fora da tomada — Foto: Reprodução/Asus

O sistema de resfriamento já visto na geração anterior também marca presença. O objetivo é arrefecer o smartphone ao executar tarefas que esquentam o aparelho, comum em games mais pesados. A terceira geração do ROG Phone também apresenta os tradicionais gatilhos na lateral para facilitar em jogos de tiros. No lançamento o componente teve melhorias. Agora é possível configurar os controles de forma customizada de acordo com a jogatina.

Outro destaque é que o celular oferece entrada USB-C na lateral. O objetivo é não atrapalhar os usuários em games que utilizam a interface na horizontal. O recurso também é interessante para preservar a vida útil do cabo que não ficará dobrado enquanto o dispositivo carrega.

Veja quatro coisas que não devem ser feitas no Android

O ROG Phone 3 é voltado ao público gamer, mas também pode agradar usuários que procuram especificações potentes. O celular estreia o processador Snapdragon 865, da Qualcomm. O chip apresenta oito núcleos de até 3,1 GHz que promete fornecer potência em atividades de alto desempenho.

O smartphone chega em três versões de memória RAM e armazenamento:

  • 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento – 799 euros (R$ 4.720)
  • 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento – 999 euros (R$ 5.095)
  • 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento – 1.099 euros (R$ 6.495)

O ROG Phone 3 apresenta ainda câmera tripla. O conjunto fotográfico do celular da Asus não é um dos grandes destaques, já que a proposta do smartphone é priorizar a jogatina. Porém, não deve decepcionar para registrar imagens. O telefone conta com câmera macro na traseira para capturar objetos bem de pertinho e câmera de selfies de 24 MP. O arranjo fica disposto assim:

  • Principal de 64 MP e abertura f/1.8
  • Ultra wide de 13 MP e abertura f/2.4
  • Macro de 5 MP e abertura f/2.0

ROG Phone 3 tem câmera frontal de 24 MP — Foto: Reprodução/Asus

Outra marca registrada da linha são os acessórios vendidos separadamente para jogadores mais exigentes. A empresa taiwanesa apresentou novos itens para fornecer recursos adicionais aos gamers ao acoplar os componentes no smartphone.

Os consumidores interessados podem adquirir um gamepad para transformar o telefone em um controle semelhante aos dos consoles, cases resistentes, módulo para melhorar o esfriamento do aparelho e até uma tela extra. O destaque vai para o monitor ROG Strix XG16, que apresenta tela de 15,6 polegadas e bateria de 7.800 mAh que pode ser conectado ao celular para transformar o ROG Phone 3 em uma espécie de desktop gamer.

ROG Strix XG16 apresenta bateria de 7.800 mAh — Foto: Divulgação/Asus

Outra novidade do lançamento é o som. O smartphone apresenta quatro microfones e som estéreo que promete experiência imersiva. No entanto, não apresenta porta P2 (3,5 mm) para fone de ouvido.

A ficha técnica fica completa com impressão digital integrada à própria tela e Bluetooth 5.1. Também está presente a conexão NFC para realizar pagamentos por aproximação. No entanto, o celular gamer não apresenta nenhuma proteção contra líquidos.

Mais do TechTudo