Placas

Por Lucimara Leandro, para o TechTudo


A RTX 2060 é uma placa de vídeo da Nvidia lançada em 2019 com proposta intermediária. O modelo faz parte da arquitetura Turing, e é uma das opções mais em conta equipadas com as tecnologias de Ray Tracing e DLSS de forma nativa. Apesar disso, seu preço continua alto no mercado brasileiro, saindo a, pelo menos, R$ 2.099,90.

De qualquer forma, o modelo promete ser ideal para rodar jogos em Full HD ou até Quad HD sem problemas. Confira a seguir os principais prós e contras da RTX 2060 e saiba se a placa é uma boa opção para você.

O modelo com arquitetura Turing promete mais velocidade em relação à geração anterior — Foto: Divulgação/Nvidia

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Pontos Positivos

Ray Tracing nativo

O suporte nativo ao Ray Tracing é um dos principais destaques da RTX 2060. O recurso é capaz de otimizar sombras e texturas, entregando efeitos de iluminação que prometem deixar as imagens ainda mais realistas. A Nvidia tem modelos mais atuais que também suportam a tecnologia, mas com preços mais altos. Isso acaba fazendo da RTX 2060 uma opção até certo ponto acessível para gamers que querem ter a experiência de jogar com Ray Tracing, mas não podem investir em modelos mais robustos como a RTX 3090, por exemplo.

Além disso, a RTX 2060 conta com o DLSS, tecnologia que utiliza inteligência artificial para renderizar imagens e promete maior nitidez mesmo sem perder o desempenho. Com isso, o usuário consegue usar o Ray Tracing e outros recursos sem comprometer muito a taxa de fps. Vale ressaltar que as funcionalidades estão presentes em toda a linha Turing, mas os modelos GTX rodam ambas via software, o que deve representar resultados inferiores.

O Ray Tracing pode transformar o visual dos jogos aumentando o nível de detalhes e criando texturas mais realistas — Foto: Reprodução/Nerd Reactor

Boa para Full HD

Apesar de não ser a mais indicada para rodar conteúdos em 4K, a placa da Nvidia deve garantir um bom desempenho em Full HD e Quad HD. De acordo com resultados de benchmark divulgados na Internet, em Full HD a placa de vídeo é capaz de rodar games como The Division, Destiny 2, Forza Horizon 4 e Battlefield V com taxas de 95 fps. Com a resolução Quad HD, o produto consegue segurar uma taxa média de 60 frames por segundo. Já com o Ray Tracing ligado, a média de desempenho da RTX 2060 cai um pouco, chegando aos 46 fps.

Consumo

A RTX 2060 não é muito exigente quando o assunto é energia. De acordo com a fabricante, a GPU tem TDP de 160 Watts, número baixo ao considerar o hardware da placa e que fica na média de modelos rivais. Para rodar com segurança, a Nvidia sugere o uso de uma fonte com potência de 500 Watts. A RTX 2060 promete ainda uma instalação fácil, pois utiliza cabo suplementar de energia de oito pinos.

Quer uma RTX 2060? Saiba como descobrir o modelo da sua placa-mãe para saber se é compatível:

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Contras

Preço ainda alto

Mesmo sendo uma opção de entrada, a RTX 2060 ainda tem um preço elevado no mercado. O modelo pode ser encontrado no varejo online custando a partir de R$ 2.099,90. Enquanto isso, a GeForce RTX 2060 Super, que promete ser mais rápida que a RTX 2060, tem 8 GB de VRAM, e vem com DLSS 2.0, mais recente, está à venda por a partir de R$ 2.999,90. Vale ressaltar que os valores são de responsabilidade das lojas online e podem mudar a qualquer momento.

Ficou 'para trás'

Upgrade da Nvidia acabou deixando a RTX 2060 para trás em desempenho e memória — Foto: Divulgação/Nvidia

Apesar de conseguir bater GPUs como a GTX 1660 Ti, a RTX 2060 começa a perder para modelos um pouco mais avançados, caso das placas da linha Super. A geração Turing mais recente promete entregar desempenho superior, além de maior VRAM e por um melhor custo-benefício. O upgrade da Nvidia acabou deixando não só a RTX 2060 para trás, mas também grande parte das placas "originais" da linha Turing RTX.

Além disso, a Nvidia tem opções de placas ainda mais novas, caso das RTX 3070, RTX 3080 e RTX 3090, sendo a última equipada com 24 GB de VRAM no padrão GDDR6X, mais recente e rápido, além de permitir jogar em 8K a 60 fps.

Via Nvidia

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Vale a pena comprar peças usadas? Tire essa e outras dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo