Caixas de som

Por Thássius Veloso e Vitor Grama, do home office

Divulgação/Amazon

Novos dispositivos da Amazon foram anunciados nesta tarde, num evento digital batizado de #AmazonDevices nas redes sociais. A linha Echo foi completamente redesenhada, agora em formato de elipse, com tecido como material principal. Vários dos produtos estão confirmados para o mercado brasileiro. A empresa de Jeff Bezos surpreendeu ao apresentar uma câmera de segurança drone – ela é capaz de sobrevoar a casa do usuário. Há ainda produtos das linhas Ring, Fire e Eero.

Linha Amazon Echo

Os engenheiros criaram um novo chip que consome menos energia enquanto processa mais rápido os comandos de voz. De acordo com a fabricante, o AZ1 Neural Edge vence todos os concorrentes em eficiência energética. Ao menos em inglês, a promessa é de uma Alexa mais expressiva e natural “nos próximos meses”. Torna-se possível conversar com a assistente sem chamar seu nome todas as vezes. A Alexa também pode entrar em modo de conversa, no qual várias pessoas interagem com ela.

Amazon Echo Dot (2020) — Foto: Divulgaçao/Amazon

  • Echo por R$ 749 no Brasil (nos EUA: US$ 99,99). Assim como ocorre na Echo Studio, a nova Echo detecta a acústica do ambiente e se adapta a ele. O aparelho ganha compatibilidade com os protocolos Zigbee, Bluetooth Low Energy (BLE) e Amazon Sidewalk de interação com outros aparelhos de casa conectada.
  • Echo Dot por R$ 399 no Brasil (nos EUA: US$ 49,99). Traz um falante frontal de 1,6 polegada com promessa de vocais nítidos e baixos equilibrados.
  • Echo Dot com relógio por R$ 499 no Brasil (nos EUA: US$ 59,99). Ele traz um mostrador para consultas rápidas (e visuais) sobre horário, temperatura, cronômetro e alarme.
  • Echo Dot Kids Edition, voltado para crianças, tem formatos de bichinhos como pandas. Ele sai de fábrica com skills fornecidos pela Disney e pela Nickelodeon, dois importantes parceiros de conteúdo.
  • Echo Show 10 por R$ 1.899 no Brasil. A mistura de caixinha de som inteligente com tela para consultas foi “reimaginada”. O display de 10 polegadas se move para continuar à vista do usuário mesmo que ele se desloque pelo ambiente. A Amazon alega que o motor é completamente silencioso para não incomodar as pessoas.

Amazon Echo Show 10 — Foto: Divulgação/Amazon

A empresa revelou que uma em cada cinco interações da Alexa são iniciadas pelo sistema automatizado, e não pelo usuário chamando o nome da assistente. Por exemplo, quando um bebê chora e a Alexa avisa os pais.

Muitas câmeras

Já a Ring Always Home Cam (US$ 249,99) é uma câmera autônoma voa sozinha pela casa. Ela segue caminhos previamente programados. Caso ela perceba algum movimento estranho, também pode ir àquele ponto da residência para checar o que está acontecendo. O usuário pode acompanhar tudo pelo aplicativo no smartphone.

Ring Always Cam — Foto: Divulgação/Amazon

A empresa endereçou as preocupações com privacidade ao projetar a câmera para que fique completamente bloqueada quando está na base. Além disso, o aparelho emite um ruído audível, o que, segundo a Amazon, permite que qualquer um na casa saiba de sua movimentação.

Pilotos de drone sabem das dificuldades em manobrar em ambientes fechados, em especial por causa dos obstáculos. A fabricante explica que a Ring Always Home Cam conta com tecnologias para evitar impacto em itens domésticos. O acessório é leve e os propulsores ficam protegidos.

Ring Always Home Cam fica com câmera bloqueada quando está na base — Foto: Divulgação/Amazon

O vice-presidente de Casa Inteligente da Amazon, Daniel Rausch, explicou ao TechTudo que o produto “permite olhar a residência enquanto está longe, mas sem a necessidade de colocar câmeras em cada cômodo”. Muitos usuários questionaram sobre a reação de cães ou gatos ao se depararem com o curioso aparelho. Rausch também contou que testes foram feitos, mas que não houve problemas em casas com pets.

O slogan do produto fala em “uma câmera, todos os pontos de vista”. Numa nota à imprensa, a empresa destacou que o produto ainda não recebeu autorização da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos, órgão equivalente à nossa Anatel.

Usuário pode monitorar a casa pelo aplicativo da Ring — Foto: Divulgação/Amazon

Também foram apresentados produtos de segurança veicular previstos para 2021. São eles o Ring Car Alarm (US$ 59,99), o Ring Car Cam (US$ 199,99) e o Ring Car Connect (US$ 199,99).

Linha Amazon Fire

  • Fire TV Stick por US$ 39,99 (R$ 220). O dongle promete ter um processador 50% mais rápido e que consome metade da energia em comparação à geração anterior. O dispositivo tem suporte ao Dolby Atmos e HDR.
  • Fire TV Stick Lite por R$ 349 (nos EUA: US$ 29,99). Trata-se de uma versão mais leve do Fire TV Stick. Ele também vem com processador 50% mais rápido e HDR, mas não tem suporte ao Dolby Atmos.

Linha Eero de roteadores

  • Eero Pro 6 por a partir de US$ 229 (R$ 1.260). O primeiro roteador Mesh da Amazon com tecnologia Wi-Fi 6 é indicado para residências com velocidade de internet mais que 1 Gb/s (Gigabit por segundo). O aparelho apresenta duas portas Ethernet e tecnologia Zegbee.
  • Eero 6 por a partir de US$ 129 (R$ 710). O dispositivo é a versão mais em conta do Eero Pro 6. Também é compatível com a sexta geração de Wi-Fi, mas suporta apenas conexões de até 500 Mb/s (Megabits por segundo, o famoso "mega").

Mais do TechTudo