Tablets

Por Giovana Guerra, para o TechTudo


O iPad Air 4 foi anunciado pela Apple em setembro e chamou atenção pelo leitor de impressões digitais no botão liga/desliga. A nova geração do tablet ganhou bordas mais finas e abandonou o botão Home, onde antes ficava alojado o Touch ID. A gigante da tecnologia optou agora por colocar o recurso na tecla de bloqueio. O Face ID, reconhecimento facial dos dispositivos da maçã, se manteve exclusivo ao iPad Pro.

A chegada da funcionalidade despertou a curiosidade dos usuários e levantou questionamentos sobre a possível presença do recurso no vindouro iPhone 12, nova geração de celulares da Apple que será apresentada ao público em 13 de outubro. Em tempos de pandemia, a função pode ser um bom substituto para o Face ID, uma vez que o uso das máscaras tende a dificultar o desbloqueio de dispositivos por meio do reconhecimento facial.

iPad Air 4 estreia Touch ID no botão liga/desliga — Foto: Divulgação/Apple

O sensor biométrico apareceu pela primeira vez em dispositivos móveis da Apple com o lançamento do iPhone 5S e depois disso se popularizou. Com a atual tendência dos smartphones e tablets contarem com telas maiores e bordas mais finas, as fabricantes adotaram maneiras alternativas de utilizar o recurso. Hoje o sensor biométrico pode ser encontrado na lateral dos dispositivos, na traseira e até mesmo sob a tela.

O botão liga/desliga do iPad Air 4 se localiza no topo do dispositivo, no canto direito. Apesar da localização diferente, o processo de configuração do Touch ID é semelhante a quando o recurso era acoplado ao botão Home.

Touch ID antes vinha acoplado no botão Home — Foto: Carol Danelli/TechTudo

A opção de registrar uma impressão digital aparece quando o dispositivo está sendo configurado. No entanto, caso o usuário pule esta etapa ou deseje cadastrar outras digitais, é possível fazer isto a qualquer momento. Basta abrir o "Ajustes", acessar "Touch ID e Código" e seguir as orientações.

Para configurar a digital, o usuário deve colocar o dedo no sensor algumas vezes, levantando e reposicionando quando solicitado. O processo pode ser repetido até cinco vezes. Assim, o usuário pode cadastrar a impressão digital de dedos diferentes, ou ainda gravar várias leituras de um único, a fim de fornecer dados de uma variedade de ângulos.

A biometria é usada para desbloquear o dispositivo e também para autorizar o download de aplicativos e autenticar compras.

Mecanismo de leitura de impressão digital do iPad Air 4 — Foto: Reprodução/CNET

Apesar de estar fazendo sua estreia com a Apple no iPad Air 4, o sensor de impressões digitais no botão liga/desliga não é novidade e pode ser encontrado no Surface Duo, da Microsoft.

O iPad Air 4 foi anunciado no dia 15 de setembro pelo preço sugerido de R$ 6.999 no Brasil, mas ainda não há informações sobre a data que o aparelho irá desembarcar no mercado nacional.

Com informações de CNET

iOS 14: veja como tirar print com toque atrás do iPhone

Mais do TechTudo