Fones de ouvido

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


A Beats apresentou nesta terça-feira o fone de ouvido Bluetooth Beats Flex, opção "de entrada" da marca que chega por R$ 579. O acessório da empresa, que é parte da Apple, foi revelado no mesmo dia do novo iPhone 12, e promete maior integração com dispositivos da maçã por conta do chip Apple W1, mas também funciona com celulares Android. A ideia com o dispositivo é oferecer características de fones premium da Beats por um preço menor, e o modelo é apontado como "o mais econômico da história da marca".

Seu design, intra-auricular e com um cabo que fica sobre a nuca, deve ser interessante para praticar exercícios. A bateria do Beats Flex promete 12 horas de música com uma única carga e o modelo começa a ser vendido no Brasil no início de 2021, disponível em preto, azul, amarelo ou cinza.

Beats Flex é o mais "barato" e simples headphone da marca — Foto: Divulgação/Apple

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A Beats afirma que o Flex possui uma opção de pausar e iniciar a música de forma automática, ou seja, basta colocar o fone no ouvido para começar a ouvir música – ou repousá-lo ao redor do pescoço para pausar. Além disso, o acessório tem um novo driver acústico que promete maior imersão nas músicas. Já o cabo que liga as duas pontas é feito com material “Flex-Form”, que deve ser mais leve do que de outros fones populares com a mesma proposta.

O chip Apple W1 permite uma integração maior com dispositivos da maça. Um exemplo é o pareamento rápido com iPhones e iPads (iOS): um pop-up aparece na tela assim que o fone é ligado pela primeira vez, e um toque basta para começar a usar. Além disso, qualquer dispositivo da marca conectado ao iCloud tem a opção de usar o Flex sem precisar de uma nova configuração.

Outra função interessante é o Compartilhamento de Áudio da Apple, que permite ouvir a mesma coisa no Flex e em outros fones da Beats ou AirPods e AirPods Pro.

Beats Flex com iPhone 12 recém-lançado — Foto: Divulgação/Apple

Por fim, o Beats Flex carrega por meio de USB-C, padrão mais rápido que o microUSB. Segundo a fabricante, 10 minutos na tomada são suficientes para até 1,5 hora de uso, dependendo das funções utilizadas. No fio que liga os dois lados do fone, está presente ainda um pequeno painel de controle para ajustes de volume, reprodução e até mesmo acionar a Siri ou Google Assistente do celular.

Vale lembrar que a Apple deve anunciar o novo AirPods Studio em breve, de acordo com diversos rumores na Internet. O modelo teria uma proposta de alta qualidade de som, opções de acabamento premium ou esportivo e seria do tipo over-ear, o primeiro da linha com essa proposta. Seguindo esse perfil, a própria Beats oferece alguns dispositivos, caso do já tradicional Beats Studio3 Wireless.

Qual é o melhor fone de ouvido por até R$ 100? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo