Segurança

Por Paulo Alves, para o TechTudo


Um ataque de ransomware a um hospital da Alemanha pode ter causado a morte de uma paciente. O caso ocorreu na semana passada em Dusseldorf, a 477 km da capital Berlim. Segundo autoridades alemãs, criminosos invadiram os computadores da Clínica Universitária da cidade e derrubaram os sistemas de TI. Como consequência, o local não pode receber uma paciente que necessitava de tratamento de urgência. A mulher foi a óbito enquanto era transferida para outro posto de saúde.

Ransomware para sistemas de hospital na Alemanha e casa morte de paciente — Foto: João Balbi / TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Devido ao ataque, funcionários ficaram sem acesso a dados de pacientes e, por isso, o atendimento foi interrompido. A infecção deixou os sistemas do hospital parados por uma semana e teria sido introduzida por meio de uma vulnerabilidade presente em um “software add-on comercial amplamente utilizado”. O nome do aplicativo, porém, não foi divulgado.

Curiosamente, os próprios criminosos entregaram a chave de desbloqueio sem pedir resgate. À Associated Press, a polícia local conta que os hackers invadiram 30 servidores e deixaram um aviso para que a administração entrasse em contato. No entanto, ao saber que apenas o hospital universitário, e não a Universidade, havia sido atingido, o grupo entregou o código para descriptografar os arquivos.

Veja também: Quatro dicas para proteger suas informações online

Quatro dicas para proteger suas informações online

Quatro dicas para proteger suas informações online

Em casos como esse, vale lembrar, hackers costumam exigir pagamento, normalmente em criptomoedas, para liberar os sistemas do vírus sequestrador. Mas, apesar da liberação voluntária, o executivo da startup de serviços na nuvem HashiCorp, Andy Manoske, acredita que esse pode ter sido a primeira vez na história em que um ataque cibernético esteve diretamente ligado à morte de alguém.

Ainda de acordo com a Associated Press, as autoridades alemãs alegam que os autores do hack “não estão mais acessíveis”.

Como criar uma senha difícil de ser hackeada? Veja dicas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo