TV

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Uma TV antiga foi responsável por problemas na Internet de banda larga na pequena cidade de Aberhosan, no País de Gales. Os 400 moradores do local tiveram queda na conexão todos os dias por cerca de 18 meses, e sempre ao mesmo horário: às 7 horas da manhã. A provedora do serviço, intrigada com as quedas, chegou a trocar todos os cabos do vilarejo para eliminar o problema. Após uma análise cuidadosa, revelou que a interrupção do sinal estava diretamente relacionada a um televisor de tubo, cujo modelo e marca não foram revelados.

Televisor antigo emitiu radiação suficiente para derrubar a Internet banda larga de uma cidade inteira — Foto: Reprodução/Pond5

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A rede de Aberhosan é formada por cabos convencionais, com fiação de cobre, e que acabam suscetíveis a interferências eletromagnéticas. Segundo os técnicos que descobriram o problema, as quedas de conexão ocorriam sempre ao mesmo horário, pela manhã.

Como a troca de infraestrutura da banda larga da cidade não foi suficiente para resolver o problema, os profissionais decidiram percorrer o local com um analisador de espectro no horário exato das crises, na tentativa de encontrar alguma perturbação eletromagnética que pudesse explicar a instabilidade.

No fim das contas, o equipamento mostrou, exatamente às 7 horas, que um surto de interferência eletromagnética tomava conta da área. A intensidade era tão grande que a radiação acabava interferindo com o cabeamento da rede, tornando a conexão instável.

Cabos de fibra ótica não são afetados pela radiação eletromagnética — Foto: Divulgação/StellarNet

Com a ajuda do equipamento utilizado para analisar o espectro, os técnicos puderam isolar o problema e identificar sua origem em um aparelho de TV antigo – e de segunda mão – que era ligado todos os dias ao mesmo horário pelos moradores.

Depois do ocorrido, decidiram aposentar o televisor até ao menos o fim do ano, quando a operadora que atende o local pretende trocar toda a rede da área por cabos de fibra ótica, cujo sinal não é afetado por interferências eletromagnéticas.

Uma curiosidade interessante a respeito dessas interferências é que você mesmo pode rastreá-las em sua casa com um rádio AM/FM. Basta sintonizar o aparelho em 612 kHz e, se for possível ouvir um chiado, há fontes de radiação eletromagnética no ambiente que podem explicar problemas com sua rede de Internet, caso a mesma ainda utilize cabos de cobre.

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Como ligar o PS3 numa TV antiga? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Quer saber tudo sobre celulares, aplicativos e jogos? Inscreva-se no nosso canal do YouTube e ative as notificações!

Mais do TechTudo