Notebooks

Por Pedro Cardoso, Para o TechTudo


A Receita Federal do Ceará abriu um novo leilão com acesso ao público que, entre vários itens eletrônicos, oferece um MacBook a partir de R$ 2,2 mil. A fase que recebe propostas já está aberta e vai até o dia 8 de setembro, com o pregão agendado para o dia seguinte. Podem participar pessoas físicas e jurídicas, mas o primeiro grupo tem alguns lotes exclusivos.

A lista de itens para pessoa física, que podem incluir eletrônicos, perfumaria, aparelhos de som e outros itens de consumo, também traz lotes como o número 91, que tem 47 celulares iPhone pelo lance inicial de R$ 23 mil e o 107, com nove smartwatches da Amazfit Bip por R$ 5,2 mil. Vale ressaltar que estes valores podem aumentar consideravelmente no pregão.

Lote 91 traz diversos iPhones para o leilão da Receita no CE — Foto: Reprodução/Receita Federal

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O lote 37, por exemplo, possui um iPhone XR de 64 GB e uma garrafa de vinho pelo lance mínimo de R$ 1 mil. Apenas como comparação, um exemplar novo do celular custa R$ 4.299 na loja online oficial da Apple. O MacBook citado acima faz parte do lote 12 e está disponível na cor "rose gold", com 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno. O dispositivo é encontrado no varejo nacional a partir de R$ 11.699,99, segundo o Compare TechTudo.

MacBook de 12 polegadas está na caixa; produto custa mais de R$ 11 mil no e-commerce nacional — Foto: Reprodução/Receita Federal

Já o lote 36 oferece um smartwatch Xiaomi Mi Band 4 e um iPhone 11 Pro pelo lance inicial de R$ 1,5 mil. Se o comprador fosse adquirir esses dois produtos no e-commerce brasileiro, pagaria cerca de R$ 186 pelo relógio e R$ 6.799 pelo smartphone da Apple.

Como participar

Para participar de um leilão da Receita Federal, é preciso obter um "Certificado Digital" emitido pelo próprio órgão. Quem adquirir um lote nesse processo terá que retirar os produtos no depósito indicado no edital ou enviar um representante legal. A retirada deve ser feita em até 30 dias depois do fim do leilão.

De acordo com o texto do edital, os participantes devem pagar pelo arremate feito até um dia útil depois do pregão, ou em até oito dias corridos após o prazo final para vencimento, mas com acréscimo de juros e moras. Os interessados podem conferir o estado dos produtos nos depósitos listados no edital antes de arrematar o produto, com o limite de até duas pessoas por empresa na hora da visitação.

Confira dicas para deixar o computador mais rápido sem instalar nada

Confira dicas para deixar o computador mais rápido sem instalar nada

Qual a melhor marca de Notebook? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo