Por Yuri Hildebrand, do Home Office


Existem diversas opções para deixar sua casa conectada no Brasil. As smart homes utilizam produtos IoT para facilitar o dia a dia do usuário, que pode controlar as luzes e outros eletrônicos por meio do celular ou até por assistentes de voz como Alexa e Google Assistente. A Pixel TI, por exemplo, concorre diretamente com Multilaser e Positivo, além de Xiaomi e Philips Hue, trazendo lâmpadas inteligentes, smart plugs, sensores de presença, entre outros dispositivos conectados. O TechTudo testou os modelos da linha E-Comfort da marca e conta as principais impressões a seguir.

A linha e-Confort traz diversos dispositivos para monitoramento e segurança de residencias — Foto: Divulgação/Pixel TI

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Luzes, sensores e promessa de segurança

A fabricante oferece diferentes opções de dispositivos IoT por meio da linha E-Comfort. Entre eles, estão a Lâmpada Inteligente, um Smart Plug para tomadas de três pinos e 10 A e uma versão Plus com suporte para conexões de 20 A, voltado para instalações maiores, além de uma Fita de LED com controlador inteligente. As luzes, assim como o Smart Plug, podem ser conectados tanto via Bluetooth quanto via Gateway, uma espécie de ponte de acesso que reúne todos os produtos de casa conectada.

Isso é interessante para evitar problemas de segurança, criando uma camada a mais além da rede em si. Vale ressaltar ainda que a marca utiliza padrão ZigBee em suas conexões via Gateway, garantindo ainda maior proteção e equilíbrio entre as conexões. O Bluetooth, por sua vez, pode ser uma forma mais prática de usar os produtos, mas, vale lembrar, o usuário precisa estar em casa para ligar ou desligar os modelos dessa forma.

Lâmpada Inteligente da Pixel TI tem diversas opções de cor e fácil instalação — Foto: Divulgação/Pixel TI

Em relação ao sensores, vale destacar os modelos de presença e de abertura e fechamento de portas ou janelas. Esses podem ser utilizados junto às luzes ou a aparelhos ligados no Smart Plug, por exemplo. Dessa forma, é possível acender as luzes ao entrar no cômodo, assim como ligar a cafeteira pela manhã no momento em que o usuário entra na cozinha.

Durante nossos testes, o Sensor de Presença foi bastante útil para evitar que os pets ficassem completamente no escuro quando não havia ninguém em casa ao longo do dia, ativando e desativando um abajur conectado ao Smart Plug sempre que um deles entrava no cômodo.

Sensor de Presença garante que a luz não vai ficar acesa sem ninguém no cômodo — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

A fabricante também oferece produtos como fechadura inteligente, interruptor, switches, entre outros. Portanto, o usuário pode controlar não apenas dispositivos inteligentes, mas também tudo aquilo ligado à energia da casa. Uma possível integração, por exemplo, é ligar as luzes assim que abrir a porta principal, ou acionar o ventilador de teto ou ar-condicionado dependendo do que está medindo o Sensor de Temperatura e Umidade naquele momento.

Aplicativo ou integração?

Durante nossos testes, a Pixel TI disponibilizou com exclusividade ao TechTudo a integração com a assistente Alexa, da Amazon. Dessa forma, foi possível controlar os principais dispositivos da marca por meio de comandos de voz, facilitando bastante o dia a dia. Além disso, foi possível expandir o uso junto a produtos de outras marcas, como produtos de Samsung e LG, lâmpadas inteligentes da Positivo, e as próprias caixas de som da linha Amazon Echo.

Já conhece a Alexa em português? A assistente chegou ao Brasil em 2019, veja:

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Antes do recurso, utilizando apenas o app, a experiência teve algumas dificuldades. Por depender 100% de um celular ou tablet para controlar os aparelhos, é necessário ter pelo menos uma das telas com bateria o suficiente para entrar no aplicativo.

Além disso, ao receber visitas em um quarto com a luz inteligente, foi necessário deixar um celular com aplicativo disponível para que pudessem controlar a luz. Isso foi resolvido com a integração e a presença de uma caixinha inteligente no cômodo. As regras para ligar, desligar ou alterar a cor das luzes, por exemplo, também podem ser um pouco difíceis para usuários menos experientes, que precisam explorar bastante o app para pegar o costume.

Aplicativo E-Comfort permite controlar todos os dispositivos da marca pelo celular — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Uma facilidade proporcionada pelo software é controlar todos os aparelhos da marca em um só lugar, além de acompanhar o funcionamento dos dispositivos. Ao esquecer uma luz ligada, por exemplo, basta ir no app E-Comfort e desligar por lá. Isso também é possível via Alexa, mas o aplicativo da Pixel TI vai mostrar todos os dispositivos da marca em uma única tela, incluindo se estão ligados e em que cor estão, no caso de lâmpadas e fitas de LED. E, além de facilitar os controles no dia a dia, isso representou uma boa economia de energia, fazendo a diferença na conta de luz ao fim do mês.

Instalação prática

Outro ponto importante dos produtos da linha E-Comfort é a fácil instalação, pelo menos em sua maioria. A lâmpada, por exemplo, tem padrão E27, bastante comum no país, e podem ser instaladas em praticamente qualquer cômodo. Os sensores, por sua vez, podem ser fixados por meio de uma fita adesiva dupla face, que vem na caixa. Caso a mesma descole por algum motivo, ou o usuário resolva mudar a mesma de lugar, basta retirar e colocar outro pedaço para reinstalar.

Já o smart plug vem com três pinos, padrão atual das tomadas brasileiras: é só ligar e iniciar o modo de pareamento. É o mesmo caso da fita de LED da marca, que tem um controlador ligado à fonte para permitir o controle via aplicativo.

Smart Plug tem padrão de três pinos; instalação é simples e rápida — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Vale ressaltar que alguns dos modelos oferecidos pela marca podem fazer mais sentido em casas do que em apartamentos. O Smart Plug Plus, por exemplo, que permite ligar aparelhos de 20 A, foi recomendado pela fabricante para conectar a portões, aquecedores, alguns aparelhos de ar-condicionado, entre outros exemplos. Nesse caso, a conexão é do tipo borne, feita direto pela fiação dos dispositivos, e requer maior experiência no assunto.

Pareamento

O pareamento com o app também é bastante rápido. Antes de tudo, o usuário precisa instalar o Gateway próximo ao roteador, por meio de um cabo RJ-45. Depois, é necessário configurar o mesmo pelo software da marca para criar uma casa conectada. Para adicionar os dispositivos IoT, basta selecionar um período de 30, 60 ou 90 segundos, que fica na parte de baixo da tela.

Os produtos trazem uma chave semelhante ao acessório utilizado para abrir memórias de celulares mais recentes. É só espetar a mesma no lugar indicado para iniciar o modo de pareamento e conferir no aplicativo se o aparelho foi reconhecido. O procedimento é praticamente o mesmo para modelos compatíveis com Bluetooth, sendo necessário criar uma casa conectada com o padrão, também pelo aplicativo.

Para conectar um dispositivo, basta escolher uma opção de tempo e colocá-lo em modo de pareamento — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Preços e disponibilidade

Os preços sugeridos pela Pixel TI começam em R$ 164,90, pelo Sensor de Abertura e Fechamento. Outras opções de mesma categoria são o Sensor de Presença, à venda por R$ 189,90, o Sensor de Temperatura e Umidade, por R$ 179,90, mesmo valor do Sensor de Luminosidade.

Entre as luzes, vale destacar a Lâmpada WRGB, com diversas opções de cor e temperatura, que sai a R$ 294,90, e o Controlador de Fita de LED, com valor sugerido pela empresa de R$ 359,90. O Smart Plug mais simples, por sua vez, tem preço oficial de R$ 339, enquanto a versão Plus, mais específica para conexões de 20 A, custa R$ 379,90.

Fita de LED da Pixel TI tem preço acessível frente a alguns rivais — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

A Pixel TI ainda vai trazer ao mercado brasileiro outros produtos IoT, como um Interruptor Inteligente, com preço sugerido de R$ 129,90, e a Smart Lock, fechadura de R$ 789,90, entre outros. Os produtos da fabricante estão à venda nas principais lojas online do país, assim como em algumas lojas físicas voltadas para produtos de construção.

Concorrentes no Brasil

Para fins de comparação, modelos concorrentes ficam na mesma faixa de preço, como a lâmpada smart da linha Positivo Casa Inteligente, encontrada por a partir de R$ 249 no e-commerce, ou o sensor de presença da Multilaser, encontrado a, pelo menos, R$ 152,90. Também é possível encontrar produtos mais baratos em marketplaces pela Internet, mas normalmente de marcas menos conhecidas e sem aprovação da Anatel, o que garante um bom funcionamento no país.

Considerando fabricantes conhecidas no mercado internacional, estão disponíveis no país produtos da Philips Hue e da Xiaomi. Ambas têm lâmpadas inteligentes no país, por exemplo, com preços a partir de R$ 319 e R$ 149,99, respectivamente, assim como fitas de LED começando em R$ 473,52, valor oficial do modelo da gigante chinesa.

Onde consigo um software customizado completo para IoT? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo