Segurança

Por Paulo Alves, para o TechTudo


Um novo vírus espião descoberto pela Kaspersky coloca usuários de Android em risco. A empresa de segurança revelou nesta terça-feira (1) que uma nova ameaça desenvolvida pelo grupo hacker Transparent Tribe usa vídeos pornográficos para distrair vítimas enquanto bisbilhota o dono do smartphone. Uma vez instalado, o aplicativo malicioso pode acessar mensagens SMS e registros de chamadas, além de rastrear a localização e ouvir tudo o que é captado pelo microfone do celular.

Após interceptados, os dados podem ser utilizados em diversos tipos de golpes e extorsões, incluindo o que se chama de sextorsão. Segundo os especialistas, o malware teve atuação identificada apenas na Índia. A empresa não informa se há indícios de que brasileiros já tenham sido afetados.

Spyware mira em Androids para monitorar celular — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A Kaspersky conta que o malware foi desenvolvido a partir do vírus de código-aberto Android AhMyth, disponibilizado publicamente no GitHub. Várias das funções da ameaça teriam sido adicionadas recentemente. No entanto, um recurso nativo que permite captura de fotos da galeria de fotos teria sido deixado de fora.

Ele é distribuído por meio de aplicativos fraudulentos que imitam apps reais. No país asiático, ele esteve presente em um app de conteúdo adulto e até em uma versão falsa do rastreador oficial da Covid-19 utilizada pelo governo. O relatório aponta ainda que ele é capaz de baixar por conta própria outros apps e arquivos perigosos no smartphone sob comando dos hackers.

O elo com o grupo Transparent Tribe está evidente nos servidores utilizados para descarregar o código malicioso no aplicativo fraudulento. Essa conexão é necessária porque os apps distribuídos na Internet não trazem as funções completas para não despertar suspeitas. O aplicativo que se passa por app pornô, por exemplo, é apenas um reprodutor de mídia que contém alguns vídeos adultos para assistir.

Como se proteger

Especialistas recomendam nunca baixar aplicativos de fora do Google Play e fugir de programas com conteúdo adulto, muito usados como iscas de golpes. Além disso, é preciso manter o Google Play Protect sempre ativado e evitar clicar em links e arquivos enviados por desconhecidos em mensagens ou e-mails. No caso do e-mail, uma providência pode ser adotar um serviço com um bom filtro antispam, como o Gmail.

É importante também atualizar o celular sempre que possível, já que certos vírus tentam se aproveitar de vulnerabilidades ainda não corrigidas em aparelhos desatualizados. A providência nesse caso vale tanto para o sistema operacional quanto para os aplicativos instalados.

Qual o melhor antivírus otimizador para Android? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

Como escolher um bom antivírus

Como escolher um bom antivírus

Mais do TechTudo